segunda-feira, 30 de julho de 2012

Google Pró-Homossexual, faz ataque em massa a blogs Conservadores começando pelo de Júlio Severo e o Blog SOMENTE A VERDADE.


30 de julho de 2012


Blog Julio Severo sob ataque


Blog Julio Severo sob ataque

Blog Julio Severo é denunciado como propagador de vírus

Julio Severo
Quer melhor maneira de afastar as pessoas do que assustando-as com uma ameaça de vírus? Não, não é do vírus da AIDS de que estou falando, embora esse vírus se sinta especialmente à vontade entre os supremacistas gays.
Estou falando do novo golpe aplicado contra meu blog e contra seus leitores.
Logo ao acordar, fui inundado de mensagens de leitores me informando que não conseguem acessar meu blog. Navegadores, como o Firefox, estão dizendo aos internautas que meu blog foi bloqueado porque “foi denunciado como uma página de ataque…”
Vejam só a inversão. Em vez de dizerem que meu blog está constantemente sob ataques, espantam os internautas indicando que meu blog é uma ameaça de ataque a eles.
É um golpe baixo. Digno do caráter dos que o fizeram.
Se eu estivesse ainda no Brasil, poderiam talvez chegar ao ponto de chamar a Polícia Federal, dizendo que cometi algum crime, apenas para me ver com problema. Pelo menos, esse é o golpe que estão aplicando nos ativistas pró-família americanos.
Só não aplicaram e não podem aplicar esse golpe em mim porque não têm meu endereço. E porque não estou no Brasil. E também porque lhes falta a inteligência maligna de seus mestres gays americanos.
Contudo, é publicamente notório que os supremacistas gays, e até mesmo o governo dos Estados Unidos, veem meu blog como ameaça à agenda gay.
O que você pode fazer para combater a mentira de que o Blog Julio Severo representa uma ameaça?
Clique em “Ignore this warning” e depois em “This isn´t an attack site…”

domingo, 29 de julho de 2012

Planos da Irmandade Satanista Internacional para o Brasil e o Mundo (Extraído do Livro 'Filho do Fogo', de Daniel Mastral)



Quatro dias antes da Festa da Primavera, durante a reunião do
meu Conselho, estávamos à espera de visitas especiais. Todos nós
já estávamos reunidos quando eles entraram no horário exato de
iniciar a reunião. Nunca ninguém se atrasava.
Um homem entrou acompanhado de uma moça. O homem
era aquele simpático Sacerdote que eu conhecera na fazenda por
ocasião do Rito de abertura de Portais, o Taolez. A moça, muito
jovem e muito bonita, eu não sabia quem era. Após as costumeiras
boas vindas e abraços e apertos de mão e sorrisos e risadas, nós nos
acomodamos.
Taolez apresentou a sua acompanhante que tinha um sedutor
jeito de caminhar:
— Nós temos hoje aqui conosco uma convidada muito
especial. Ela sorria volta e meia, sentada ao lado dele.
— Esta é Gwyneth. — Continuou Taolez. — Ela nasceu na
América do Norte e é filha de um dos principais líderes da
Irmandade no mundo.
UAU! Aquela declaração me soou como uma bomba e minha
admiração por ela cresceu instantaneamente. A reunião que se
seguiria traria nova luz aos meus olhos. Eu deixaria de contemplar
a Organização da qual fazia parte como algo puramente regional.
Não que eu não soubesse que o Satanismo é Internacional... mas
ainda não tinha sido realmente apresentado às evidências daquele
fato.
Foi a primeira vez que eu ouvi falar mais claramente sobre a
questão da estratégia a nível Mundial.
— Ela veio dos Estados Unidos até aqui para cumprir uma
missão muito importante. Gwyneth tem visitado alguns dos
Núcleos mais importantes do nosso país em sua estada, e hoje
ninguém melhor do que ela para explicar o motivo de sua visita.
Por isso... não vou me estender! — Taolez sorriu para a jovem e
concluiu: — A palavra é toda sua!
Ela mesma se apresentou, falando um português
extremamente "brasileiro". Minha natural curiosidade não me
deixou resistir e indaguei assim que me foi possível:
— Pôxa, mas o seu português é muito bom! Há quanto tempo
você está no Brasil?
Gwyneth deu risada:
— O nosso pai sabe muitas línguas!
Eu dei risada de volta mas acrescentei, na brincadeira, apenas
para Zórdico escutar ao meu lado:
— Como é que eu ainda não consigo?!! Como é que eu não
consigo falar inglês?
— Calma. Se um dia você precisar ir aos Estados Unidos ou a
qualquer outro lugar o Abraxas vai junto. Ele te capacita no
momento certo!
— Ah, que interessante!...
E voltei a atenção para ela novamente. Gwyneth tinha um
colar tão bonito que era difícil não notá-lo. Um Pentagrama superincrementado,
de ouro cravejado com pedras preciosas que brilhava
muito. Ela usava um vestido azul turquesa, justo, com decote
bastante generoso e que deixava ver a pele branca e delicada. As
unhas eram longas e pintadas de vermelho escuro. Tinha um sorriso
muito agradável, um cabelão puxando para o castanho, os olhos no
mesmo tom. Era realmente muito bonita. Devia ter somente uns
vinte anos. E logo eu viria a saber que apesar da pouca idade ela já
era Suma Sacerdotisa.
— É muito bom estar no vosso meio. Gostaria de lembrá-los
de que vocês fazem parte de um Grupo chave neste país. Que
Lucifér esteja protegendo este lugar com os seus guerreiros e que
esteja demonstrando seu amor a cada um. Que os seus Guias
estejam na cobertura!
Em seguida ela parabenizou individualmente a cada um de
nós de uma forma pessoal. Chamou-nos pelo nome e demonstrou
saber quem era cada um que estava à sua frente. E começou com
um breve resumo de coisas que nós já sabíamos.
— Não é necessário que eu vos fale sobre a principal Cadeia
Hierárquica Satânica, pois é muito bem conhecida de todos. Mas
relembremos alguns conceitos em conjunto. O Pentagrama faz
alusão a estes cinco demônios, como vocês sabem. Lucifér, nosso
pai, o maioral, tem sob seu comando os quatro Grandes Príncipes.
Lucifér ocupa a décima-segunda dimensão espiritual e os seus
quatro Grandes Príncipes a nona dimensão. Estes — Leviathan,
Astaroth, Bélzebu e Asmodeo — são mais fortes e poderosos do
que a classe dos Principados. São Príncipes que têm um domínio
territorial Global muito extenso. Atuam no mundo todo, é claro,
com diferentes nomes conforme muda-se a região. Mas de forma
mais intensa em alguns lugares do planeta. Nosso interesse maior é
em relação ao mapeamento destas regiões específicas. Falemos
brevemente sobre eles. Leviathan atua muito fortemente na
América Latina e especialmente no Brasil. Asmodeo tem seu
compromisso na América do Norte e Estados Unidos. Bélzebu está
bastante ligado ao Oriente, à Índia, China, Mongólia. Astaroth tem
uma participação especial na África, na Austrália, Nova Zelândia.
Estes quatro Príncipes contam cada um deles com uma "Guarda de
Honra" composta por cinco Capitães. Estes vinte Capitães ao todo
são dos mais poderosos e influentes Principados. Eles favorecem a
atuação dos seus Príncipes e têm fortes domínios em diferentes
pontos do Globo. Não vamos entrar muito em detalhes dos outros,
falemos mais da hierarquia ligada ao Príncipe de vocês: Leviathan.
Ele está associado ao elemento Água. Isso nos trás uma série de
revelações subliminares acerca do seu modo de atuação e raio de
Poderes. Cresce o seu domínio em toda a região ligada aos mares,
aos rios, às cidades costeiras e regiões portuárias. Ele comanda boa
parte das legiões das Águas. Mas como podemos identificar isso?
Se vocês prestarem atenção, aqui no Brasil boa parte do folclore
regional e das Religiões de massas estão associadas intimamente ao
elemento Água. Os principais deuses cultuados no Brasil são a
"Aparecida" — que saiu das águas —, e a Iemanjá, que dispensa
maiores comentários nesse sentido. Até dentro do contexto
indígena aparece a Iara, ou "mãe d'água". Percebe-se a influência
cabal de Leviathan por trás destes objetos de adoração. Além do
que a própria Bíblia se refere a este demônio como o "dragão do
mar", a "serpente deslizante". Vejam como o Brasil é muito
propício para Leviathan, um "Habitat" natural para ele. Um país de
costa marítima muito extensa. E se formos nos aprofundar e
divagar no termo Bíblico descobrimos um pouco mais. A Floresta
Amazônica é um símbolo que faz menção, no reino físico, a uma
realidade espiritual: as serpentes se escondem nas matas! Não é à
toa que o Brasil tem a maior floresta do mundo! Ela como que
"abriga" o esconderijo da "serpente deslizante"! O Principado mais
proeminente da sua Guarda é Abadom, o braço direito de
Leviathan. Este é um demônio principalmente de destruição, ruína,
perda e morte. Atua na região do Oriente Médio, Irã, Iraque, Israel.
Ele é considerado o chefe dos gafanhotos que sairão do Abismo,
mencionados na profecia de Apocalipse. Ao seu comando ele tem
nove demônios, nove Potestades muito poderosas.
Isso eu sabia muito bem. Abraxas e Adramelech estavam
inseridos nesta categoria e faziam parte desse grupo de nove
Potestades.
— Na região da Índia, China, Tibet e proximidades Leviathan
conta com o domínio de Shiva. É um demônio de sensualidade,
prostituição, adultério. Está muito ligado também à idolatria desse
povos. Thamúz atua na região da Itália. Tem também forte ação
dentro da Maçonaria, por exemplo, que é um dos Braços do
Satanismo. O-Yama é o quarto demônio que faz parte da Guarda de
Leviathan. Tem ligações com o Japão, Malásia, Vietnã e aquelas
localidades ao redor. E um dos principais demônios por trás da
idolatria e do cativeiro em que se encontra aquela região. Rimmon
atua na região de Espanha e Portugal e, junto com Thamúz controla
boa parte da Europa. Mas voltemos aos Grandes Príncipes e à
simbologia do Pentagrama no que dia respeito aos elementos
representados. Sabemos que Lucifér é o quinto elemento, a Energia
pura. Já disse que Leviathan é o elemento Água. E os demais?
Gwyneth inspirou fundo e continuou:
— Asmodeo está associado ao Ar. O seu braço direito,
Dagon, é um Principado capaz de causar tempestades, furacões,
maremotos. Notam a influência dos Poderes dos Ares?! Como
vocês sabem, esse é o tipo de coisa muito comum na América do
Norte. O nome de Asmodeo é mencionado no livro apócrifo de
Tobias e também no Talmude. Ele é conhecido como o Príncipe da
luxúria e da corrupção. Por causa desses seus dotes fica muito clara
a influência sobre os Estados Unidos. A corrupção e a luxúria
imperam naquele país. O próprio símbolo de Asmodeo foi
divulgado por todo o mundo. E ele partiu dali, de dentro dos
Estados Unidos, através da moda "Punk". Aquele "A" cortado não
quer dizer "anarquia" pura e simplesmente como acreditam e
apregoam os punkes. Antes é o símbolo de Asmodeo! Nosso
terceiro Príncipe, Bélzebu, o Senhor das Moscas, associa-se ao
elemento Fogo. E o fogo é o elemento que tudo consome. Isso faz
alusão ao modo como ele age. Está ligado às disseminações de
pragas, doenças, enfermidades. Isso certamente os faz lembrados
das péssimas condições de higiene e de saúde em toda aquela
região! E das moscas! Inclusive seu principal escudeiro é
Nosferatus, o responsável por destruir e consumir as energias,
"sugar energias". Toda a atuação dele é no sentido de consumir,
ânimo, saúde, bem estar, etc...! Bélfegor e Behemoth estão
associados a Bélzebu também. Mas Belfegór não está ainda em
nossa dimensão.
E isso eu não entendi. Mas ela continuou sem maiores
comentários.
— Astaroth, representado pelo elemento Terra, é um
demônio de confusão e engano que está muito ligado à Era Mística,
dos cristais, dos duendes, das pirâmides e tudo o que se propaga
através do Movimento Nova Era. Mas a questão do elemento Terra
faz mais alusão ao mundo material. Quero dizer que tudo o que
prende o ser humano ao mundo horizontal, ao "Ter", é influenciado
por Astaroth. Ele está também ligado ao domínio das riquezas da
Terra e sua cobiça pelos homens.
Depois daquela introdução Gwyneth começou a falar
brevemente do seu próprio país, os Estados Unidos, e de como a
estratégia satânica vinha andando ali conforme o esperado.
— Todas as Igrejas estão praticamente inoperantes! Não têm
mais Poder nenhum, já não há interferência e nós temos plena
liberdade de atuação. As poucas comunidades que nos ofereciam
resistência estão já em vias de destruição. Os principais líderes já
caíram e não vejo de onde surgirão outros que possam vir a fazer
frente ao poderio da Irmandade naquele lugar. Alguns pagaram
com a vida!
Realmente aquela Nação já não é de cunho Protestante. Nós
estamos plenamente inseridos dentro da Sociedade em todos os
níveis: o sistema econômico, social, político, militar, de saúde e de
ensino nos pertence. Já não há como resistir à Irmandade graças ao
domínio extenso que nosso pai e os Guias, cooperando conosco,
conquistaram! A Base está totalmente firmada, no lugar certo onde
Lucifér havia determinado. São Francisco já não é a mesma, nem a
Califórnia. Ainda que Asmodeo domine na América do Norte, ele o
faz preparando terreno para o pai. Porque o país mais poderoso do
mundo será território de domínio de Lucifér em curtíssimo tempo!
Ele será coroado ali. Restam poucas arestas a serem aparadas para
que isso efetivamente se concretize. E ele dominará completamente
todos os Estados Unidos! Tudo o que é exportado para o mundo
nasce naquela Nação: os games de computador com mensagens
subliminares, RPG, as músicas e bandas que mais fazem sucesso e
têm seus discos consagrados, as principais griffes, etc. A rede está
se expandindo. Como um inexorável enxame de abelhas. O
domínio será total!
Gwyneth não usou de subterfúgios em momento algum.
Projetou um slide cujo gráfico mostrava o decréscimo de Cristãos
Evangélicos na América do Norte. A queda era vertiginosa depois
de um certo período, após o governo de um certo presidente cujos
favores haviam sido comprados.
Nós batemos palmas e demos vivas diante do exposto, com
sincera alegria. Ela continuou falando de coisas sobre a estratégia
mundial.
— Mas o que tem acontecido em larga escala nos Estados
Unidos é um reflexo do que ocorre no Mundo todo. O Evangelho
não pode ser propagado. Vocês sabem que para isso é preciso que o
nosso domínio seja completo e inexpugnável. A questão das Bases
é outro aspecto que quero enfocar agora. Até Março de 1998,
teremos doze Bases Mundiais. Por enquanto, como vocês sabem,
são apenas duas, a de São Francisco e a da Holanda. A da Holanda
não é definitiva, ela será mudada para um local maior e mais
estratégico antes que finde o tempo até 1998. E este é o prospecto
das outras dez Bases.
O slide foi projetado. Para a maioria aquilo não era novidade,
mas para mim e Thalya foi a primeira vez. As doze Bases estavam
ali estampadas, cada três formando um triângulo que dominaria
cada quadrante do planeta. Para meu espanto uma delas seria no
Brasil. Na Bahia. Na região por onde os colonizadores tinham
entrado no nosso país. Arregalei os olhos.
— No quadrante noroeste do Globo a triangulação acontecerá
ao redor de Nova York, São Francisco e México. A maior
concentração de demônios ficará neste eixo. No quadrante sudoeste
os pontos ligam o Peru, provavelmente partindo de Lima, Buenos
Aires e Bahia. O triângulo menor, formado por Grécia, Cairo e
Jerusalém tem por objetivo controlar e cercar a cidade Messiânica.
Porque daí virá o anticristo, descendente de Judeu. Provavelmente
a Base atual na Holanda será transferida para a Grécia. O triângulo
maior tem seus pontos na África do Sul, Austrália e provavelmente
Bancoc, ou ali por perto mesmo.
Alguém perguntou sobre a questão da (antiga) União
Soviética.
— Ela não oferece um pingo de resistência. — Respondeu a
jovem Suma Sacerdotisa. — Não há necessidade alguma de
implantação de Bases naquele lugar. Dentro da Cortina de Ferro
estão todos completamente mortos e apagados. A Igreja Ortodoxa é
uma facção da Igreja Católica, uma espécie de Igreja Católica
"Oriental". Ela domina vorazmente e essa doutrina prega e crê
piamente que os Evangélicos Protestantes estão associados ao
diabo, são hereges condenados ao Fogo Eterno. Não há com o que
se preocupar. Apenas monitorar de longe, mais nada! Mesmo
porque, Lucifér escolheu para si os Estados Unidos. A União Soviética
terá que deixar de existir!
— Mas não é o mesmo caso da África? Eles também estão
completamente dominados por outras religiões.
— Mas em especial a África do Sul tem recebido muitos
Missionários e há planos de continuar esse processo. Por isso uma
das futuras Bases estará colocada ali! Como vocês sabem, as Bases
são as Unidades da Irmandade responsáveis por repassarem a visão
estratégica e a direção que tem vindo de Lucifér a todos os seus
seguidores. A localização delas foi muito estudada e finalmente
repassada a todos nós. Se vocês já tivessem no Brasil a Base-Mãe
de vocês eu não precisaria estar hoje aqui. Isto é, os líderes
brasileiros poderiam receber e repassar as diretrizes sem
necessidade de intermediários. Enquanto não é chegado este tempo
vocês continuam sob a supervisão da Base norte-americana. Assim
como todos os outros lugares do mundo aonde temos implantado os
Núcleos dependem, ou de nós, ou da Base holandesa. Conforme a
direção de Lucifér. Entendam que quando o número das Bases for
doze o Domínio e o Poder serão definitivos e completos! Também
os incontáveis Núcleos Regionais, espalhados pelas principais
cidades e estados de todo o mundo estarão no auge do seu domínio
e nada poderá detê-los. Assim como nos Estados Unidos, todo o
sistema de governo dos povos estará em nossas mãos: a política, o
exército, as leis, os hospitais, as escolas, as faculdades, e tudo o que
se possa possuir. Todos os setores! E quando digo todos os setores
são todos os setores mesmo, inclusive as classes menos favorecidas
porque a tendência destas é apegar-se a Deus com maior facilidade.
Mas a Igreja Cristã não poderá fazer frente a nada disso. Eles
perderam tempo demais! Vou apresentar-lhes os dados logo mais.
Gwyneth tomou um pouco de água e retomou, sorrindo:
— Tudo o que falo é com propósito. A questão do extenso
domínio dos nossos aliados, a crescente e esmagadora vitória nos
Estados Unidos e o projeto em andamento das doze Bases
Mundiais tem sua razão de ser. É a expressão antecipada da nossa
grande vitória futura! Comprovarei aos irmãos alegremente através
dos dados. E declaro com veemência: aqui no Brasil não será
diferente! — Exclamou ela. — A estratégia brasileira já foi
montada por Lucifér e o tempo se aproxima. Trabalhemos, pois! O
findar do Terceiro Ciclo nos trará a coroa da vitória! Vocês estão
muito bem assistidos aqui, não receiem por nada. Leviathan tem o
seu Poder. Este Principado trás sobre o Brasil uma influência
imensa, coisa que o povinho Evangélico nem desconfia! Muitos
líderes proeminentes vão cair a partir de março de 1998, e aí... as
ovelhas se espalharão. E tornar-se-ão ainda mais fracas!
Novamente nos rejubilamos incontidamente com ela.
Gwyneth jogou o cabelo para as costas e continuou falando com
entusiasmo e muita convicção de tudo o que conhecia. Eu nunca
tinha escutado falar de coisas naquelas proporções. A Irmandade de
fato estava estendendo a sua rede pelo mundo inteiro, como um véu
já quase prestes a se fechar. Nada mais sairia dali... nada mais
entraria.
Compreendi que cada Núcleo de Adoração espalhado pela
Terra — num dos quais eu mesmo estava inserido — era como uma
"mini-rede" coordenada pelas Redes-Mães, as Bases, e todos
atuavam com um propósito comum. E todas as culturas e povos do
Planeta estavam sendo fagocitados pelo Satanismo. Tudo
funcionava perfeitamente, dentro do previsto! (...)

sábado, 28 de julho de 2012

"O senhor me penetrou", é a mais nova zombaria Gay em vídeo, à Deus e ao Evangelho que Cristãos denunciam ao Ministério Público.


SÁBADO, 28 DE JULHO DE 2012

A "homofobilização” do evangelho?

Muitos ativistas gays lutam e gritam por direitos iguais e uma sociedade respeitadora e sem preconceito, na teoria isso é muito bonito, mas na prática, pelo ao menos no que vou me referir abaixo, por parte deles, essa ideologia se modificou e tem mostrado sua verdadeira face autoritária e zombadora .

Certo que existe a liberdade de expressão, onde a Carta Magna nos garante vários direitos, inclusive o de ir e vir, porém em suas lutas por uma sociedade igualitária eles, os grupos gays, tem exigido exclusivismo em relação a maioria da sociedade brasileira e muitas vezes zombando e humilhando, querem calar 85% da sociedade que são a família brasileira e os grupos cristãos que pregam na maioria de suas vezes sobre a ética, a moral e os bons costumes .
Eles nos acusam de intolerância e preconceito e criando a tal lei da homofobia PL 122, por exemplo, querem nos calar e colocar na cadeia por uma simples crítica a sua conduta, porém nesse vídeo que segue abaixo, produzido por um ativista gay por codinome Micael onde a música tema é “o senhor me penetrou enfim” vejamos a falta de respeito a DEUS, ao SENHOR JESUS, AO ESPÍRITO SANTO, AO SEU LOUVOR E MINISTROS e principalmente a família e aos cristãos, então quer dizer que se nós falarmos ou apresentarmos opinião oposta à deles somos intolerantes preconceituosos e “homofóbicos”?

Então eles nos criticam, nos atacam, zombam da nossa fé e qual o nome que podemos chamar a tudo isso?Cristofobia? Esse projeto da cristofobia está no senado e dará cadeia para os que perseguem e zombam dos cristãos?

E a mídia secular nos defendera? Com certeza não!Então cadê a sociedade de direitos iguais que eles lutam?Devemos respeitar a todos, independente das diferenças, porém cristãos ABRAM SUAS BOCAS E PREGUEM ATÉ QUE NOS CALEM POR LEI E “CORTEM NOSSAS ALMAS”?

Da Redação Cristão News

Vyctor Arruda

ATENÇÃO O VÍDEO ABAIXO MOSTRA LINGUAGENS OBSCENAS E PRECONCEITUOSAS DE UM ESPÍRITO ZOMBETEIRO.
Olha a LETRA LGBT ABOMINÁVEL E CRIMINOSA: Irmão Micael lança seu primeiro Clipe Gospel Hétero Gay Transgenicamente Modificado. A música "O Sr. me penetrou enfim", faz parte de CD UM RETO DE LUZ.

LETRA:

EU QUERO TE SEGUIR OH MEU JEZUIS LUZ!!
ESTE HOME LINDO DE OLHOS AZUIS

A TUA VARA E O TEU CAJADO, ME CONSOLAM
JEZUIS QUERO SENTIR O PESO DA SUA CRUZ

DEIXA A BICHARADA DAR!! DEIXA A BICHARADA DAR!!
QUEM FOI QUE DISSE QUE O C... É SÓ PRA CAG...R!!!!

DE JOELHOS O SR. ME PENETROU ENFIM
EM ORAÇÃO EU CLAMO, VEM NI MIM!!

SEJA UM BOM CRETE! TIRE O DEMÔNIO DA MENTE!!
NÃO BATA NA BIBA COM A LÂMPADA DA FLUORESCENTE

DEIXA A BICHARADA DAR!! DEIXA A BICHARADA DAR!!
QUEM FOI QUE DISSE QUE O C... É SÓ PRA CAG...R!!!!

SE ATÉ NOÉ SALVOU A BICHARADA...
QUEM SOU EU PRA JULGAR, SE A TRAVA QUER SE LIBERTAR!

LEVANTE SUAS MÃOS, E AGRADEÇA TAMBÉM!
SORRIA, E DIGA: "TÁ MEU BEIN"!

DEIXA A BICHARADA DAR!! DEIXA A BICHARADA DAR!!
QUEM FOI QUE DISSE QUE O C... É SÓ PRA CAG...R!!!!

(MERECE SIM, UM BELO PROCESSO - DENUNCIEM AO MINISTÉRIO PÚBLICO) Dos Crimes Contra o Sentimento Religioso: Ultraje a Culto e Impedimento ou Perturbação de Ato a Ele Relativo 
Art. 208 - Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:
Pena - detenção, de 1 (um) mês a 1 (um) ano, ou multa. 
Parágrafo único - Se há emprego de violência, a pena é aumentada de um terço, sem prejuízo da correspondente à violência.

Alerta Brasil! OTAN estaria por trás da incitação no Conflito Guiana Francesa com Brasil, visando velhas pretensões colonialistas (Amazônia)?

sábado, 28 de julho de 2012

Tensão na Guiana: Governo ordena uso da força para reabrir acesso ao Brasil

Manifestações chegam na Guiana, Brasil deve ficar em alerta?

Guiana ordena uso da força para reabrir acesso ao Brasil


O governo da Guiana deu ordem para que a polícia e o exército nacional usem força para reabrir a única ponte que liga a cidade mineradora de Linden ao Brasil. A via está bloqueada há duas semanas por manifestantes. As informações são da Associated Press.
O presidente da Guiana, Donald Ramotar, deu ordem para abrir caminho pouco antes de visitar Linden, onde a polícia matou a tiros três protestantes e feriu outros 20 em 18 de julho.
Os moradores da área protestam contra as mortes e um aumento na taxa mensal cobrada por eletricidade, que passou de de US$ 25 (R$ 50) para cerca de US$ 100 (R$ 200).
Os manifestntes disseram que não removerão os obstáculos, incluindo enormes troncos e caminhões, até que o ministro de Segurança Nacional, Clemnt Rohee, renuncie e as autoridades policiais respondam pelos assassinatos. A ponte no rio Demerara River é o principal acesso às minas de ouro e diamante do País vizinho.
Fonte: Terra / Grande ABC

Vale lembrar que a região tem o conflito diplomático entre Guiana e Venezuela, exposto no ano passado, por regiões marítimas ricas em petróleo e a OTAN estaria de olho nesta região...
A OTAN na “Ilha da Guiana”?

O embaixador da Venezuela na Organização dos Estados Americanos (OEA), Roy Chaderton, surpreendeu ao afirmar que os opositores do presidente Hugo Chávez gostariam de ver a disputa territorial do país com a Guiana escalar para um confronto militar, para provocar uma intervenção externa dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).
O diplomata afirmou que Chávez deve tomar cuidado para não se deixar envolver por «provocações imperialistas», pois seus opositores sonham com uma guerra e, em tal ambiente, a Guiana poderia ser levada a pedir uma intervenção da OTAN ao Conselho de Segurança das Nações Unidas.


Alerta, Brasil!
Embora seja improvável que Hugo Chávez ou algum sucessor se decida por solucionar o contencioso com a Guiana com o uso da força, a sua simples existência deve ser motivo de atenção, especialmente, do Brasil. Em um quadro global marcado pelo empenho das potências hegemônicas do Hemisfério Norte em dominar regiões ricas em recursos naturais, se preciso, manu militari, como se viu na Líbia, o cenário de uma eventual intervenção da OTAN no Caribe ou na “Ilha da Guiana” não pode ser tomado propriamente como delirante, mas algo a ser considerado em planos de contingência.
Interesse oligárquico antigo

A denominação “Ilha da Guiana” foi dada por estrategistas coloniais britânicos e holandeses à região delimitada pelos rios Orenoco, Cassiquiare, Negro e Amazonas, e até hoje a região é alvo de um elevado interesse pelo movimento ambientalista-indigenista internacional, que atua como instrumento neocolonial a serviço daquelas potências. O estado de Roraima se situa no centro da “ilha”, pelo que a reserva indígena Raposa Serra do Sol, localizada na tríplice fronteira Brasil-Guiana-Venezuela, adquire uma importância estratégica singular.

Certamente, não foi coincidência o fato de que a região tenha sido citada pelo general (R1) Luiz Eduardo Rocha Paiva, ex-diretor da Escola de Comando e Estado-Maior do Exército (ECEME) e ex-secretário-geral do Exército, em uma audiência promovida pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, em Brasília, em 3 de outubro. A mensagem geral transmitida no evento foi a de que, embora não se identifique nenhuma ameaça concreta de curto prazo à integridade nacional, o Brasil precisa levar em conta as ameaças potenciais para traçar a sua estratégia de segurança nacional.
Em seu depoimento, Rocha Paiva alertou para o fato de que «as áreas de fricção» internacionais começam a se aproximar da costa ocidental da África e do Atlântico Sul. Segundo ele, é necessária uma estratégia para proteger os recursos naturais brasileiros e Roraima já pode ser considerado um alvo de ameaça, assim como a região da foz do Amazonas. Ele lembrou ainda a fronteira do Brasil com a Guiana Francesa e com o Suriname e a Guiana, ambos muito ligados a potências europeias que integram a OTAN.

Livros Impactantes de Peter Jones: "Verdades do Evangelho x Mentiras Pagãs"; "A Ameaça Pagã"; "O Deus do Sexo." Você precisa entender o que está acontecendo com o mundo.

 Sinopse (DIVULGUEM, ADIQUIRAM, TEMPO SE ESGOTA, QUEM ESTÁ LIGADO NA VIDEIRA SABE DISSO . )

Procurando por espiritualidade? O senso comum diz que qualquer verdade religiosa é tão valida quanto a outra; é detestável e demonstra intolerância crer em uma única verdade. Mas suponha que haja uma verdade única. Suponha que o engano espiritual seja algo real, um perigo de fato.

Verdades do evangelho x Mentiras pagãs examina as cinco maiores diferenças entre adoração à criação (mentiras pagãs) e adoração ao Criador (verdades do evangelho). Caso você esteja confuso com a espiritualidade atual, este livro o ajudará a fazer a mais importante escolha de sua vida. Caso você seja um cristão, ele o ajudará a partilhar sua fé de modo convincente.

Dr. Peter Jones (MDiv pelo Gordon-Convwell Theological Seminary, ThM pela Harvard Divinity School, e PhD pelo Princeton Theological Seminary) é professor de Novo Testamento no Westminster Seminary, em Escondido, Califórnia, e também é autor de vários livros, entre eles Ameaça pagã, O Deus do sexo e Falsa Identidade, todos desta editora.








 Sinopse (DIVULGUEM MEUS AMIGOS)

Em apenas uma geração o Ocidente se tornou a incubadora do paganismo reavivado. Por trás da surpreendente diversidade da cultura pró-escolha - aborto, direitos, homossexualidade, adoração de deusas e feitiçaria - encontra-se uma espiritualidade pagã coerente, assumindo controle absoluto e intolerante a qualquer verdade que não seja a sua.

"Este livro é um marco profético importante ... É uma leitura essencial para todo pastor, presbítero e cristão sérios."
Jay Adams
Associação Nacional de Conselheiros Nouthetic

"O Dr. Jones soou os clarins ... os deuses antigos estão de volta."
Edmund Clowney
Westminster Theological Seminary

Peter Jones (M.Div., Gordon-Conwell Theologial Seminary; Th.M., Harvard Divinity School; Ph.D., Princeton Theological Seminary) é professor de Novo Testamento no Westminster Seminary em Escondido, 
na Califórnia.


Sinopse (DIVULGUEM AMIGOS, NOSSO TEMPO ESTÁ ACABANDO)

O sexo é espiritual e os pagãos sabem disso. Mas e quanto aos cristãos?

Quem é o Deus do sexo? Seria ele ou ela objeto de algum novo reavivamento pagão com um toque pós-moderno? Ou é o Deus da Bíblia o deus do sexo? Francamente, sua resposta a essa pergunta depende de sua cosmovisão. E você pode ficar verdadeiramente surpreso com a sua resposta se você examinar sua vida espiritual um pouco mais de perto.

Neste livro provocante e autêntico, o teólogo e especialista em neo-paganismo, Peter Jones, não está fazendo um chamado para a restauração de uma sensibilidade nostálgica do estilo americano dos anos de 1950. Assim como o debate sobre o sexo não é meramente um conflito entre tradicionalistas e futuristas. Em vez disso, Jones apresenta duas visões da sexualidade que surgiram de duas opções religiosas ligadas a duas cosmovisões fundamentais. A batalha pela fé permanece tão forte hoje quanto nos tempos bíblicos.

Dr. Peter Jones (M.Div pelo Gordon-Conwell Theological Seminary, Th.M pela Harvard Divinity School, e Ph.D. pelo Princeton Theological Seminary) é professor de Novo Testamento no Westminster Seminary, em Escondido, Califórnia, e também autor de vários livros.

Sodomização de Jerusalém - Ativistas Gays investem pesado.


CONTRA A SODOMIZAÇÃO DE JERUSALÉM

Activistas da direita nacional encabezados pelo membro da Knesset, Michael Ben-Ari (Ichud Leumi), Baruch Marzel e Itamar Ben-Gvir estám planificando “Marchas do Orgulho Judeu” em 15 vilas árabes ao longo do país como resposta à Marcha do Orgulho Gay que está previsto que tenha lugar esta semana em Jerusalém.

“Têm que haver direitos para todos”, dizem os promotores, “a liberdade de expressão e o direito a manifestar-se não são exclussivos dos ánti-sionistas da comunidade gay, Casa Aberta, e a extrema esquerda. Nós também temos o direito de manifestar-nos e supervisar as construcções ilegais árabes nas vilas e povos e, por suposto, a desenvolver estas marchas portando bandeiras do Estado de Israel”.
Os activistas baseam-se numa decisão prévia da Corte Suprema de Justiza que permitiu desenvolver uma manifestação com bandeiras israelis em Umm el-Fahm, dizendo “o direito da gente abominável que percorrerá desfilando as ruas de Jerusalém não está por riba do nosso a desfilar por Sakhnin ou Lakiya”.
Se as marchas são impedidas pela polícia, advertiram os activistas, apelarão a decisão ante a Corte Suprema.

Os activistas manifestaram que também realizarão uma pequena manifestação ante a Casa Aberta pelo Orgulho e a Tolerância o dia do desfile gay.
A semana passada, o falso rabino Tuvia Weiss, portavoz da Corte Rabínica ortodoxa Eda Haredit, emitiu uma directiva dirigida à sua comunidade fazendo um chamamento a ecitar manifestar-se contra a provocação que supõe tamanhe paiasada numa cidade onde o 69 % dos seus residentes se têm declarado em contra de admitir este tipo de ultragens.
Fontes da comunidade gay Casa Aberta disseram à Rádio Nacional de Israel que as instrucções de Weiss eram fruto do acordo alcanzado com os dirigentes ortodoxos.

Sem embargo, e a pesar das instrucções, os bairros ortodosxos de Jerusalém têm aparecido empapelados com cartazes chamando contra o desfile.
O passado ano, vários milheiros de pessoas desfilaram pelo centro de Jerusalém celebrando o dia do orgulho gay, mentres que grupos ortodoxos trataram de boicotear a marcha através da Cidade Sagrada.
Por que os Gays e os cobardes de Paz Agora não se atrevem a provocar e convocam a marcha pelo centro de Umm el-Fahm, em Jordânia ou pela zona árabe de Jerusalém? Claro, sabem que seriam massivamente apedreados ali.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Terrorismo Comunista no Brasil - Que não caia no esquecimento.


QUARTA-FEIRA, 15 DE JULHO DE 2009

TERRORISMO BRASILEIRO: VÍTIMAS DE JULHOS PASSADOS

A estes heróis da Pátria e aos seus familiares, esquecidos pela história e pelos governantes outrora terroristas, nossa mais irrestrita solidariedade.
BRASIL ACIMA DE TUDO!!!


1966


25/07/66
Edson Régis de CarvalhoJornalista - PE)
Explosão de bomba no Aeroporto Internacional de Guararapes, com 15 feridos e 2 mortos, o jornalista EDSON REGIS DE CARVALHO e o almirante NELSON GOMES FERNANDES.

25/07/66
Nelson Gomes Fernandes Almirante - PE
Morto no mesmo atentado. Além das duas vítimas fatais ficaram feridas 17 pessoas, entre elas o então coronel do Exército Sylvio Ferreira da Silva que, além de fraturas expostas, teve amputados quatro dedos da mão esquerda e Sebastião Tomaz de Aquino, o Paraíba, guarda civil que teve a perna direita amputada."Um dos executores do atentado, revelado pelas pesquisas e entrevistas de Gorender, é Raimundo Gonçalves de Figueiredo, codinome CHICO, que viria a ser morto pela Polícia Civil, em abril de 1971, já como integrante da VAR-PALMARES". (Nos Porões da Ditadura - de Raymundo Negrão Torres).

1968


01/07/68 -
Edward Ernest Tito Otto Maximilian Von Westernhagen - Major do Exército Alemão - RJ

Morto no Rio de Janeiro onde fazia o Curso da Escola de Comando e Estado Maior do Exército. Assassinado na rua Engenheiro Duarte, Gávea, por ter sido confundido com o major boliviano Gary Prado, suposto matador de Che Guevara, que também cursava a mesma escola. Autores: Severino Viana Callou, João Lucas Alves e um terceiro não identificado, todos da organização terrorista denominada COLINA- Comando de Libertação Nacional.


1969


11/07/69
Cidelino Palmeiras do Nascimento - Motorista de táxi - RJ
Morto a tiros quando conduzia em seu carro, policiais que perseguiam terroristas que haviam assaltado o Banco Aliança, agência Muda. Participaram deste assassinato os terroristas Chael Charles Schreier, Adilson Ferreira da Silva, Fernando Borges de Paula Ferreira, Flávio Roberto de Souza, Reinaldo José de Melo, Sônia Eliane Lafóz e o autor dos disparos Darci Rodrigues, todos pertencentes a organização terrorista VAR-Palmares.

24/07/69 -
Aparecido dos Santos Oliveira - Soldado PM - SP
Neste dia, atuando em "frente " foi assaltado o Banco Bradesco, na rua Turiassu, no Bairro de Perdizes, de onde foram roubados sete milhões de cruzeiros. Participaram da ação: · Pelo Grupo de Expropriação e Operação: Devanir José de Carvalho, James Allen Luz, Raimundo Gonçalves de Figueiredo, Ney Jansen Ferreira Júnior, José Couto Leal;· Pelo Grupo do Gaúcho: Plínio Petersen Pereira, Domingos Quintino dos Santos, Chaouky Abara;· Pela VAR-Palmares: Chael Charles Schreier, Roberto Chagas e Silva, Carmem Monteiro dos Santos Jacomini e Eduardo Leite.Essa ação terminou de forma trágica: Raimundo Gonçalves Figueiredo baleou o soldado da então Força Pública do Estado de São Paulo, atual PMESP, Aparecido dos Santos Oliveira que, já caído, recebeu mais quatro tiros disparados por Domingos Quintino dos Santos. 
1970



15/07/70
Isidoro Zamboldi - Guarda de segurança - SP
Morto pela terrorista Ana Bursztyn durante assalto à loja Mappin. 


1971

01/07/71
Jaime Pereira da Silva - Civil - RJ
Morto por terroristas , na varanda de sua residência, durante tiroteio entre terroristas e policiais.

Os mortos acima relacionados não dão nomes a 

logradouros públicos, nem seus parentes 

receberam indenizações mas os responsáveis 

diretos ou indiretos por suas mortes dão nome à 

escolas, ruas, estradas e suas famílias receberam 

vultosas indenizações, pagas com o nosso 

dinheiro.


Atual Geração Brasileira compreende porque em 64 o Brasil pediu socorro aos Militares.


OBRIGADO FORÇAS ARMADAS, POR GARANTIR QUE HOJE NÃO VIVAMOS EM UMA DITADURA COMO A DE CUBA.

Manchetes de jornais da época provam que povo queria os militares no Poder.

Aos que gostariam de conhecer e aos que não se interessam sobre a outra face da história do Brasil, segue acima alguns recortes de manchetes dos principais jornais brasileiros relativos à intervenção democrática dos militares no Governo João Goulart em 1964, após veementes apelos de centenas de milhares de brasileiros nas ruas do Rio de Janeiro com a “Marcha da Família Pela Liberdade”.

1964

Vivíamos num contexto mundial de Capitalismo x Socialismo, estes representados respectivamente pelos EUA e Antiga União Soviética (Guerra Fria).

Ambos buscavam alianças nos demais países do mundo, pois sabiam que o momento vivido era importantíssimo para a formação de uma nova ordem política e econômica mundial.

No Brasil, não era diferente. Os políticos que estavam no controle se aproximavam cada vez mais das Ditaduras Socialistas de Fidel e de Mao Tse Tung. Diante da desordem e corrupção generalizada, a população vai às ruas e exige uma intervenção militar no Governo.

Em 31 de março de 1964, por pressão do povo, os Militares assumem o Poder por um período de quase 4 anos até que os chamados movimentos socialistas que “visitavam” Cuba e China começassem à praticar a realidade do que aprenderam nestes países. Começaram com passeatas, assaltos à bancos, seguidos de sequestros, assassinatos até os justiçamentos.

As violentas investidas dos guerrilheiros seguem-se por anos, levando os militares a tomarem medidas enérgicas e prorrogarem seu Governo até 1986, diga-se de passagem que a partir de 1974 com a posse do presidente Geisel, os militares iniciaram a abertura gradual até a passagem democrática de um Governo Militar para um Governo Civil.

Que ditadura é esta em que os militares tomam e devolvem o poder sem disparar um tiro sequer? Por mais que contestem, aquele foi um período de transição de maior desenvolvimento social e econômico de nossa história, como prova o editorial escrito por Roberto Marinho que segue abaixo. E se vivemos hoje uma Democracia, é a prova de que as Forças Armadas nunca pretenderam se perpetuar no poder.

Cuba vive uma república socialista há mais de 50 anos com uma economia decadente à base do “corte da cana” e a pena para quem prega a Democracia é a morte.

Acreditar que Fidel Castro patrocinava uma guerrilha para implementar uma Democracia no Brasil é um insulto à inteligência humana. 

Estudem, questionem, perguntem a seus avós se antigamente viviam pior do que hoje e tirem suas conclusões baseados em fatos concretos, não em falácias e “disse me disse” de CheGuevaras que fumam charutos recheados por algo que aparentemente não é tabaco, disfarçados de bons moços exalando uma ideologia hipócrita e sanguinária, a “Democracia” Comunista.

EDITORIAL DE ROBERTO MARINHO, JORNAL O GLOBO DE 7 DE OUTUBRO DE 1984:http://bit.ly/fk8hws

VIVA A DEMOCRACIA!
OBRIGADO MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS!
PARABÉNS PELO DIA 31 DE MARÇO!


Por causa da cobertura Jornalística da matéria acima,
os Comunistas Pró-Homossexuais e Maconheiros
efetuaram ataque Terrorista ao Jornal Folha de São Paulo, abaixo.


O KIT GAY QUE PRECEDE A PEDOFILÍA, JÁ CHEGOU NAS ESCOLAS PRIVADAS.


O KIT GAY JÁ CHEGOU NAS ESCOLAS PRIVADAS.




O livro didático “Menino Brinca de Boneca?” citado acima foi adotado pelo Ministério da Educação como referência para alfabetização de nossas crianças (até 6 anos de idade) e já está sendo utilizado em algumas escolas particulares em São Paulo existindo ainda a orientação do Governo Federal para que seja expandido para todo o Brasil.


Caso seus filhos tenham este exemplar em suas mochilas, fiquem atentos pois certamente estão recebendo carga de informações estimulando o homossexualismo em suas cabeças.

Foram tiradas algumas fotografias de páginas do livro “Menino Brinca de Boneca?” para concretizar as colocações citadas. 

Prefácio: Escrito pela senadora Martha Suplicy (PT-SP), a mesma critica a relacionamento familiar baseado nas convicções dos pais e é direta ao abordar o assunto “livro infantil dedicado para mudança da sexualidade das crianças".

Página 16: As palavras “vulva”e “pênis” são expostas como se o assunto “sexo” fosse algo totalmente natural entre crianças de 6 anos nas escolas. 

Contra-Capa: Frei Betto é incisivo ao dizer que a obra criada estimula o público infantil à decidir-se por si só sobre sua sexualidade e coloca os filhos contra os pais.



O livro didático “Porta Aberta” de Geografia e História, voltado para o público do primeiro ano, ou seja, alfabetização das crianças (CA) também é gritante quanto ao estímulo ao homossexualismo. 

Página 73: A lição mostra uma brincadeira intitulada de “Gavião", na qual um homem adulto agarra uma criança, ambos nús, orientando que os meninos e meninas brinquem daquela maneira com seus amigos. Uma clara afronta que estimula a pedofilia.

Página 225: Um jogo da memória formando famílias de pais homossexuais é ensinado para o público infanto-juvenil. 

Além das mensagens diretas, em ambos, é nitidamente fácil constatar as mensagens subliminares envolvendo o homossexualismo e pedofilia, que são exploradas durante as tarefas ensinadas.

A sanha dos ativistas homossexuais, que desde o início mentem e dizem que o kit-gay não seria para o público infantil é desmascarada e vem tomando as escolas privadas primárias do Brasil. É isso que queremos para nossos filhos?



Brevemente no Brasil, com o apoio do Luiz Mott e Jean Wyllys, teremos estas manifestações nas ruas. Escrevam o que estou dizendo.


NAMBLA é uma organização real norte-americana de amor (sexo) entre homens e meninos formada no início dos anos 70 que fêz campanhas de apoio e liberdades para "para as relações intergeracionais", e usa o slogan "liberdade sexual para todos." Basicamente, eles estão doentes por serem discriminadas como pedófilos. Eles se reúnem mensalmente em Nova York e Allen Ginsberg local como ponto de apoio.

Operação Northwood nas Olimpíadas de Londres?


Começa hoje em Londres, Inglaterra, as Olimpíadas. Há todo um aparato fora do comum no que concerne a segurança. Indícios há, que possa ser efetuado um ataque de falsa bandeira que ecoará na mídia Ocidental como justificativa para ampliar os Conflitos já em curso na Síria, envolvendo Irã, China e Rússia. Mas, seria possível tal ação? Para tanto, lhe apresentamos este documento que aponta nesta direção. E esperamos sinceramente, que seja apenas mera "Teoria de Conspiração."

O Governo dos EUA teria coragem de atacar seu próprio povo pelo interesse Imperial? Conheça a Operação Northwood que por rejeitá-la o Presidente Jonh Keneedy foi *assassinado.

Operação Northwoods: McNamara, CIA e CSN aprovaram assassinato de astronauta americano para culpar Cuba

A “Operação North-woods” foi um plano feito pela NSA (National Security Agency), sob pedido da Junta de Chefes de Estado Maior dos EUA, aprovado pelo Conselho de Segurança Nacional e pelo então Secretário da Defesa, Robert Mcnamara, um funcionário do grupo Rockefeller. Como escreveu James Bamford, que em 2.001, depois de vasculhar documentos do Pentágono que, devido à lei, tinham deixado de ser secretos, revelou o plano em seu livro “Body of Secrets” – um minucioso estudo de 750 páginas sobre as atividades da NSA desde a sua fundação, em 1952 – a “Operação Northwoods” incluía “o afundamento de navios norte-americanos, a queda de aviões em cima de cidades, incluindo Miami, Atlanta e Washington, com a morte de civis, e, inclusive, a destruição, depois do lançamento, do foguete que levaria o astronauta John Glenn, com o horror de sua explosão e a morte do astronauta imputadas, como um ato de terror de Estado, a Cuba. Não eram os delirantes sonhos de um marginal. Eram planos de Estado minuciosamente preparados, aprovados pelas mais altas autoridades militares e de inteligência, e apresentados como uma reivindicação ao secretário da Defesa, Robert McNamara, e ao presidente Kennedy”.

 JOHN  GLENN 

John Glenn foi o primeiro americano que entrou em órbita em torno da Terra. Nessa época, a URSS já tinha lançado ao espaço, em vôos orbitais, uns três ou quatro cosmonautas. Glenn, além disso, tinha sido um dos poucos pilotos de aviões de caça que conseguira algum sucesso durante a agressão à Coréia, em confronto com os pilotos coreanos e chineses que pilotavam os primeiros jatos MIG – aviões soviéticos que eram incomparáveis em relação aos americanos. Glenn, era, também, como até hoje, senador, republicano. Em suma, o tipo do homem que a direita americana adorava promover – e promoveu – como “herói americano”.
Pois, para agredir Cuba, a canalha que dominava – e domina – as agências de terrorismo, o aparato bélico e, sobretudo, político-econômico (Mcnamara era indicação de Nelson Rockefeller para o ministério de Kennedy) aprovou um plano para matar o seu herói. Segundo os documentos, a explosão do foguete de Glenn e sua morte teriam “o objetivo de fornecer prova irretorquível de que a falha foi devida aos comunistas e a toda [sic] Cuba”.
Em suma, em 1962, após o fracasso da invasão de Cuba organizada pela CIA, o Conselho de Segurança Nacional dos EUA, a Junta de Chefes de Estado Maior e a NSA (National Security Agency), prepararam uma operação com o codinome “North-woods”. O plano foi entregue ao Secretário da Defesa, Robert McNamara, em 13 de março de 1962 (ver fac-símile acima).

 PROVOCAÇÃO  

O patrono do plano de assassinatos foi o chefe da Junta de Chefes de Estado Maior, Lyman Lemnitzer, segundo o qual, “a conclusão de que uma revolta interna verossímil é impossível de acontecer durante os próximos 9-10 meses requererá uma decisão por parte dos EUA de desenvolver uma ‘provocação’ cubana como justificação de uma positiva ação militar dos EUA” (Memorando interno de 7 de março de 1962). Outro colega de Lemnitzer, George Anderson Jr., forneceu subsídios para o crime, em outro memorando, “Casos com o objetivo de provocar ações militares em Cuba”.      

Resumidamente, é uma coisa de canalhas, de assassinos. De psicopatas. Aliás, durante décadas, a casta ianque e seus porta-vozes sempre repetiram que as denúncias de provocação eram coisa de comunistas. Mas é precisamente essa palavra, com todas as letras, a que eles usam, em seus documentos secretos, para suas ações. Assim como as palavras “terrorismo” e “terror”. A “Operação Northwoods” só não foi realizada porque Kennedy se opôs, pediu “cenários alternativos” e, alguns meses depois, transferiu Lem-nitzer (nomeado por Eisenhower) para outra função. No entanto, ressalta Bamford, o plano continuou em cogitação até o fim de 1963. Kennedy, que chegara a um acordo com a URSS em torno de não invadir Cuba, foi assassinado em novembro de 1963 – depois disso, começou a agressão ao Vietnã.

“… a Junta de Chefes de Estado Maior indica uma breve mas precisa descrição dos pretextos que eles consideram que forneceriam uma justificação para a intervenção militar dos EUA em Cuba”, assim começa o plano (página 5 do memorando ao Secretário da Defesa, que tem o título de “Justificação para Intervenção Militar dos EUA em Cuba”). “As ações são baseadas na premissa de que a intervenção militar dos EUA resultará de (….) que os EUA estejam na posição de nutrir justificáveis ressentimentos. A opinião mundial, e o forum da ONU, devem ser favoravelmente afetados pelo desenvolvimento da imagem internacional do governo cubano como impulsivo e irresponsável, e como uma alarmante e imprevisível ameaça à paz do Hemisfério Ocidental”.
Para mostrar que o governo cubano era irracional, a Operação Northwoods preconizava assassinatos e outros atos de terrorismo: “uma vez que pareceria desejável usar legítima provocação como base para a intervenção militar em Cuba”, era preciso realizar “um plano encoberto e de embuste [deception]” (página 10, Apêndice ao Anexo A – os grifos são nossos).

A lista das ações incluía: “explodir munição dentro da base [de Guantánamo]”; “sabotagem de navios [americanos]”, e “afundar navio perto da entrada da baía de Guantánamo”, com a recomendação de que o funeral das vítimas deveria contar com não menos que 10 delas (página 11, item 1-a/subitem 11).
Não se contentando com uma lista sumária dos crimes a serem perpetrados, o plano faz algumas sugestões responsáveis e serenas: 

“Nós poderíamos explodir um navio dos EUA e culpar Cuba. (….) A lista de vítimas nos jornais americanos deveria causar uma útil onda de indignação nacional (item 3-a e 3-b).

 ATAQUES A NAVIOS DOS EUA 
“Nós poderíamos desenvolver uma campanha de terror Comunista Cubano na área de Miami, em outras cidades da Flórida e mesmo em Washington. A campanha de terror deve ser dirigida contra os cubanos refugiados que moram nos EUA. Nós poderíamos afundar um barco lotado de cubanos em rota para Miami (real ou simulado). Nós poderíamos fomentar atentados contra vidas de cubanos refugiados nos EUA para apresentar a extensão dos ferimentos para ser intensamente divulgados. Explodir umas poucas bombas plásticas em alvos cuidadosamente escolhidos, prender agentes cubanos e vazar documentos preparados para envolver Cuba, também deveriam ser úteis em projetar a idéia de um governo irresponsável” (item 4).

 “Um ato de pirataria ‘baseado em Cuba, apoiado por Castro’ deve ser simulado contra uma vizinha nação do Caribe. Estes esforços podem ser amplificados e outros inventados para exibição” (item 5).
 “O uso de aviões tipo MIG por pilotos dos EUA deve fornecer uma provocação adicional. O assédio da aviação civil, ataques contra navios de superfície e destruição de aviões militares dos EUA por MIGs, devem ser usados como ações complementares” (item 6).

 “Tentativas de seqüestro contra a aviação civil e barcos devem parecer como continuação das medidas de assédio coordenadas pelo governo de Cuba” (item 7).

“É possível criar um incidente que demonstrará convincentemente que uma aeronave cubana atacou e derrubou um avião de turismo em rota dos EUA para a Jamaica, Guatemala, Panamá ou Venezuela. Os passageiros podem ser um grupo de universitários em férias ou um grupo de pessoas com um comum interesse de alugar um vôo charter” (item 8). Em seguida, o plano se estende sobre a forma de como fazer isso… sem matar ninguém. As medidas cheiram à camuflagem do crime, talvez tendo em vista o leitor final ao qual o plano estava destinado – o presidente Kennedy. Pelo que está no plano, isso requereria que todos os estudantes que lotariam o avião, e que passariam por mortos, teriam que estar mancomunados com os terroristas. Mesmo que isso fosse fácil, como garantir que um deles não seria localizado, ou não contasse a história? E seus familiares e amigos, que saberiam que eles não estavam mortos?  Para evitar o inconveniente, ó haveria uma solução: estarem eles realmente mortos.
 MIGS CONTRA ALVOS DOS EUA 

“É possível criar um incidente que fará acreditar que os MIGs comunistas cubanos destruíram uma aeronave da Força Aérea dos EUA”. (item 9). Segue outra longa explicação sobre como ninguém morreria. Aqui, o que é suspeito é que, para isso, não seria preciso em nada a rocambolesca descrição que consta do plano.
O plano, elaborado pela NSA, foi assinado por cada um dos membros da Junta de Chefes de Estado Maior, levado ao Conselho de Segurança Nacional, que o aprovou e, depois, a McNamara, que também o aprovou. Somente Kennedy, da forma que pôde, o barrou.

Para consultas maiores dos originais clique aqui neste site Martelo de Titânio, e siga orientação.
* Supostamente
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...