segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Google está bloqueando Blogues Pró-Família para não acessarmos seus conteúdos: Blogue do Pr. Guedes, Pr. Anselmo - A Pedra; Blog do Filósofo Calvinista e Blog da Psícóloga Marisa Lobo, Micheline Gomes também. Vejam as telas que Printei. Saiba porque e denuncie.

Blog do Pastor Guedes Bloqueado
Blog do Pastor Anselmo - A Pedra
Blog do Filósofo Calvinista
Blog da Psicóloga Marisa Lobo

Todas as Postagens dos respectivos 
Blog, versam sobre o Ativismo
Homossexual e suas ameaças
à Democracia e a Liberdade
de Expressão e Religião.

Para ver a Imagem melhor, clique nela.








Se você tem coragem como eu, clique em "continuar assim mesmo".


Sabe o que vai acontecer? 


Nada. Você vai entrar normalmente no site. Pura manipulação maquiavélica.

Porque o Google estaria fazendo isso?

Leia a matéria abaixo e você entenderá:


Clique aqui para ler a matéria no Blog


Notícias Cristãs

Título: "Google pagará mais a funcionários homossexuais do que a heterossexuais."


Precisa explicar mais?

Homossexuais "Pais e Mães de santo" não poupam nem os animais pelo seu interesse. Rio Grande do Sul agora tem Lei Pró-Homossexual para matar animais em rituais Satânicos. Divulgue esta barbaridade.



O Deputado Edson Portilho,
Pró-Homossexual e Satanista, do Rio Grande do Sul, teve a desventura de criar um projeto de lei que permite que os animais sejam torturados e sacrificados em rituais religiosos. Leia aqui.

O parlamentar, sabendo que os protetores dos animais se manifestariam, fez a seguinte trama: marcou a apresentação para votação da lei num dia de julho, mas fez um chamado urgente e marcou a reunião às pressas, mais cedo. Os únicos avisados foram os demais deputados. Ou seja: não havia defesa.

Os animais não tiveram oportunidade de ter pessoas que os representassem. Quem poderia responder por eles? E aconteceu o que mais temíamos: houve 32 votos contra os animais e apenas 2 a favor. Os animais agora poderão ter olhos e dentes arrancados e cortados em vários pedaços para fazer o tal Banho de Sangue. Os animais que não servem mais para o ritual são mortos a sangue frio, conscientes e sem qualquer anestesia.

Por isso, vamos garantir que o deputado nunca mais consiga se reeleger. Divulgue, para que Edson Portilho não se eleja para mais nenhum tipo de cargo.

Leia o texto de  Maria Gabriela Moya G. El Bayeh  o que diz o famoso Jurista Celso Ribeiro Bastos, em "Comentários à Constituição do Brasil, 2º volume, São Paulo, Saraiva, 1989, p. 46-50.", 



R ecentemente foi aprovado na Câmara dos Deputados do Rio Grande do Sul o Projeto de Lei n.º 282/2003, de autoria do Deputado Edson Portilho, acrescentando parágrafo único ao artigo 2º da Lei 11.915, de 21 de maio de 2003, que institui o Código Estadual de Proteção aos Animais, no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, para excluir da vedação do supramencionado artigo o livre exercício dos cultos e liturgias das religiões de matriz africana. "

Assim reza o artigo 2º do Código Estadual de Proteção aos animais:

“Art. 2º - É vedado:

I - ofender ou agredir fisicamente os animais, sujeitando-os a qualquer tipo de experiência capaz de causar sofrimento ou dano, bem como as que criem condições inaceitáveis de existência;

II - manter animais em local completamente desprovido de asseio ou que lhes impeçam a movimentação, o descanso ou os privem de ar e luminosidade;

III - obrigar animais a trabalhos exorbitantes ou que ultrapassem sua força;

IV - não dar morte rápida e indolor a todo animal cujo extermínio seja necessário para consumo;

V - exercer a venda ambulante de animais para menores desacompanhados por responsável legal;

VI - enclausurar animais com outros que os molestem ou aterrorizem;

VII - sacrificar animais com venenos ou outros métodos não preconizados pela Organização Mundial da Saúde - OMS -, nos programas de profilaxia da raiva.”
Se acrescido do parágrafo único conforme disposição do Projeto de Lei n.º 282/2003, a redação permanecerá in verbis:

“Parágrafo único – Não se enquadra nessa vedação o livre exercício dos cultos e liturgias das religiões de matriz africana. "

O projeto de Lei de autoria do Deputado Edson Portilho, coloca na ordem do dia a discussão sobre a liberdade de culto frente às normas de proteção e defesa dos animais.

Inclusive assim pronunciou-se o deputado na justificativa do Projeto de Lei ora em análise:“faz-se necessária a apresentação deste projeto de lei que define, em parágrafo único, a garantia constitucional que vem sendo violada por interpretações dúbias e inadequadas da Lei nº 11.915, de 21 de maio de 2003 que institui o Código Estadual de Proteção aos Animais. Face a essa dubiedade de interpretação, os templos religiosos de matriz africana vêm sendo interpelados e autuados sob influência e manifestação de setores da sociedade civil que usam indevidamente esta lei para denunciar ao poder público práticas que, no seu ponto de vista, maltratam os animais.” (fonte: www.al.gov.br)

O assunto não deixa de ser polêmico, pois se por um lado há a obrigação de se fazer cumprir às normas de proteção aos animais, até por que dispostas em nosso ordenamento jurídico, por outro não podemos deixar de notar que a liberdade de culto é direito constitucionalmente assegurado, inclusive tido por fundamental.

Diante da paixão que pode-se instalar pela polêmica, o intérprete da norma têm o dever de manter-se focado no ordenamento jurídico positivo, vale dizer, é necessário que o hermeneuta encontre qual é o instrumento para se avaliar os antagonismos que ora se confrontam. E forçoso é reconhecer que não existe outra maneira de se medir o Direito se não pela Constituição de um país.

No Título II da Constituição Federal de 1988, intitulado Dos Direitos e Garantias Fundamentais, encontraremos no artigo 5º, inciso VI, a guarida constitucional ao direito do livre exercício dos cultos religiosos, assim disposto:
“VI – é inviolável a liberdade de consciência e de crença, sendo assegurado o livre exercício dos cultos religiosos e garantida, na forma da lei, proteção aos locais de culto e a suas liturgias;”
A liberdade de culto é pois a exteriorização do pensamento religioso que desde há muito vêm sendo um dos sustentáculos na luta pelos direitos individuais do homem.

Já na Declaração de Direitos do Homem de 1789, encontramos no artigo 10 de histórico documento o direito à liberdade de pensamento, englobando o direito de consciência e crença, assim disposto:

Art. 10 - “Ninguém pode ser perturbado por suas opiniões, mesmo religiosas, desde que a manifestação delas não conturbe a ordem pública estabelecida pela lei”

Homofobia Lésbica ou Vulcabrás x Tourofléx: Cantora Lésbica Joanna é acusada de agressão por sua ex-companheira.


Título original: Cantora Joanna é acusada de agressão por sua ex-companheira


Segundo informações do jornal "O Dia" desta quinta-feira (15), a cantora Joanna está sendo acusada de agressão pela sua ex-companheira e empresária Maria Marta Vieira.

Maria confirmou ao jornal que entrou com um processo contra a ex em agosto deste ano e apresentou diversas fotos de marcas de espancamento à publicação. De acordo com o jornal, a briga teria ocorrido no dia 11 de janeiro de 2010.

"Ela me pegou pelas mãos e começou a me chutar. Me bateu de quase me matar. Fiquei cheia de marcas nos pulsos e de esganamento no pescoço. Não sei como, mas ela ainda foi cantar em Volta Redonda no dia seguinte", disse Maria ao "O Dia".

Procurada pelo jornal, Joanna teria se negado a comentar as declarações de Marta. Já na delegacia, a cantora teria declarado que agiu em legítima defesa, e descreve a empresária, com quem viveu durante 20 anos, como ciumenta e possessiva.

Já Maria Marta conta que descobriu que estava sendo traída por Joanna em 2007. “Eu a flagrei, em Portugal, com a namorada de sua melhor amiga na época, uma pessoa muito rica e influente e que abriu muitas portas para ela lá. Hoje, não suporta a Joanna”, lembra.

Mesmo sabendo da traição, as duas viajaram juntas algumas vezes como se nada tivesse acontecido. Em 2008, na volta de um dos passeios, Joanna e Maria Marta discutiram de novo. "Discutimos novamente e ela me ameaçou, dizendo que se eu não saísse de casa, aconteceria uma tragédia. Em março de 2009, terminamos a relação, mas continuamos morando na mesma casa. Hoje, estou quase passando fome, e a Joanna está bancando essa portuguesa, que é uma professora de História, uma pobre coitada”, descreve.

Recentemente, Joanna lançou o CD "Em Nome de Deus — Joanna Canta Padre Zezinho", comemorando seus 30 anos de carreira e 45 anos de vida musical do padre. Porém, a cantora está meio sumida da mídia desde 2009.

De acordo com o jornal, Joanna estaria refugiada em uma fazenda em Pernambuco, por conta dos problemas com a ex Maria Marta.

Procurada, a assessoria de imprensa da gravadora Sony, pela qual Joanna lançou o último disco, confirma que a cantora não tem nenhum trabalho agendado para promover o novo CD. Atualmente, quem responde por sua agenda é o pernambucano Mario Luiz.

domingo, 25 de setembro de 2011

HOMOSSEXUALIDADE MASCULINA: Escolha ou destino? Livro excepcional que você não pode deixar de ter.


HOMOSSEXUALIDADE MASCULINA: 


Escolha ou destino?

Há milênios as relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo intrigam e comovem sociedades em várias partes do mundo. O que leva dois homens a se relacionarem sexualmente? Por que esse fenômeno constrange a maioria das pessoas? Ainda não temos todas as respostas. Apesar disso, a discussão sobre esse tema gerou mitos e tabus que fomentam o preconceito e a discriminação contra os homossexuais.

Algumas pessoas acreditam que o desejo homossexual seja uma escolha consciente do sujeito; outras pensam que a homossexualidade não passa de uma variação normal da sexualidade humana. Enquanto isso, milhares de pessoas sofrem por não saberem o que fazer para viverem em harmonia com seus instintos sexuais e conceitos morais. Este livro expõe as incoerências do debate sobre esse assunto e apresenta alternativas que podem contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que enfrentam direta ou indiretamente as conseqüências da atração pelo mesmo sexo. 


Sumário
Apresentação..............................................................................6
Introdução .................................................................................7
Parte I
Mitos e verdades sobre a homossexualidade masculina
Honra na Grécia antiga?.............................................................09
Normalidade em outras tribos?...................................................14

Tirinhas Homorísticas - Hudson e Rocky








Fonte: O mundo maravilhoso de Adão Iturrusgarai.

sábado, 24 de setembro de 2011

Mentiras sobre o homossexualismo

Mentiras sobre o homossexualismo
Nos últimos anos surgiram vários grupos que procuram fazer com que se tornem leis aquilo que chamam de "direitos dos homossexuais", que são por estes grupos considerados direitos humanos. Estes grupos baseiam seus protestos e petições em várias mentiras, meias-verdades e enganos.

Vejamos quais eles são: 

1 - O homossexual "nasce assim", e não pode fazer nada a respeito. 

Mentira. O homossexualismo é, de acordo com mais de 70% dos psiquiatras americanos, uma doença que tem cura, não uma "inclinação" que vem da barriga da mãe. O homossexualismo é geralmente causado pela falta de uma pessoa adulta do mesmo sexo que seja vista como um modelo para a criança na fase em que ela está desenvolvendo a sua personalidade (de 1 até os 4 anos de idade). Esta pessoa normalmente é o próprio pai, mas pode perfeitamente ser o avô, tio, primo... 

Como este problema surge quando a criança ainda é muito pequena, é compreensível que o homossexual não tenha nenhuma lembrança de já ter sido normal. A cura do homossexualismo é feita por tratamento psicológico, que procura levar o paciente a perdoar seu pai e buscar um modelo masculino adequado.


2 - 10% das pessoas são homossexuais 

Mentira. Estes dados, frequentemente citados pelos grupos ativistas pró-homossexualismo, vêm do chamado "Relatório Kinsey", feito por um americano que usou métodos totalmente anticientíficos, e não têm nenhum valor. O Dr. Kinsey pesquisou basicamente entre pessoas condenadas por crimes sexuais e atentados violentos ao pudor nas cadeias americanas, e omitiu este fato, divulgando sua pesquisa como se ela fosse uma representação da sociedade como um todo, não dos meios criminosos mais depravados. Pesquisas mais recentes mostram que não mais de 2% da população já teve relações homossexuais; 33% por cento dos abusos sexuais contra crianças nos Estados Unidos, porém, foram feitos por homossexuais assumidos. Uma parcela muito maior dos homossexuais assumidos já se envolveu em atos sexuais com crianças que qualquer outro grupo da sociedade.

Criador do kit gay para crianças será candidato a prefeito de São Paulo.


Assembléia de Deus á declarou guerra
Criador do kit gay para crianças será candidato a prefeito de São Paulo. Assembléia de Deus á declarou guerra
O pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad já possui um inimigo a mais na disputa eleitoral. O candidato, que é o preferido pelo ex-presidente Lula para concorrer ao cargo em 2012, despertou um sentimento de revanche em alguns líderes da Assembleia de Deus, maior igreja evangélica do País, segundo o jornalista Lauro Jardim na coluna Radar Online da revista Veja.
Fernando Haddad era o Ministro da Educação quando o MEC elaborou uma cartilha anti-homofobia que continha cenas de nudez e sexo homossexual explícitas. O material só não foi distribuído nas escolas públicas de todo o país pois a Presidente Dilma vetou, cedendo a pressões dos evangélicos.
No entendimento dos líderes, faltou consideração por parte de Haddad em relação à maioria cristã no Brasil. Há reclamações por parte de todos os setores da sociedade, que um material sobre o tema deveria ser mais bem discutido. “Não vou deixar o Haddad em paz um minuto”, prometeu um dos líderes da Assembleia de Deus que não quis se identificar.
Fonte: Gospel+ / Jornal Gospel News

Morre o Pastor Silas Malafaia.



"Ao que está aflito devia o amigo mostrar compaixão, 

ainda ao que deixasse o temor do Todo-Poderoso."

Jó 6:14

Graças a Deus, ele está vivo e com saúde!




Uma Reflexão que vale a pena!




sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Deputado Federal do PT da Paraíba, Luíz Couto, aprova 118 projetos em três minutos com apenas um Deputado presente na Câmara. O lema da Campanha dele é: "Coerência e Ética". Lascou a Paraíba!


Título Original: Câmara dos Deputados aprova 118 projetos em sessão relâmpago

Redação SRZD | Nacional | 23/09/2011 08h32

Uma sessão realizada na manhã da última quinta-feira na Câmara dos Deputados, a Comissão de Comissão e Justiça (CCJ), aprovou 118 projetos em pouco mais de três minutos. Assim que chegou, o deputado Luiz Couto do PT-PB, e o único presente, o deputado Cesar Colnago do PSDB-ES, iniciou a sessão declarando: "havendo número regimental, declaro aberta a reunião".Para que uma CCJ seja realizada, a mais numerosa e mais importante da Câmara, é necessária 36 assinaturas 
de deputados. Mas você deve estar se perguntando, como 36 se somente um compareceu? Na verdade, as assinaturas já haviam sido recolhidas, porém os deputados foram embora, como acontece sempre as quintas-feiras, informa a coluna de Ricardo Noblat no site do jornal "O Globo".
A votação aconteceu em quatro blocos, de 38 sobre concessão de radiodifusão, de 09 em projetos de lei, de 65 em renovação de concessão de radiodifusão e de 06 sobre acordos internacionais. O deputado que presidiu a sessão consultava o plenário a cada rodada de votação, como se estivesse cheio.

Clique Aqui para ver o vídeo da sessão relâmpago.
É assim que os homossexuais, que o PT  apoia, 
estão conseguindo "aprovar" seus pro(de)jetos.

No Baner da Campanha acima do Luiz Couto, lemos: "Coerência e Ética"
Fonte: SRZD


quinta-feira, 22 de setembro de 2011

"Intelectuais israelenses apoiam reconhecimento do Estado Palestino", afirma G1, e acrescentamos, a Bíblia também: Amós 9:7


BBC
22/09/2011 20h18 - Atualizado em 22/09/2011 22h04

Intelectuais israelenses apoiam 

reconhecimento do 

Estado Palestino

Manifestantes acusaram Netanyahu de levar os israelenses à catástrofe.
Dezenas intelectuais de Israel participaram nesta quinta-feira, em Tel Aviv, de uma manifestação pedindo o reconhecimento do Estado Palestino e advertindo de que o governo do primeiro-ministro Binyamin Netanyahu 'está levando os cidadãos do país a uma catástrofe'.
O grupo - composto por escritores, cientistas e artistas - se reuniu em frente ao prédio onde foi assinada, em 1948, a declaração da independência de Israel, na Boulevard Rotschild, no centro de Tel Aviv.
A escolha do local foi feita para salientar o fato de que o Estado de Israel foi fundado, porém o Estado Palestino - que devia ser criado após a decisão da ONU, de 1947, sobre a partilha da Palestina - não existe até hoje.
O protesto ocorreu um dia antes do discurso do presidente palestino, Mahmoud Abbas, na ONU, no qual deverá pedir o reconhecimento do Estado Palestino nas fronteiras anteriores à guerra de 1967.
Os manifestantes divulgaram um abaixo-assinado apoiando o reconhecimento da Palestina e criticaram Netanyahu. 'Dante de nossos olhos estarrecidos ocorre uma cena inacreditável - o premiê de Israel conduz os cidadãos para Massada', afirmaram, em referência ao suicido coletivo cometido em 1973 por guerreiros judeus que lutavam contra o Império Romano.
Maio de 68
Um dos participantes mais famosos no protesto era o líder do movimento estudantil na França em 1968, Daniel Cohn-Bendit.
Em entrevista à BBC Brasil, ele elogiou a decisão de Abbas de recorrer à ONU, pois com essa medida o presidente palestino 'está obrigando a comunidade internacional a se mexer'.
'Depois do pedido de Abbas algo terá que acontecer e tudo é possível, tanto o mal como para o bem. Pode haver violência, mas também pode haver uma retomada das negociações', disse.
Cohn-Bendit disse ainda que 'os palestinos têm direito de ter o Estado deles exatamente como os israelenses têm direito a seu Estado'.
Na opinião do político, que hoje é membro do Parlamento Europeu, não são os palestinos que apresentam um entrave às negociações de paz, e sim o governo de Netanyahu.
Salvar vidas
Durante o protesto, o astrofisico da Universidade de Tel Aviv, Elia Leibowitz, disse à BBC Brasil que resolveu participar 'para poupar vidas'.

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O Mito do Homossexualismo em Animais irracionais - Desmascarada a pseudo-intelectualidade científica que embasa a causa Gay.


O mito do homossexualismo em animais 

irracionais - Desmascarada a pseudo-

intelectualidade científica que 

embasa a causa Gay.



"Animais irracionais não sabem o certo e o errado, o canibalismo também é praticado por animais irracionais, isso significa que também devemos fazer o mesmo?"

O mito do "homossexualismo animal - "POR LUIZ SÉRGIO SOLIMEO

Em seu esforço para apresentar o homossexualismo como normal, o movimento homossexual1 virou sua atenção para a ciência para provar três maiores premissas:

1. homossexualismo é genética ou inata;
2. homossexualismo é irreversível;
3. Na medida em que animais se engajam em comportamento sexual do mesmo sexo, o homossexualismo é natural.

Entusiasticamente sabedora de sua inabilidade em provar a primeira das duas premissas,2 o movimento homossexual firma suas esperanças em uma terceira, a "homossexualismo animal".3

ANIMAIS FAZEM, ASSIM É NATURAL, CORRETO?

O argumento por trás da teoria da "homossexualismo animal" pode ser resumida como se segue:
- Comportamento Homossexual é observável em animais.
- Comportamento animal é determinado pelos seus instintos.
- A natureza requer que animais sigam seus instintos.
- Portanto, o homossexualismo está de acordo com a natureza animal.
- Desde que o homem também é animal, o homossexualismo deve também estar de acordo com a natureza humana.

Essa linha de raciocínio é insustentável. Se aparentemente os atos "homossexuais" entre animais estão de acordo com a natureza animal, então a matança paterna da prole e devora entre espécies estão de acordo com a natureza animal. Induzir o homem ao interior da equação complica as coisas mais adiante. Nós estamos para concluir que o filicídio e o canibalismo estão de acordo com a natureza humana?

Em oposição a essa linha de raciocínio, esse artigo sustenta que:
1. Não há "instinto homossexual" em animais,

2. A ciência é pobre em "ler" motivações humanas e sentimentos no interior do comportamento animal, e

3. Comportamento irracional animal não é parâmetro para determinar o que é comportamento moralmente aceitável para homem racional.

NÃO HÁ "INSTINTO HOMOSSEXUAL" EM ANIMAIS

Qualquer pessoa empregada na mais elementar observação animal é forçada a concluir que "homossexualismo" animal, "filicídio" e "canibalismo" são exceções ao comportamento normal animal. Conseqüentemente, eles não podem ser chamados de instintos animais. Essas observáveis exceções ao comportamento normal animal resultam de fatores além de seus instintos.

• Confrontando estímulo e Instintos Animais Confusos

Cuidados nos pós-parto


Cuidados nos pós-parto

O que a nova mamãe deve (e não deve) fazer para ter uma recuperação mais tranquila


Não é só o bebê que precisa de cuidados e atenção especiais. Após o parto, a mãe precisa ficar atenta às modificações no próprio corpo, deve seguir à risca as orientações médicas e fazer o repouso necessário para ter uma recuperação rápida e tranquila. A alimentação adequada e o apoio da família também são fundamentais nessa fase em que o organismo da mulher passa por uma revolução física e emocional.
Mudanças físicas e psicológicas
puerpério, como é chamado o pós-parto, vai do nascimento do bebê até o retorno da ovulação, que acontece geralmente após 6 a 8 semanas. Este é um período de mudanças radicaisno corpo da mulher, já que todos os órgãos, principalmente os genitais, se recuperam das alterações que tiveram durante a gestação e o parto. As contrações no útero logo após o parto são normais e têm a função de prevenir hemorragias e de retomar o tamanho que tinha antes da gravidez.
Nesse período, a mamãe vai se preparar para a amamentação e os seios vão doer muito. O melhor é começar a amamentar o quanto antes e com frequência para aliviar essa dor. As transformações psicológicas também são intensas ¿ o medo, a ansiedade, a insegurança de cuidar do novo ser, além da reviravolta hormonal, podem deixar a mulher mais irritada e confusa. Por isso, o apoio e compreensão do marido nesse momento é fundamental.
Alta do hospital
Numa cesária, a alta do hospital acontece de dois a três dias após o parto, dependendo do seu estado de saúde e da avaliação médica. Nesse período, você deverá fazer repouso absoluto (pois acabou de passar por uma cirurgia), podendo se levantar após 24h com a ajuda de alguém. É normal sentir tontura ao ficar de pé, pois você perdeu muito sangue e ainda está se recuperando dos efeitos da anestesia.
Enquanto estiver deitada, procure fazer movimentos com os pés e pernas, para ativar a circulação. O médico deverá passar exercícios específicos para ajudar na cicatrização da região do períneo. Asvisitas dos amigos e familiares devem ser restritas nesse primeiro momento, para que possa descansar e se recuperar do desgaste físico e emocional do parto. 
Alimentação
Você deverá perder de 5 a 6 quilos após o parto, pela saída do recém-nascido, da placenta, do líquido amniótico e do sangue. Nos próximos dez dias, ainda perderá mais 2 kg pela eliminação do líquido retido no organismo durante a gravidez. Para recuperar a força e restabelecer o ritmo normal do seu metabolismo, é importante seguir as orientações médicas. A principal recomendação é beber bastante líquido, principalmente água, suco de frutas e leite.
A alimentação deve ser leve e equilibrada, repleta de frutas, legumes, verduras e cereais. O consumo de proteínas deve ser maior, sobretudo de carnes magras, peixes, leite, queijos, ovos, soja e feijão. O médico poderá indicar suplementos vitamínicos, principalmente contendo ferro. Evite alimentos gordurosos, massas, frituras e bebidas alcoólicas. Lembre-se: você vai alimentar seu bebê e todos os nutrientes vão passar para ele através do leite. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...