sábado, 17 de março de 2012

Cônsul de Israel aparece em foto Homoerótica e foge da Justiça Brasileira, que o investiga por integrar rede Pedófila.



Cônsul-adjunto de Israel foge do país



Por Diário do Vale 30/03/2007 às 18:43

Fuga ocorreu no momento em que seu apartamento,
em Ipanema, era vasculhado pela polícia

Rio

O cônsul-adjunto de Israel no Rio, Arie Scher, fugiu terça-feira para a Argentina, pelo vôo 1416 da Aerolineas Argentina, às 12h48min, e de lá seguiu para seu país. A fuga ocorreu no momento em que seu apartamento, em Ipanema, na zona sul, era vasculhado pela polícia. Ele é acusado, assim com o professor de hebraico Georges Schteinberg, que está preso, de pedofilia e envolvimento em uma rede de exploração de turismo sexual envolvendo menores. O cônsul-geral de Israel, Eitan Surkis, porém, disse que Scher viajou a chamado do Ministério das Relações Exteriores daquele país. A polícia fluminense pediu ontem a prisão preventiva de Scher.

"Para polícia, ele fugiu porque tem envolvimento com exploração de menores", afirmou o titular da delegacia de Copacabana, Ícaro Silva, responsável pelas investigações. O delegado disse que enviará cópia do pedido de prisão preventiva ao Itamaraty e a Interpol (Polícia Internacional). Como Israel não extradita seus cidadãos, o cônsul-adjunto deverá ser ouvido pela polícia fluminense através de carta rogatória. O delegado tem dez dias para concluir o inquérito e encaminhá-lo ao Ministério Público.

Scher embarcou normalmente no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, na zona norte, depois de sair do consulado de Israel, na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 680, na zona sul. A Polícia Federal não impediu o seu embarque, porque não havia mandado de prisão contra ele nem pedido formal de detenção feito pelo delegado. "Não pedi para a Polícia Federal detê-lo porque acreditava que ele fosse se apresentar", explicou Silva. Ele acrescentou que recebeu o telefonema de um advogado do consulado, informando que Scher se apresentaria para depor.

Já o governador Anthony Garotinho (PDT) disse que a culpa pela fuga do cônsul foi da Polícia Federal, responsável pelo policiamento de fronteiras, portos e aeroportos do País. "A Polícia Civil tem responsabilidade secundária", afirmou.

Diplomata será ouvido hoje em Israel, diz cônsul

O cônsul-ajunto de Israel, Arie Scher vai prestar depoimento hoje a uma comissão especial do Ministério das Relações Exteriores de Israel, segundo afirmou ontem o cônsul-geral de Israel no Rio, Eitan Surkis. De acordo com ele, é procedimento normal do governo israelense chamar de volta ao país diplomatas cuja conduta esteja sob suspeita. "Temos que lembrar que todos são inocentes até que se prove o contrário", disse Surkis.

"O Ministério das Relações Exteriores de Israel e suas representações diplomáticas no Brasil consideram muito sérias as últimas informações veiculadas pela imprensa sobre o caso envolvendo um diplomata israelense", disse Surkis em entrevista coletiva ontem, em Brasília. O ministério enviou Surkis ao DF para reunir-se com diplomatas brasileiros do Itamaraty porque o país está sem embaixador no Brasil desde de março.

O consul israelense disse que esteve no Itamaraty ontem pela manhã, mas que não recebeu nenhum pedido dos diplomatas brasileiros. "O Ministério das Relações Exteriores de Israel reafirma o seu firme interesse em colaborar com as autoridades brasileiras para a completa elucidação dos fatos", disse. Surkis não soube responder se o governo israelense retiraria a imunidade dimplomática de Scher, caso fosse provado seu envolvimento com pedofilia. "Ainda é muito cedo para saber isso e é preciso investigar, o que será feito pela comissão especial", disse.

A imunidade diplomática não permite que Scher seja julgado pela Justiça comum. No ano passado, um diplomatada da Geórgia atropelou uma brasileira nos Estados Unidos e a Justiça americana pediu a suspensão de sua imunidade diplomática para que ele fosse julgado nos Estados Unidos, o que foi concedido pelo governo da Geórgia. De acordo com o Itamaraty, o caso terá de ser tratado na Justiça do Rio e o Ministério das Relações Exteriores não poderá se pronunciar até que seja notificado formalmente pela polícia do Rio.



STF recebe pedido de HC de 


diplomata israelense acusado de pedofilia
Sexta-feira, 08 de agosto de 2003


O Supremo Tribunal Federal recebeu Habeas Corpus (HC 83410), com pedido de liminar, em favor do diplomata israelense Arie Scher, solicitando permissão para depor em Israel, por meio de Carta Rogatória. Ele foi denunciado, no Brasil, por ter fotografado cenas de sexo envolvendo menores. Atualmente, Arie Scher exerce a função de primeiro-secretário do departamento científico e cultural do Ministério de Relações Exteriores em Jerusalém.

No pedido, a defesa do israelense alega que ele exerce cargo relevante no seu país, não sendo certo que obtenha permissão dos seus superiores hierárquicos para voltar nesse momento ao Brasil. Diz, ainda, que pretende ouvir como testemunhas três pessoas também residentes em Israel, que teriam informações cujo afastamento representaria cerceamento de defesa.

A defesa também cita jurisprudência do STF em diversos processos que demonstrariam a tradição do direito brasileiro em admitir Carta Rogatória Citatória e Probatória, como os Habeas Corpus 71880 e 75405.

Arie Scher exercia as funções de cônsul para assuntos administrativos e consulares no Consulado Geral de Israel, no Rio de Janeiro, quando foi denunciado, em julho de 2000, pela suposta prática, por duas vezes, do crime de pedofilia. A polícia civil do estado encontrou, no seu apartamento, na zona sul da cidade, 154 fotos pornográficas de crianças e de um adolescente, além de 12 fitas de vídeo.

O Superior Tribunal de Justiça negou Habeas Corpus idêntico ao diplomata no dia 4 de julho deste ano, ao considerar irreparável decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que também negou anteriormente o pedido.

#BB/JB//AM

Fonte: SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

Obs: Estranho isso ter sido abafado. Não se surpreenda se está matéria sair do ar de maneira igualmente "estranha".






Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Blog é voltado para defesa da Família Mundial Cristã. Denunciamos os ataques dos Ativistas Homossexuais a nível Internacional, deixando claro que amamos a pessoa que está Homossexualizada e pode receber libertação, desde que o queira. Somos contra a PL 122 e o Kit-Gay, que quer retirar nossas crianças do nosso poder para o Estado Socialista-Marxista-Comunista doutrinando-as e fazendo nelas uma lavagem cerebral homossexual.

Assista estes vídeos que entenderá nossa proposta:

http://www.youtube.com/watch?v=suxtZAXtqng

http://www.youtube.com/watch?v=dIKS2jC-Tvo

Serão deletados todos comentários Racistas, Difamatórios, Anti-Cristãos enfim, que não se coadunem com a linha editorial saudável seguida por este Blog. Deus abençoe aos que contribuirem para um debate construtivo e democrático. Use sua criatividade e inteligência e deixe um comentário marcante, honesto e justo, que revele SOMENTE A VERDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...