sábado, 31 de março de 2012

Homossexuais jogam Pedaço de concreto contendo ameças em reunião Pró-Família. A esquerda tá provocando...

Faculdade sofre Vandalismo antes 
de Cerimônia de Condecoração Pró-Família



Pedaço de concreto que foi jogado na faculdade


Um ativista homossexual afirmou que é responsável por um ataque a uma faculdade pertencente a uma igreja na véspera de um banquete onde um ativista pró-família estava agendado para receber uma condecoração.

“Esta é uma amostra do que faremos se vocês não suspenderem o evento de Scott Lively e AFTAH”, disse uma nota em dois pedaços grossos de concreto jogados pelas janelas de vidro e portas da faculdade. “Vá tomar no **, Scott Lively. Detenham os b****s homofóbicos!”

Nos pedaços grandes de concreto estavam escritas as palavras “Bloqueiem Lively”.

Americans for Truth About Homosexuality (Americanos em Favor da Verdade acerca da Homossexualidade, também conhecida pela sigla AFTAH) estava agendada para apresentar sua condecoração “American Truth Teller” para Scott Lively, ativista pró-família e autor de “The Pink Swastika” (A Suástica Rosa), um livro que documenta o papel de homossexuais no nazismo, num banquete na noite de 15 de outubro.

Horas depois do ataque, o autor anônimo de uma declaração postada no site esquerdista “Chicago Indymedia” afirmou que era o responsável pelo crime.

“Esses grossos pedaços de concreto foram jogados por essas janelas e portas por dois motivos: para mostrar que há uma consequência para o ódio e homofobia em nossa comunidade e para fazer com que este evento seja diretamente bloqueado”, dizia a declaração. “Se esse evento não for suspenso, e esses seminários homofóbicos não terminarem, a [faculdade] Academia Liberdade Cristã continuará sob constante ataque”.

A Academia de Liberdade Cristã tem patrocinado vários eventos para a AFTAH, inclusive os seminários Truth Academy, feitos durante três dias do ano passado. Os seminários sofreram protestos da Rede de Liberação Gay (RLG), uma organização extremista com sede em Chicago que se descreve como marxista e anarquista sexual, famosa por provocar distúrbios, com protestos barulhentos, em reuniões cristãs pacíficas. A RLG, que teve sucesso em pressionar o ultra-esquerdista Centro Legal Sulista contra a Pobreza a rotular a AFTAH como “grupo de ódio”, havia anunciado que protestaria contra o banquete da AFTAH em 15 de outubro.

A RLG também pressionou, mas sem sucesso, o Pr. Erwin Lutzer, da Igreja Moody, a retirar seu nome como palestrante principal no banquete da AFTAH, de acordo com a AFTAH. A organização de Chicago rotulou Lutzer como um “odiador” e sua igreja como “Casa do Ódio” (o caso está exposto aqui) por causa de um livro que ele escreveu contra o “casamento” homossexual.

“Em meus mais de 20 anos de ativismo pró-família”, Lively disse para WND, “nunca vi tal descarado ato de militância ‘gay’”.

“A RLG sempre nos mirou”, Peter LaBarbera, presidente da AFTAH, acrescentou. “Mas neste exato momento, não sabemos quem fez isso. Pode ser que tenha sido apenas um ativista embusteiro. Pode se que tenha sido apenas uma única pessoa. Não sabemos, e eu não ia querer ligar esse ataque a algum grupo, a menos que tivéssemos evidência ligando a isso”.

Fonte: Idem

Pastor que é contra a pena de morte de Homossexuais, é acusado por eles de "Crime contra a Humanidade." Só insanidade prá variar.


15 de março de 2012

Pastor é acusado de “Crime contra a Humanidade”

Pastor é acusado de “Crime contra a Humanidade”

Scott Lively virou alvo de um complô homossexualista internacional

Julio Severo
Dois anos atrás, Scott Lively, autor do famoso livro “The Pink Swastika” (A Suástica Rosa), fez um discurso para membros do Parlamento de Uganda, que estava considerando um projeto de lei que criminalizava a homossexualidade. Lively exortou uma ênfase na terapia em vez de castigo, e, depois que o projeto foi liberado, ele se opôs à cláusula de pena de morte.
Rev. Scott Lively: acusado de “Crime contra a Humanidade”
Agora, em 14 de março, uma ação judicial foi apresentada num tribunal dos EUA alegando que Lively cometeu “Crime contra a Humanidade”, ao falar contra a homossexualidade em Uganda. Os acusadores dizem que o discurso dele em Uganda é prova suficiente para uma ação conforme o direito internacional. Os acusadores são a organização homossexualista Minorias Sexuais de Uganda (MSU), e o escritório de advocacia que apresentou a ação judicial, o Centro de Direitos Constitucionais, uma organização marxista financiada por George Soros.
Se o Rev. Lively fosse um cidadão russo vivendo em São Petersburgo, a segunda maior cidade da Rússia, ele estaria seguro. Recentemente, São Petersburgo aprovou uma lei pró-família proibindo propaganda homossexual. Mas Lively é um cidadão americano, vivendo numa sociedade em que mensagens cristãs e anti-homossexualistas estão cada vez mais sendo proibidas. Quando uma lei antipreconceito é aprovada, tudo é possível, e os EUA têm tal lei, que foi usada especificamente para tornar possível a ação judicial contra Lively.
O Rev. Lively nunca defendeu violência contra os homossexuais. Mesmo assim, a ação legal faz parecer que a pregação dele contra a homossexualidade em Uganda tem sido a única causa de perseguição aos homossexuais nesse país. De acordo com Lively, “O centro da atenção da prova da MSU de que homossexuais têm sido perseguidos em Uganda é o assassinato de seu líder, David Kato, em 2011. A queixa judicial omite descaradamente o fato (muito bem conhecido para MSU) de que Kato foi morto por um prostituto gay a quem Kato tinha tirado da cadeia, pagando-lhe a fiança, a fim de morar com ele e ser seu amante. Esse homem confessou esmagar a cabeça de Kato com um martelo depois que Kato não lhe pagou conforme havia prometido. O criminoso foi levado a juízo pelo crime”.
Ativistas gays vivem vidas perigosas com seus amantes e prostitutos, e deveriam os pastores cristãos levar a culpa pelas escolhas imorais deles?
Suponho que se Lively fosse um clérigo muçulmano visitando Uganda e pregando morte a todos os homossexuais, ele seria deixado em paz pelos grupos homossexualistas, pelas organizações financiadas por George Soros e até pelas leis antipreconceito dos EUA.
A pena de morte é frequentemente usada contra homossexuais em nações muçulmanas, até mesmo quando esses homossexuais não cometeram nenhum estupro de crianças ou outro grande crime. Contudo, grupos internacionais nunca acusam essas nações de “Crimes contra a Humanidade”. Certamente, há muçulmanos pregando morte aos homossexuais. Onde estão os grupos ocidentais de “direitos humanos” para dizer que esses muçulmanos cometeram “Crimes contra a Humanidade”?
A ação judicial contra o Rev. Scott Lively é um precedente muito perigoso para todos os cristãos que estão lutando contra a agenda gay. Uma orquestração poderosa de indivíduos e grupos homossexualistas e socialistas está usando um grupo gay de Uganda para que Lively seja levado a juízo como “Criminoso contra a Humanidade”! Se os esforços deles tiverem êxito, nenhum cristão pró-família no Ocidente ficará seguro.
Você não estará seguro. Eu não estarei seguro.
No meu caso, fugi do meu país, o Brasil, a fim de escapar de pressões, perseguições e ações legais do MPF incitado pela ABGLT, a maior organização homossexual no Brasil que, com a assistência da secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton, recebeu oficial credenciamento no sistema da ONU em 2009.
Minha saída do Brasil, com minha esposa grávida e crianças pequenas, deveria ser suficiente para fazer com que a ABGLT me esquecesse, mas esse não é o caso. Mensagens interceptadas da ABGLT mostram que ela instruiu grupos gays do Brasil a acharem minha localização.
Por causa da enorme e poderosa influência do governo americano pró-sodomia, os grupos gays estão com uma “estação de caça” aos cristãos pró-família.
Enquanto os russos de São Petersburgo estão sob a proteção de uma lei que proíbe a propaganda homossexualista, os cristãos ocidentais enfrentam ameaças por sua mensagem pró-família.
Os EUA e a Europa pró-sodomia têm transformado o Ocidente num lugar traiçoeiro, onde os cristãos pró-família têm de viver sob opressivas e enganosas leis antipreconceito. E o Brasil e outras nações latino-americanas estão imitando bovinamente essas leis.
“Crime contra a Humanidade” é uma ameaça legal muito grave. Se tal acusação ridícula e sem fundamento pode ser feita contra Lively como um cristão pró-família americano, o que acontecerá com os cristãos pró-família brasileiros?
Fique de olhos abertos: novos campos de concentração para cristãos americanos e brasileiros estão vindo, mas não da Rússia.
Versão em espanhol deste artigo: Pastor es acusado de “Crimen contra la Humanidad”

A Estratégia - Livro revela plano dos Gays para manipular a sociedade.


Editora gospel lança livro que diz revelar plano dos gays para manipular a sociedade



Foi lançado nesta semana, pela editora Central Gospel, o livro "A Estratégia - o plano dos homossexuais para transformar a sociedade", do autor Louis P. Sheldon. De acordo com o site da editora, a publicação de 288 páginas reúne a conclusão de 33 anos de análise sobre o tema, feita pelo escritor.

Louis P. Sheldon é reverendo, além de fundador e presidente da entidade cristã Coalizão dos Valores Tradicionais.

Na obra, o leitor terá noção do ponto de vista do autor que aborda a tentativa dos militantes gays em distorcer o pensamento coletivo da sociedade sobre o homossexualismo, além de solicitar privilégios que ultrapassam o direito de outros cidadãos.

Louis Sheldon sustenta que os gays querem inverter os valores e mudar as bases de comportamento ao reconhecer como adequado aquilo que o Evangelho prega como ato repulsivo e degradante.

A edição é dividida em três partes. A primeira descreve o movimento gay, suas contradições e os aspectos reais de seus costumes e seu modo de viver. Na segunda, o autor refere-se ao esforço dos gays em exercer influência ao seu favor. E no final, há uma orientação de qual deve ser o posicionamento dos cristãos e qual a melhor postura para reagir diante de situações relativas ao homossexualismo.

Como este assunto sempre acarreta muitas divergências, a editora Central Gospel já declara de antemão que lança “um livro que promete polemizar”.

A Central Gospel é uma editora cristã gerida pela Associação Vitória em Cristo, que tem à frente o pastor Silas Malafaia.

Fonte Christian Post

sexta-feira, 30 de março de 2012

"Passa por cima!" - China fará isso virar realidade no trânsito com novo Ônibus Aéreo para 1400 passageiros.


Desenho de como vai funcionar o `ônibus aéreo´ chinês (AFP)
Quem mora em grandes cidades sabe o estresse que é pegar engarrafamento. Ainda mais para quem mora em cidades litorâneas como Florianópolis, que nessa época do ano praticamente para nos horários de pico.
Usar transportes coletivos ajudaria muito se eles fossem realmente eficientes, rápidos e com horários menos espaçados, sem precisar esperar muito tempo nos pontos de ônibus, que cá entre nós, merecem um post à parte e uma reuniãozinha com quem faz esses projetos!
Pensando em melhorar a qualidade do trânsito e consequentemente a saúde da população, a empresa deengenharia Shenzhen Huashi Future Parking Equipment propôs que o governo da China implante nas cidades um ônibus que permite a livre passagem dos carros por baixo dele, como se fosse um túnel mesmo.
Com uma capacidade máxima de 1400 passageiros, o 3D Express Coach tem 4,5 metros de altura, alcança uma velocidade de 60km/hora e reduziria até 30% os congestionamentos na China. O ônibus funcionará com um sistema de trilhos, parecido com trens e metrôs, o que permitirá que mesmo quando houver um engarrafamento, o 3D Express Coach, passe por cima dele e chegue mais rápido ao seu destino.
Dessa maneira, utilizar transportes coletivos será mais rápido, seguro e prático do que ter carros individuais, estimulando a população a deixar o carro na garagem por mais tempo.
Além do modelo tradicional, existe uma proposta para um ônibus elétrico que funciona com energia solar.
Para evitar colisões com as paredes internas, um sistema de radares e scanners emitem um ruído sonoro quando o carro se aproxima muito das laterais durante o percurso ou é muito alto para passar entre o vão.
Mas, caso aconteça um acidente, uma rampa inflável, como as dos aviões, é acionada levando os passageiros em segurança até o chão.
Segundo a empresa, os 4,6 milhões de dólares necessários para implantar o sistema representam apenas 10% dos custos para construir um sistema equivalente de metrô.
Espera-se que até o final desse ano, o distrito de Mentougou em Pequin receba o projeto piloto, com a construção dos 186km inicias dos trilhos.
Enquanto esperamos essa maravilha chegar por aqui, continuamos exercitando nossa paciência e criatividade ao esperar longas horas em engarrafamentos e pontos de ônibus mal planejados!
Fonte: Portobello

quinta-feira, 29 de março de 2012

ASSOMBROSO! Travestí mata Tio que fazia tudo por seu bem, e o enterra no quintal de casa.

ASSOMBROSO: TRAVESTI Foi criado,
cuidado, tratado como "Mulher", recebia 
dinheiro para pagar as dívidas de Drogas,
levou seu "Macho" para casa do tio pois,
queria matá-lo e no final, ao Tio que fêz
tudo por ele, o matou e enterrou no quintal
de casa, como recompensa. Eis o legado 
Homossexual para os querem lhe ajudar.





quarta-feira, 28 de março de 2012

Homem sendo devorado pelos VERMES em Hospital - Para os Gays, o Governo deu R$ 300 Milhões. Para o cidadão comum, só os VERMES.

Repugnante: Homem sendo devorado 
pelos VERMES em Hospital. O Governo Gay-Petista
 deu R$ 300 Milhões para os Gays. Mas 
para o cidadão comum só resta a atenção 
dos VERMES. Gente, DENUNCIEM ESSE CRIME!


Atenção, o vídeo acima comprometia a Agenda 
Gay no Brasil, por isso o retiraram do Ar. Mas,
consegui outro vídeo. Salve-o antes que o retirem
de novo e divulguem a prova dos crimes Gays.



PT-Gayzista tenta intimidar jornalista Reinado Azevedo com os Jovens do "Levante Popular", aqueles vândalos que estão pichando casa de militares.


27/03/2012
 às 19:30

A TROPA DE CHOQUE DO MST E DE MARIA DO ROSÁRIO TENTA ME INTIMIDAR E FAZ AMEAÇAS. ESTOU PASSANDO A INFORMAÇÃO À PF E A DILMA ROUSSEFF, A CHEFE DE MARIA DO ROSÁRIO! PÁGINAS FINANCIADAS POR ESTATAIS ESTÃO INCITANDO A VIOLÊNCIA!

Jornais, TVs, sites, blogs, rádios… As ações de um grupo que se intitula “Levante Popular” estão noticiadas em toda parte. Ele decidiram “esculachar”, como dizem, as pessoas acusadas de terem praticado tortura durante o regime militar. Vão até suas respectivas casas ou locais de trabalho, gritam, xingam, picham…  E tudo, dizem, porque pretendem, contrariando o que diz a Lei de Anistia, que os acusados sejam processados criminalmente e julgados. Muito bem! Digamos que isso fosse possível: o que eles estão promovendo é um linchamento. Isso que fazem combina bem com o fascismo, com a revolução cultural chinesa, mas não combina com democracia. O objetivo declarado, afirmam, é a instalação da Comissão da Verdade. Bem, então estão anunciando o que pretendem com ela, e também isto contraria o texto explícito da lei. É revanche!
Desde ontem, passei a receber dezenas de ameaças. Meu “crime”, segundo eles? Ser contrário à revisão da Lei da Anistia, a exemplo da maioria do Supremo Tribunal Federal e da Advocacia Geral da União, que fala em nome da Presidência da República. Acontece que a mesma presidente da República mantém na pasta dos Direitos Humanos uma ministra que, de forma desabrida, incentiva o desrespeito à Lei da Anistia — entre outras leis, é bom ficar claro. Publico um exemplo de comentário, que já enviei à polícia com o devido IP:
“E o Levante Jovem está se preparando para acampar na frente de sua casa e mostrar seu currículo verdadeiro às pessoas. Vc merece esta homenagem, meu Rei.”
Vem assinado por “Kozel Paes”, IP 83.86.0.98. O IP não é um instrumento de alta precisão. Sabendo a hora em que foi enviado, e eu sei, não é impossível chegar à origem. O meu verdadeiro currículo??? Isso! Vão procurar. Quando se opor à ditadura representava realmente um risco, era na oposição que eu estava e fui perseguido. Essa gente tem hoje a grande coragem de se opor à democracia.
De resto, “Kozel” mais importante do que esse é “Mário Kozel Filho, um garoto assassinado em 26 de junho de 1968, quando um carro-bomba foi lançado contra os muros do Quartel General do II Exército, em São Paulo, numa ação de vários grupos terroristas, liderados pela VPR (Vanguarda Popular Revolucionária). A VPR, no ano seguinte, daria origem à VAR-Palmares, grupo a que pertenceu Dilma Rousseff. O corpo de Kozel ficou irreconhecível. Foi pelos ares. Aos pedaços.
Via CampesinaOs miliantes do “Levante Popular” estão batendo bumbo em sua página porque toda a grande imprensa, que desprezam, lhes deu amplo espaço. E sem dizer quem são eles, o que deveria envergonhar esse jornalismo. São tratados como “os jovens”. Quem organizou as ações foi a Via Campesina, organização de extrema esquerda que está em vários países na América Latina, cujo grande esteio, no Brasil, é o MST. Vale dizer: por trás dos jovens, está o velho João Pedro Stedile. Não tendo mais o que dizer e o que fazer com sua proposta atrasada de reforma agrária, o MST decidiu agora caçar e cassar seus supostos inimigos nas ruas.
Presto a essa gente um favor e publico aqui o link de sua página na Internet. Esses grandes defensores da democracia recomendam alguns sites e blogs. Entre eles, está, por exemplo, Cubainformación, que faz proselitismo do regime cubano.
VOCÊS ENTENDERAM DIREITO: a “juventude” que diz querer a Comissão da Verdade no Brasil e que pretende sair por aí pichando a casa de pessoas acusadas de tortura defende um regime que… tortura e mata! Ainda hoje publiquei o tratamento que os agentes de Raúl Castro dispensaram a um homem que ousou gritar “Abaixo o comunismo!” numa via pública. Foi tratado aos tabefes. A esta hora, deve estar numa masmorra. É o que quer o tal movimento “Levante Popular”. Se vocês entrarem agora na página, encontrarão lá o discurso de Raúl Castro por ocasião da visita do papa.
Incitadores da violência
Quero aqui chamar a atenção para o fato de que as páginas dessa gente que forma o que chamo “Jornalismo da Esgotosfera Governista” (JEG) já não se contenta mais em demonizar supostos adversários, em difamar, em caluniar. Agora, por intermédio, sobretudo, de “comentadores”, pregam que aqueles de quem discordam sejam perseguidos e agredidos fisicamente. É fascismo em estado bruto.
Ajudam a causa?Essas pessoas dizem querer a instalação da “Comissão da Verdade”. É mesmo? Pois, entendo, estão prestando um desserviço à causa que dizem abraçar. Se o grupo nem foi ainda formado, e as tropas de choque já estão em ação, dá para imaginar como será depois.
As pessoas sensatas, que têm miolos, já atentaram para o risco implícito em tais ações. “Sou contra esse tipo de protesto. Quem tem que dizer quem torturou é o poder público. A sociedade deve se manifestar, mas pichar a calçada das pessoas é vandalismo”. A afirmação é de Ivo Herzog, diretor do Instituto Vladimir Herzog. Ivo não tem razão nenhuma para “proteger torturadores”. Seu pai foi assassinado no DOI-CODI, em São Paulo, em outubro de 1975.
Deixo claro: não estou tentando pegar carona na opinião de Ivo para afirmar que pensamos a mesma coisa sobre o alcance da Lei da Anistia, a Comissão da Verdade ou qualquer outro tema. É provável que não! Há coincidência apenas sobre esse particular.
EncerroNão existe mais no Brasil, excetuando-se um delírio isolado ou outro, a extrema direita que recusa a democracia. Felizmente! Ou me digam, então, onde ela está. Mas a extrema esquerda que não aceita o império do regime democrático e do estado de direito está aí, ativa. E conta com a colaboração covarde da grande imprensa, incapaz de dizer quem é e o que pensa o tal “Levante Popular”.
Eis aí, presidente Dilma! Essa é a tolerância que seu governo, direta ou indiretamente, está patrocinando!
Ainda voltarei ao tema
Por Reinaldo Azevedo

Eleições 2012: prefeito do Rio, defensor da agenda gay e simpatizante da entidade espírita ‘cacique cobra coral’, vai à igreja e saúda presentes com ‘a paz do Senhor’.


Eleições 2012: prefeito do Rio, defensor da agenda gay e simpatizante da entidade espírita ‘cacique cobra coral’, vai à igreja e saúda presentes com ‘a paz do Senhor’

Posted In Política & Religião - By Holofote.Net On terça-feira, março 27th, 2012 With 0 Comments
O Holofote.Net vem publicando desde 2011 vem se concretizando, em relação a aproximação de alguns líderes cristãos do Rio ao atual Prefeito Eduardo Paes (PMDB) com o objetivo de apoiar sua reeleição este ano.
O prefeito quer fazer o impossível: levar para o seu lado tanto o eleitorado evangélico quanto os ativistas gays.
Paes é reconhecidamente um dos maiores incentivadores da agenda do ativismo homossexual. Ele tem feito o possível para que o Rio de Janeiro se torne o maior destino mundial LGBT. O assunto já foi matéria em um dos maiores jornais ingleses, o  The Guardian.
A Prefeitura também lançou um site especial para proporcionar informações ao público gay.
Entidade espírita
O mesmo Eduardo Paes que nos verões costuma clamar pelo socorro da entidade espírita ‘cacique cobra coral’ (que diz ter poderes sobre a natureza) para ‘impedir’ que chuvas devastadoras caiam sobre o Rio, agora inicia sua peregrinação pelas igrejas, de olho no voto de cada evangélico.
A peregrinação pelas igrejas
No dia 08 de fevereiro de 2012 Paes participou de um café com centenas pastores, organizado pelo Conselho de Ministros Evangélicos do Estado do Rio de Janeiro (Comerj), realizado na Igreja Assembleia de Deus em Madureira. No evento, os presentes ouviram de um pastor de expressão nacional a seguinte frase: ”ele [o prefeito] tem lá seu negócio com o arco-íris [agenda gay], mas quem sabe ele pode até aceitar Jesus!” (é bom que se lembre que o atual prefeito de São Paulo,Gilberto Kassab, também “converteu-se” semanas antes das eleições, em 2008, em um culto. Na ocasião até prometeu à multidão ali presente em  dar um culto de ações de graças, caso vencesse as eleições. Kassab foi eleito e sequer apareceu para agradecer. Seu “culto de ações de graças” deu-se na parada gay de São Paulo, onde este presente, meses após assumir o mandato).
Em sua caminhada pelas igrejas, Paes esteve no domingo (25/mar) na Catedral da Igreja Universal do Reino de Deus, no bairro de Del Castilho. Diante da imensa multidão ali presente fez questão de usar uma saudação bem conhecida pelos evangélicos: “a paz do Senhor”. Falou de alguns projetos políticos e mostrou um vídeo sobre as obras que pretende fazer para revitalizar a Avenida Suburbana (onde localiza-se a Catedral da IURD).
A carta assinada pela candidata Dilma e nenhuma exigência a Paes
Na campanha Presidencial de 2010, diante da posição nebulosa da candidata Dilma Roussef em relação ao aborto, líderes e políticos evangélicos (inclusive vários do Rio) fizeram-na assinar uma carta comprometendo-se de que não trataria do assunto ‘aborto’ durante seu mandato (mesmo que tal compromisso esteja vagarosamente sendo descumprindo. A exemplo foi a nomeação da Ministra das Mulheres a qual disse que vai lutar para descriminalizar aborto). A mesma exigência não está se dando para o prefeito Eduardo Paes, em relação ao seu compromisso de alavancagem da agenda gay. Ou seja, o pensamento parece ser este: “é nosso interesse que ele ganhe, então façamos vistas grossas”.
‘Abençoando’ um pró-agenda gay e ‘lutando’ contra a agenda gay
Todas as lideranças evangélicas do Rio que se atrelam a Paes para que ele logre êxito e seja reeleito, são justamente as mesmas de sempre, sem exceção, que depois vão movimentar o povo  evangélico para participar de marchas e eventos contra os ideais do ativismo gay (kit gay, PL 122, ‘casamento’ gay, Estatuto da Diversidade Sexual, operação do SUS para transexualização, cota gay, etc …).
A estratégia deles é simples e política: “nós o elegemos, conseguimos nossos intentos e depois partimos para a oposição”.
‘Curral eleitoral’
Assim, de eleição em eleição o povo evangélico vai sendo usado para satisfazer anseios meramente pessoais e políticos, desses ou daqueles líderes evangélicos.
Em suma, enquanto o povo evangélico continuar sendo estigmatizado como uma massa de ignorantes políticos, isto sempre ocorrerá.
Sugere-se a leitura do artigo o qual mostra o ciclo repetindo-se no Rio: “O casamento gay foi legalizado no Brasil (vários pastores e padres do Rio tem participação nisto)”.
Vídeo de apologia ao homossexualismo para alavancar o Turismo Sexual Gay Internacional
 Fonte: Holofote.Net
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...