sexta-feira, 20 de abril de 2012

Amor para toda vida - Durante a segunda guerra...


AMOR PARA TODA A VIDA 



Tudo começou treze anos antes, em uma biblioteca da Flórida. Ao retirar um livro da estante, um livro com capa de couro azul, John Blanchard ficou intrigado, não com as palavras impressas, mas com as anotações escritas à mão na margem. A letra delicada indicava ser a de uma pessoa ponderada e sensível. Na primeira página do livro, ele descobriu o nome da proprietária anterior: Srta. Hollies Maynell. Depois de algum tempo e de várias tentativas, conseguiu localizar o endereço dela. Morava em Nova York. Escreveu-lhe uma carta apresentando-se e propondo uma troca de correspondência. No dia seguinte, ele foi convocado para servir em uma base do outro lado do oceano. Era a Segunda Guerra Mundial. Durante os treze meses seguintes, os dois passaram a se conhecer por correspondência. Cada carta era uma semente caindo em um coração fértil. Blanchard pediu uma fotografia, mas ela recusou-se a enviar. Achava que, se ele realmente gostasse dela, não haveria necessidade da fotografia. Quando ele retornou da Europa, marcaram o primeiro encontro, às 19 horas na Estação Ferroviária Central de Nova York. "Você me reconhecerá", ela escreveu, "pela rosa que estarei usando na lapela". Assim, às 19 horas, Blanchard estava na estação à espera da moça cujo coração ele amava, mas cujo rosto nunca vira.

Em sua direção veio uma linda jovem alta e esbelta, vestindo uma roupa verde-claro. Começou a caminhar na direção dela, sem notar que não havia rosa em sua lapela. Quando se aproximou, um sorriso leve e provocante brotou-lhe nos lábios. "Gostaria de me acompanhar, marujo?" ela convidou. De maneira quase incontrolável, ele deu um passo em sua direção, e foi então que avistou Hollies Maynell. Ela estava em pé, atrás da jovem. Aparentava bem mais de quarenta anos, e seus cabelos, presos sob um chapéu surrado, deixavam entrever alguns fios brancos. Tinha tornozelos grossos e usava sapatos de salto baixo. A moça de roupa verde-claro começou a distanciar-se rapidamente. John sentiu-se dividido, desejando ardentemente segui-la, mas ao mesmo tempo, profundamente interessado em conhecer a mulher cujo entusiasmo o acompanhou e o sustentou durante todo o tempo de guerra. E lá estava ela. Seu rosto redondo e pálido estampava delicadeza e sensibilidade; os olhos cinzentos irradiavam meiguice e bondade.
John não hesitou. Pegou o pequeno livro azul, de capa de couro, para se identificar. Mesmo se não fosse um caso de amor, poderia ser algo precioso, uma grande amizade. Ele endireitou os ombros, cumprimentou e entregou o livro à mulher, apesar de sentir-se sufocado pela amargura do seu desapontamento enquanto lhe dirigia a palavra.

- Sou o Tenente John Blanchard, e você deve ser a Srta. Maynell. Estou satisfeito por você ter vindo encontrar-me. Aceita um convite para jantar?

No rosto da mulher surgiu um sorriso largo e bondoso.

- Não sei do que se trata, meu filho - ela respondeu - mas aquela jovem de roupa verde, que acabou de passar por aqui, pediu-me que usasse esta rosa na lapela. Ela instruiu-me também que, se você me convidasse para jantar, eu deveria dizer que ela está à sua espera no restaurante do outro lado da rua. Ela me contou que se tratava de uma espécie de teste!"

O que buscamos em um relacionamento? Será que somos atraídos apenas pelo lado físico ou buscamos conhecer o coração da pessoa com quem desejamos passar o resto de nossas vidas juntos?
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Blog é voltado para defesa da Família Mundial Cristã. Denunciamos os ataques dos Ativistas Homossexuais a nível Internacional, deixando claro que amamos a pessoa que está Homossexualizada e pode receber libertação, desde que o queira. Somos contra a PL 122 e o Kit-Gay, que quer retirar nossas crianças do nosso poder para o Estado Socialista-Marxista-Comunista doutrinando-as e fazendo nelas uma lavagem cerebral homossexual.

Assista estes vídeos que entenderá nossa proposta:

http://www.youtube.com/watch?v=suxtZAXtqng

http://www.youtube.com/watch?v=dIKS2jC-Tvo

Serão deletados todos comentários Racistas, Difamatórios, Anti-Cristãos enfim, que não se coadunem com a linha editorial saudável seguida por este Blog. Deus abençoe aos que contribuirem para um debate construtivo e democrático. Use sua criatividade e inteligência e deixe um comentário marcante, honesto e justo, que revele SOMENTE A VERDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...