quinta-feira, 7 de junho de 2012

Prefeito diz NÃO ao Movimento Gay que pediu para hastear a bandeira do movimento na Prefeitura.


Prefeitura do interior paulista rejeita pedido 
de hasteamento da bandeira do movimento gay

PROIBIDA BANDEIRA GAY
A Prefeitura de Presidente Prudente (558 km de São Paulo) recusou nesta quarta-feira (6) o pedido de hasteamento da bandeira do movimento gay em frente ao prédio do paço municipal, no centro da cidade.
O pedido havia sido feito pelo Grupo de Estudos Sobre a Sexualidade e Cidadania (Gesc), entidade que defende os direitos dos homossexuais. A solicitação era para que a bandeira permanecesse hasteada, junto com a do Brasil, a de São Paulo e a do município, no período de 1º a 15 de julho, período de eventos relacionados à Parada Gay da cidade.
“Não há instrumento legal para atender o pedido”, justificou o secretário municipal de Comunicação, Marcos Tadeu Cavalcante. Segundo ele, a legislação federal não permite a inclusão de bandeiras de entidades e organizações junto à bandeira nacional em repartições públicas, como o da prefeitura. “Outro problema é que estaríamos abrindo um precedente para todas as outras entidades fazerem o mesmo”, acrescentou.
O presidente do Gesc, Hélio Cruz, organizador da Parada Gay, disse que não aceita a recusa. “Tem cinco mastros em frente à prefeitura. Dois deles nunca ficam ocupados. Não custa nada nossa bandeira ficar tremulando lá, ao lado da nacional, do Estado e do município. Iríamos chamar a atenção das autoridades regionais para a indiferença e a homofobia”.
Cruz disse que na segunda-feira (4) protocolou outro pedido para que a bandeira de seis cores do movimento LGBT seja içada na prefeitura. Caso haja nova recusa, ele promete recorrer ao Ministério Público.
O oficial de instrução do Tiro de Guerra de Presidente Prudente, subtenente Alexandre Motta, afirma que a lei que regula o uso de símbolos nacionais não deixa claro se é permitido hastear, em repartições públicas, bandeiras de entidades junto à bandeira nacional.
“Acho que é uma questão de bom-senso. Eu não permitiria. Em locais particulares, como sedes de clubes de futebol, isso pode, desde que a bandeira nacional fique em posição de destaque em relação às demais.”

Fonte: Notícias Uol
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Blog é voltado para defesa da Família Mundial Cristã. Denunciamos os ataques dos Ativistas Homossexuais a nível Internacional, deixando claro que amamos a pessoa que está Homossexualizada e pode receber libertação, desde que o queira. Somos contra a PL 122 e o Kit-Gay, que quer retirar nossas crianças do nosso poder para o Estado Socialista-Marxista-Comunista doutrinando-as e fazendo nelas uma lavagem cerebral homossexual.

Assista estes vídeos que entenderá nossa proposta:

http://www.youtube.com/watch?v=suxtZAXtqng

http://www.youtube.com/watch?v=dIKS2jC-Tvo

Serão deletados todos comentários Racistas, Difamatórios, Anti-Cristãos enfim, que não se coadunem com a linha editorial saudável seguida por este Blog. Deus abençoe aos que contribuirem para um debate construtivo e democrático. Use sua criatividade e inteligência e deixe um comentário marcante, honesto e justo, que revele SOMENTE A VERDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...