quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Persiste o mistério do Triângulo das Bermudas.




O Triângulo das Bermudas (também conhecido como Triângulo doDiabo) é uma área que varia, aproximadamente, de 1,1 milhão de km² até 3,95milhões de km². Essa variação ocorre em virtude de fatores Físicos, Químicos,Climáticos, Geográficos e Geofísicos da região, que influem decisivamente nocálculo de sua área, situada no Oceano Atlântico entre as ilhas Bermudas, PortoRico, Fort Lauderdale (Flórida) e as Bahamas. A região notabilizou-se comopalco de diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios, paraos quais popularizaram-se explicações extrafísicas e/ou sobrenaturais.

Uma das possíveis explicações para estes fenômenos são osdistúrbios que esta região passa, no campo magnético da Terra. Um dos casosmais famosos é o chamado voo 19. Muito embora existam diversos eventosanteriores, os primeiros relatos mais sistemáticos começam a ocorrer entre 1945e 1950. Alguns traçam o mistério até Colombo. Mesmo assim, os incidentes vão de200 a não mais de 1000 nos últimos 500 anos. Howard Rosenberg afirma que em1973 a Guarda Costeira dos EUA respondeu a mais de 8.000 pedidos de ajuda naárea e que mais de 50 navios e 20 aviões se perderam na zona, durante o últimoséculo.
Muitas teorias foram dadas para explicar o extraordináriomistério dos aviões e navios desaparecidos. Extraterrestres, resíduos decristais da Atlântida, humanos com armas antigravidade ou outras tecnologiasesquisitas, vórtices da quarta dimensão, estão entre os favoritos dosescritores de fantasias. Campos magnéticos estranhos, flatulências oceânicas(gás metano do fundo do oceano) são os favoritos dos mais técnicos. O tempo(tempestades, furacões, tsunamis, terremotos, ondas, correntes), e outrascausas naturais e humanas são as favoritas entre os investigadores céticos.




História e evolução

Desde a era das Grandes Navegações, nos séculos XV e XVI, asnaus que viajavam da Europa para as Américas passavam continuamente por estaárea para aproveitar os ventos da Corrente do Golfo. Depois, com odesenvolvimento das máquinas a vapor e dos barcos com motores de combustãointerna, grande parte do tráfego do Atlântico Norte já não passava mais poresta área.
A Corrente do Golfo, uma área com clima instável (conhecidapor seus furacões), também passa pelo triângulo ao sair do Mar do Caribe. Acombinação de um intenso tráfego marítimo e o clima instável pode ter feito comque alguns barcos entrassem em tempestades e se perdessem sem deixar pistas,principalmente antes do desenvolvimento das telecomunicações, do radar e dossatélites no final do século XX.
A primeira obra documentada sobre os desaparecimentos nestaárea foi lançada em 1950, por E. V. W. Jones, jornalista da Associated Press,que escreveu algumas matérias sobre desaparecimentos de barcos no triângulo.Jones disse que os desaparecimentos de barcos, aviões e pequenos botes eram"misteriosos". E deu a esta área o nome de "Triângulo doDiabo".
Em 1952, George X. Sand afirmou em um artigo da Revista doDestino que nesta área aconteciam "estranhos desaparecimentosmarinhos".
Em 1964, o escritor sensacionalista Vincent Gaddis deu otérmino "Triângulo das Bermudas" em um artigo da revista Argosy. Umano depois publicou o livro Invisible Horizons: True Mysteries of the Sea("Horizontes Invisíveis: os Verdadeiros Mistérios do Mar"), ondeincluía um capítulo chamado "O Mortal Triângulo das Bermudas".Geralmente, Gaddis é considerado o "inventor" do Triângulo dasBermudas.
Mas foram dez anos depois, em 1974, que o mistério tornou-semito, através de Charles Berlitz e seu livro "O Triângulo dasBermudas", onde ele pegou alguns textos de Gaddis e recompilou algunscasos de desaparecimentos, misturados com falsidades e flagrantes invenções.
Foi depois da publicação desse livro que os eventos foramconhecidos através da imprensa de uma forma mais abrangente. Após acharem acabeça de um homem no mar todos afirmaram que havia coisas sobrenaturais.
Recentemente um canal de tv americano, especializado emficção científica, produziu uma mini-série para com o nome de The BermudaTriangle: Startling new secrets...(2005).


Possíveisexplicações

Note quealgumas não são cientificamente aceitas.
Anomalias nocampo eletromagnético do planeta Terra.
Restos decristais da Atlântida, a cidade perdida.
Teoriaconspiratória forjada para desenvolver reações no mundo da Guerra Fria
Alienígenas
Monstrosmarinhos
Redemoinhosgigantes
Explicaçõessobrenaturais

Alguns escritores têm usado alguns conceitos sobrenaturaispara explicar os eventos no triângulo. Uma explicação é de uma supostatecnologia do continente perdido de Atlântida. Às vezes conecta-se estahistória à formação rochosa submersa conhecida como Bimini Road ("Estradade Bimini"), perto da ilha de Bimini, nas Bahamas, que está no triânguloem alguns casos. Seguidores do falso psíquico Edgar Cayce tiveram a previsão deque a evidência de Atlântida seria encontrada em 1968, referindo-se à descobertade Bimini Road. Alguns descrevem a formação como uma estrada, uma parede, ououtra estrutura, apesar dos geólogos considerarem isso como sendo de origemnatural. [1]
Outros escritores atribuíram os eventos aos OVNIs. [2] Estaideia foi usada por Steven Spielberg em seu filme de ficção científica ContatosImediatos de Terceiro Grau, que mostra os tripulantes do voo 19 comoalienígenas abduzidos.
Charles Berlitz, neto de um ilustre poliglota e autor devários livros de fenômenos anormais, tem deixado em linha com suaextraordinária explicação, e atribuiu os desaparecimentos no triângulo como umaanomalia ou forças inexplicáveis. [3]
Também tem sido pensado que o triângulo é um buraco deminhoca (um buraco no tempo e espaço).
Explicações naturais
Variações nas bússolas


Os problemas com bússolas são um dos mais citados em váriosincidentes no triângulo. Enquanto alguns têm teorizado que anomalias magnéticaslocais incomuns podem existir nesta área, tais anomalias não têm sido reveladascomo existentes. Também deve ser lembrado que as bússolas têm variaçõesmagnéticas naturais em relação aos polos magnéticos. Por exemplo, nos EstadosUnidos os únicos lugares onde o polo norte magnético e o polo norte geográficosão exatamente os mesmos estão em uma linha passando do Wisconsin até o Golfodo México. Navegadores têm sabido disso por séculos. Mas o público pode nãoestar informado, e as pessoas pensam que lá existe alguma coisa misteriosasobre a "mudança" na bússola sobre uma área tão larga quanto otriângulo, o que naturalmente acontece.
Atos deliberados dedestruição
Os atos deliberados de destruição podem cair em duascategorias: atos de guerra, e atos de pirataria. Registros em arquivos inimigostêm sido checados por numerosas perdas; enquanto vários afundamentos têm sidoatribuídos a invasores na superfície ou submarinos durante as Guerras Mundiaise documentados nos vários livros de comandantes de velocímetros de bordo,muitos outros que têm sido suspeitados como afundados nessa categoria não têmsido provados. É suspeitado que a perda do USS Cyclops em 1918, assim como seusnavios irmãos Proteus e Nereus na Segunda Guerra Mundial, foi atribuída asubmarinos, mas não há ligação que têm sido encontradas nos registros alemães.
A Pirataria, que é definida como a tomada de um navio oubarco pequeno em alto-mar, é um ato que continua até os dias de hoje. Enquantoa pirataria aos cargueiros sequestrados é mais comum no oeste dos OceanosPacífico e Índico, os contrabandos de drogas causam roubos de barcos paraoperações contrabandistas, e podem ter sido envolvidos em desaparições detripulações e iates no Caribe. A Pirataria no Caribe foi comum de 1560 a 1760,e famosos piratas incluindo Edward Teach (Barba Negra) e Jean Lafitte. Laffiteé algumas vezes dito como sendo uma vítima do triângulo.[carece de fontes]




Corrente doGolfo
A Corrente do Golfo é uma corrente oceânica que se originano Golfo do México, e então passa através do Estreito da Flórida, indo aoAtlântico Norte. Em essência, é um rio dentro do oceano, e como um rio, pode ecarrega objetos flutuantes. Tem uma velocidade de superfície ao redor de 2,5m/s (6 mph). [4] Um pequeno avião fazendo um pouso na água ou um barco tendoproblema no motor serão carregados para longe da reportada posição pelacorrente, como aconteceu com um cruzeiro chamado Witchcraft em 22 de Dezembrode 1967, quando foi reportado um problema no motor próximo a um marcador deboia a uma milha (1,6 km) da costa, mas o navio não estava lá quando a GuardaCosteira chegou.
Erro humano
Uma das explicações mais citadas em inquirimentos oficiaissão as perdas de qualquer aeronave ou embarcação como sendo erro humano. Sendodeliberado ou acidental, os humanos têm sido conhecidos por cometer errosresultando em catástrofes, e perdas dentro do Triângulo das Bermudas não sãoexceções. Por exemplo, a Guarda Costeira citou uma falta de treinamentoadequado para a limpeza do volátil resíduo de benzeno como a razão para a perdado tanque V.A. Fogg em 1972. A teimosia do ser humano pode ter causado onegociante Harvey Conover a perder seu iate veleiro, o Revonoc, assim que elevelejou ao centro de uma tempestade ao sul da Flórida em 1 de Janeiro de 1958.Muitas perdas permanecem inconclusivas devido a falta de naufrágios quepoderiam ser estudados, um fato citado em muitos registros oficiais.
Furacões
Os Furacões são poderosas tempestades que são geradas emáguas tropicais, e têm historicamente sido responsáveis por milhares de vidasperdidas e bilhões de dólares em prejuízos. O naufrágio da frota espanholaFrancisco de Bobadilla em 1502 foi o primeiro registro de um exemplo de umdestrutivo furacão. Estas tempestades têm no passado causado vários incidentesrelacionados ao triângulo.
Ondasgigantes
Em vários oceanos ao redor do mundo, as ondas gigantes têmcausado o afundamento de navios [5] e a queda de plataformas de petróleo.[6] Estasondas são consideradas como sendo um mistério e até recentemente eramacreditadas como sendo um mito.[7][8] No entanto, as ondas gigantes nãoexplicam a perda de aviões.
Hidratos demetano (Ver artigo principal)

Distribuição mundial de sedimentos de hidratos de gásmetano, em 1996.
Fonte: USGS
Uma explicação de algumas das desaparições aponta a presençade várias zonas de hidratos de metano sobre as placas continentais. Em 1981, oUnited States Geological Survey informou a aparição destes hidratos na área deBlake Ridge (no sudeste dos EUA). [9] As erupções frequentes de metano poderiamproduzir regiões de água espumosa que poderiam não dar sustentação suficienteaos barcos. Se formasse uma área deste tipo ao redor de um barco, esteafundaria muito rapidamente sem aviso. Os experimentos no laboratório têmprovado que as bolhas podem realmente afundar um barco em modelo de escala,devido à diminuição da densidade da água.
Falácia
Alguns escritores têm sugerido que este hidrato de metanoliberado repentinamente na forma de bolhas gigantes de gás, com diâmetroscomparáveis ao tamanho de um barco, poderia afundá-lo.[10]
Este fenômeno é fisicamente impossível.
Além disso, se fosse possível que se criasse uma bolha degás metano desde o fundo do oceano, tal como é descrito, essa bolha gigante seromperia devido à grande pressão da água, e se converteria em várias bolhasmenores antes de alcançar a superfície. Ao emergir, estas bolhas formariam umagrande turbulência, mas não tanta como pôr em perigo a sustentabilidade dobarco. Ainda que as bolhas formadas em um tanque de laboratório possam sergrandes comparadas com um barco em modelo de escala, o efeito não pode sercomparado na natureza devido à relação entre as forças de tensão superficial egravidade.
Explicações de quedasde aviões
O gás metano também poderia fazer com que os aviões caíssem.O ar menos denso faria com que os aviões perdessem sustentação.
Além disso, no altímetro do avião (que mede a altitude) émedida a densidade do ar. Como o metano é menos denso, o altímetro indicariaque o avião está subindo. O piloto que viajaria de noite ou entre nuvens (ondenão é possível ver o solo), suporia que o avião está subindo, e reagiriadescendo, fazendo com que o avião colidisse.
Além disso, o metano no motor arruinaria a mistura decombustível e ar. Os motores do avião queimam hidrocarbonetos (como a gasolina)misturados com o oxigênio que provêm do ar. Quando os níveis de oxigênio noambiente diminuem bruscamente, a combustão poderia parar por completo, fazendocom que o motor desligue. Todos estes efeitos do gás metano tem sidodemonstrados experimentalmente.


Listagem deeventos
1840 -Rosalie - embarcação francesa encontrada meses após o seu desaparecimento, naárea do Triângulo das Bermudas, navegando com as velas recolhidas, a cargaintacta, porém sem vestígios de sua tripulação.
1872 - MaryCeleste - Apesar do navio ter sido abandonado na costa de Portugal, ele teriaantes supostamente batido em um recife perto da costa de Bermuda.
1880 -Atlanta - Fragata britânica, desapareceu em Janeiro, com 290 pessoas a bordo.
1902 - Freya- embarcação alemã, ficou um dia desaparecida. Saiu de Manzanillo, em Cuba nodia 3 de outubro. Foi encontrada no dia seguinte, no mesmo local de onde haviasaído, porém sem nenhuma pessoa a bordo: todos os tripulantes desapareceram.
1909 - TheSpray - pequeno iate do aventureiro canadense Joshua Slocum, que desapareceunesta área.
1917 - SSTimandra - embarcação que iria para Buenos Aires que tinha partido de Norfolk(Virgínia) com uma carga de carvão, e uma tripulação de 21 passageiros. Nãoemitiu nenhum sinal de rádio.
1918 -Cyclops - embarcação carregada com 19.000 toneladas de aprovisionamentos para aMarinha Norte-americana, com 309 pessoas a bordo. Desapareceu a 4 de março emmar calmo, sem emitir aviso, mesmo dispondo de rádio.
1921 -Carroll. A. Deering - cargueiro que afundou no cabo Hatteras, cerca de 1000 kma oeste das ilhas Bermudas.
1925 -Raifuku Maru - embarcação que afundou em uma tempestade a cerca de 1000 km aonorte das ilhas Bermudas.
1925 -Cotopaxi - embarcação desaparecida próximo a Cuba.
1926 - SSSuduffco - embarcação que afundou em um furacão no triângulo.
1931 -Stavenger - cargueiro desaparecido com 43 homens a bordo.
1932 - Johnand Mary - embarcação desaparecida em Abril. Foi encontrada posteriormente àderiva, a cerca de 80 quilômetros das ilhas Bermudas.
1938 -Anglo-Australian - embarcação desaparecida em Março, com uma tripulação de 39homens. Pediu socorro quando estava próxima ao Arquipélago dos Açores.
1940 -Gloria Colite - embarcação desaparecida em Fevereiro. Foi encontrada com tudointacto, mas sem a tripulação.
1942 -Surcouf - submarino francês que foi atacado pelo cargueiro norte-americanoThompson Lykes perto do Canal do Panamá, cerca de 1800 km do triângulo
1944 -Rubicon - cargueiro cubano desaparecido em 22 de outubro. Foi encontrado maistarde pela Guarda Costeira Norte-americana próximo à costa da Flórida.
1945 - SuperConstellation - aeronave da Marinha Norte-americana desaparecida em 30 deOutubro, com 42 pessoas a bordo.
1945 - Voo19 ou Missão 19 ("Flight 19") - esquadrilha de cinco aviões TBFAvenger, desaparecida em 5 de Dezembro.
1945 -Martin Mariner - hidroavião enviado na busca do Vôo 19, também desapareceu em 5de dezembro, após 20 minutos de vôo, com 13 tripulantes a bordo.
1947 - C-54- aeronave do Exército dos Estados Unidos, jamais foi encontrado.
1948 - DC-3- aeronave comercial, desaparecida em 28 de dezembro, com 32 passageiros.
1948 - TudorIV Star Tiger - aeronave que desapareceu com 31 passageiros.
1948 - SSSamkey - embarcação que afundou a 4200 km a nordeste do triângulo e a 200 km anordeste dos Açores.
1949 - TudorIV Star Ariel - aeronave que desapareceu no triângulo.
1950 -Sandra - cargueiro transportando inseticida, desapareceu em Junho e jamais foiencontrado.
1950 -GLOBEMASTER - Avião desaparecido em março. Era um avião comercial dos EstadosUnidos.
1952 - YORK- Avião de transporte britânico. Desaparecido em 2 de fevereiro. Tinha 33passageiros a bordo fora a tripulação. Sumiu ao norte do Triângulo dasBermudas.
1954 -Lockheed Constelation - aeronave militar com 42 passageiros a bordo quedesapareceu no triângulo.
1955 -CONNEMARA IV - Desapareceu em setembro e apareceu 640km distante das bermudas,também sem tripulação.
1956 -MARTIN P-5M - Hidroavião desaparecido em 9 de novembro. Fazia a patrulha dacosta dos Estados Unidos. Sumiu com 10 tripulantes a bordo nas proximidades doTriângulo das Bermudas.
1957 - CHASEYC-122 - Desaparecido em 11 de janeiro. Era um avião cargueiro com 4passageiros a bordo.
1962 - Umavião KB-50 desapareceu em 8 de janeiro. Tratava-se de um avião tanque dasForças Aéreas dos Estados Unidos. Desapareceu quando cruzava o Triângulo.
1963 -MARINE SULPHUR QUEEN - Cargueiro que desapareceu em fevereiro sem emitir nenhumpedido de socorro.
1963 -SNO'BOY - Desaparecido em 1º de Julho. Era um pesqueiro com 20 homens a bordo.Nunca foi encontrado.
1963 - 2 STRATOTANKERSKC-135 desapareceram em 28 de agosto. Eram 2 aviões de quatro motores cada,novos, a serviço das forças aéreas americanas. Iam em missão secreta para umabase no Atlântico, mas nunca chegaram no local.
1963 -CARGOMASTER C-132 - Desaparecido em 22 de setembro perto das ilhas Açores.
1965 - FLYNGBOXCAR C-119 - Desaparecido em 5 de junho. Era um avião comercial com 10passageiros a bordo.
1967 -WITCHCRAFT - Desaparecido em 24 de dezembro. Considerado um dos casos maisextraordinários do Triângulo. Tratava-se de uma embarcação que realizavacruzeiros marítimos. Estava amarrado a uma bóia em frente ao porto de Miami,Flórida, a cerca de 1600 metros do solo. Simplesmente desapareceu com suaequipe e um passageiro a bordo.
1970 -Milton Latrides - cargueiro francês que partiu de Nova Orleans em direção àCidade do Cabo. Levava uma carga de azeite vegetal e refrigerante. Afundou notriângulo em Abril.
1973 - ANITA- Desaparecido em março. Era um cargueiro de 20.000 toneladas que estavacirculando próximo ao Triângulo com 32 tripulantes a bordo.
1976 - GrandZenith - petroleiro, afundou com pessoas e bens a bordo. Deixou uma grandemancha de petróleo que, pouco depois, também desapareceu.
1976 - SSSylvia L. Ossa - embarcação que afundou em um furacão a oeste das ilhasBermudas.
1978 - SSHawarden Bridge - embarcação que foi encontrada abandonada no triângulo.
1980 - SSPoet - embarcação que afundou em um furacão no triângulo. Transportava grãospara o Egito.
1995 -Jamanic K - cargueiro que afundou no triângulo, depois de sair de Cap-Haïtien.
1997 - Iate- É encontrado um iate alemão.
1999 -Genesis - cargueiro que afundou depois de sair do porto de São Vicente; suacarga incluía 465 toneladas de tanques de água, tábuas, concreto e tijolos;informou de problemas com uma bomba um pouco antes de perder o contato. Foirealizada uma busca sem sucesso em uma área de 85.000 km² (33.000 milhasquadradas).

Outros eventos:

Um Cessna 172 é "caçado" por uma nuvem, o que resultaem funcionamento defeituoso de seus instrumentos, com conseqüente perda deposição e morte do piloto, como informaram os passageiros sobreviventes.
Um Beechcraft Bonanza voa para dentro de uma monstruosanuvem cúmulo ao largo de Andros, perde o contato pelo rádio e logo recupera-o,quatro minutos depois, mas descobre que agora está sobre Miami, com mais vintee cinco galões de gasolina do que deveria ter-quase exatamente a quantidade degasolina que seria gasta pelo aparelho numa viagem Andros-Miami.
Um 727 da National Airlines fica sem radar durante dezminutos, tempo em que o piloto informa estar voando através de um levenevoeiro. Na hora de aterrissar, descobre-se que todos os relógios a bordo e ocronômetro do avião perderam exatamente dez minutos, apesar de uma verificaçãoda hora cerca de trinta minutos antes da aterrissagem.

Fonte: Wikipédia
Blog Widget by LinkWithin

3 comentários:

  1. eu acho que no fundo do oceano se forma uma cratera que puxa os navios,barcos e aviões essa cratera deve ter uma força inadimicivel para engolir os aviões deve ser um fenomeno da natureza

    ResponderExcluir
  2. eu acho que isso pode ser algo sem esplicação que so deus conhece tipo uma forsa maguinetica, eu tabem acho que e bom o homem não fusa onde não deve que la e misterio que so deus conhese , por baicho pode ser algo que suague mais porsima ? ou uma porta tridimensional, eu acho isso ....... dorivalfranca81@hotmail.com

    ResponderExcluir
  3. dizem que os cavaleiros do apocalipse estao presos ça

    ResponderExcluir

Este Blog é voltado para defesa da Família Mundial Cristã. Denunciamos os ataques dos Ativistas Homossexuais a nível Internacional, deixando claro que amamos a pessoa que está Homossexualizada e pode receber libertação, desde que o queira. Somos contra a PL 122 e o Kit-Gay, que quer retirar nossas crianças do nosso poder para o Estado Socialista-Marxista-Comunista doutrinando-as e fazendo nelas uma lavagem cerebral homossexual.

Assista estes vídeos que entenderá nossa proposta:

http://www.youtube.com/watch?v=suxtZAXtqng

http://www.youtube.com/watch?v=dIKS2jC-Tvo

Serão deletados todos comentários Racistas, Difamatórios, Anti-Cristãos enfim, que não se coadunem com a linha editorial saudável seguida por este Blog. Deus abençoe aos que contribuirem para um debate construtivo e democrático. Use sua criatividade e inteligência e deixe um comentário marcante, honesto e justo, que revele SOMENTE A VERDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...