terça-feira, 30 de outubro de 2012

Escarneciam de Deus com piadas quando aconteceu o acidente.

http://zipgospel.com.br/wp-content/uploads/2012/10/acidente-de-taxi.jpg

Um taxista envolvido em um acidente de carro que ocorreu em Sergipe surpreendeu os polícias que atenderam o caso ao relatar que as vítimas fatais faziam piadas ofensivas a Deus momentos antes do acidente. O acidente aconteceu no sábado na rodovia SE 100, município de Barra dos Coqueiros, na cidade de Neópolis, por volta das 09:30 horas.

O taxista, Manoel Leite, 63 anos, relatou que os passageiros estavam brincando e contando piadas, quando um deles, José Rinaldo, 47 anos, começou a fazer piadas ofensivas a Deus sendo incentivado pelo amigo Eugênio Santos, 67 anos, que também contava piadas deste tipo.

Ainda de acordo com o taxista, ao ouvir as piadas, advertiu os passageiros dizendo que “com Deus não se brincava”. Ele comenta que logo após este comentário, perdeu o controle da direção do veículo, que capotou e bateu em um o poste.

Com o forte impacto, dois passageiros perderam as vidas, José Rinaldo foi jogado para fora do automóvel e morreu na hora, enquanto a outra vítima fatal Eugênio, chegou a receber atendimento médico no local, porém não resistiu e também foi a óbito.

O motorista ainda comentou que chovia muito e que a pista molhada pode ter contribuído para o acidente, “na hora chovia muito. Logo depois da curva, quando o carro aprumou, senti como se uma coisa assim o puxasse, aí ele derrapou de lado. Com isso, bati no poste e depois ele tombou”, contou o motorista Manoel Leite.

No veículo, além do motorista que teve ferimentos leves, haviam mais dois passageiros que sofreram escoriações e passam bem.

O veículo envolvido no acidente era um táxi vectra, cor prata, placa NVH-1068.

Fonte: ZippGospel

Nota do Blog SOMENTE A VERDADE: Creio que Deus retirou sua proteção do veículo, expondo apenas os que dEle zombavam e protegendo os que discordavam dessa zombaria, visto que estes escaparam ilesos. Satanaz fêz o resto do estrago. Gálatas 6:7 é claro: "Não erreis, Deus não se deixa escarnecer, porque tudo o que o homem semear, isso também colherá. O que semea na carne, da carne ceifará a corrupção e o que semeia no espírito, do espírito ceifará a vida eterna."

Mais um traumatizado pela imposição LGBT. Menino 'vira' menina e agora quer voltar a ser menino.

   Rio, 30 de outubro de 2012
Enviado por Fernando Moreira -
28.10.2012
|15h55m

No último ano, Ria Cooper fez um prolongado tratamento com injeções de hormônio para mudar de menino para menina. Nascido Brad, a(o) adolescente de 18 anos desenvolveu seios, passou a usar roupas femininas, mudou o cabelo e chegou a sair com vários meninos. A mudança física e o acompanhamento psicológico foram financiados pelo sistema de saúde público.

Apesar de, aparentemente, ter gostado do resultado, Ria resolveu dar um novo giro de 180 graus. Sim, ela agora quer voltar a ser menino!

"A vida realmente chegou no limite para mim recentemente. Os hormônios me fizeram sentir para cima e para baixo. Num instante estou deprimida, no outro estou feliz", contou Ria, que mora em Hull (Inglaterra), ao "Daily Mirror".
Agora, Ria está sonhando com uma carreira no Exército.

"Sempre quis entrar nas Forças Armadas. Ironicamente, eu saí com alguns soldados nos últimos dois anos!", comentou.
O caso de Brad-Ria-Brad está provocando uma discussão no Reino Unido. Cada vez mais cedo adolescentes estão sendo submetidos a tratamento para mudança de sexo. Estariam eles preparados para tal decisão e para o que vem depois?

"Não quero viver isolada, longe de quem eu amo. Este é o único caminho a seguir. Eu apenas quero ser feliz e esta é a minha última chance", comentou a(o) jovem, que chegou a se prostituir e a tentar o suicídio.
Nos tempos de Brad

Fonte: O Globo

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

'A Carta de Despedida de um Gay'

 


O pai entra no quarto do filho e vê uma carta em cima da cama. Ele lê temendo o pior:

Caro Papai, é com grande pesar que lhe informo que eu estou fugindo com meu novo namorado, Juan, um Argentino muito lindo que conheci. Estou apaixonado
por ele. Ele é muito gato, com todos aqueles piercings, tatuagens e aquela super moto BMW que tem. Mas não é só por isso, descobri que não gosto de jeito nenhum de mulheres e, como sei que o senhor não vai consentir com isso, decidimos fugir e ser muito felizes no seu trailer. Ele quer adotar filhos comigo, e isso foi tudo que eu sempre quis para mim. Aprendi com ele que maconha é ótima, uma coisa natural, que não faz mal a ninguém, e ele garante que no nosso pequeno lar não vai faltar marijuana. Juan acha que eu, nossos filhos adotivos e os seus colegas gays vamos viver em perfeita harmonia. Não se preocupe papai, eu já sei me cuidar, apesar dos meus 15 anos já tive várias experiências com outros caras e tenho certeza que Juan é o homem da minha vida.
Um dia eu volto, para que o senhor e a mamãe conheçam os nossos filhos. Um grande abraço e até algum dia.
De seu filho, com amor.
O pai quase desmaiando continua lendo.

PS: Pai, não se assuste, é tudo mentira!
Estou na casa da Priscila, nossa vizinha gostosa. Só queria mostrar pro senhor que existem coisas muito piores do que as notas vermelhas do meu boletim, que está na primeira gaveta.

Abraços,
De seu filho, burro, mas macho!
Fonte: Orgulho Hétero

Ambientalistas Psicóticos reduzirão produção de alimentos no Brasil. Reaja!!!

Caso não consiga visualizar as imagens selecione "Sempre mostrar conteúdo" ou Acesse esse link.
Ambientalistas pretendem diminuir consideravelmente a produção de alimentos no Brasil.
Ricardo,
Você consegue imaginar como seria nossa vida num mundo escasso de alimento?
Terrível, não?
O que parecia ser apenas tema para roteiro de filme hollywoodiano, pode tornar-se realidade.
E essa é apenas mais uma manobra dos ambientalistas, dos ecoterroristas.
(Veja o que mais pretendem os ditos ambientalistas
neste vídeo!)
Precisamos impedir que isso aconteça imediatamente, antes que seja tarde.
Se nada for feito, cerca de 30 milhões de hectares (algo equivalente ao tamanho do estado de São Paulo) hoje ocupados com algum tipo de produção agrícola...
... Devem ser reflorestados para atender às
exigências do Novo Código Florestal.
Isso mesmo! Uma área do tamanho do estado
de São Paulo deixará de produzir alimentos para
o Brasil e para o mundo.
Pois é exatamente isso que pretendem os
psicóticos ambientalistas.
Em nome da “preservação da natureza”, motivo louvável e desejado por todos, acabam colocando em risco nosso acesso ao alimento: fonte de energia pessoal e de progresso do Brasil.
Entenda tudo assistindo ao vídeo abaixo.
Diga não à PSICOSE AMBIENTALISTA!
Atenciosamente,
Mario Navarro da Costa
Diretor de Campanhas do
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
www.ipco.org.br
Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
Esse email foi enviado para ricardoribeiroconfcap_@hotmail.com

sábado, 27 de outubro de 2012

Alerta total! Exército Americano em solo Brasileiro sem conhecimento, nem consentimento de nossas Forças Armadas, só com aval estranho de Dilma.

01/10/2012 11h22 - Atualizado em 01/10/2012 12h34

Congresso questiona Dilma sobre contrato com Exército dos EUA

G1 divulgou que Brasil pagará para engenheiros estudarem São Francisco. Comissão de Defesa vê risco a dados secretos; Planalto analisa o caso.

 

Tahiane Stochero Do G1, em São Paulo
124 comentários
codevasf usace  (Foto: Codevasf/Divulgação)Engenheiros do Exército dos EUA são contratados
para analisar o rio São Francisco
(Foto: Codevasf/Divulgação)

A Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Congresso enviou um requerimento à Presidência manifestando preocupação em relação à soberania nacional no contrato firmado entre o governo e o Corpo de Engenheiros do Exército dos Estados Unidos (Usace) e pedindo a intervenção de Dilma Rousseff no caso.

Em julho, o G1 divulgou que a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), órgão subordinado ao Ministério da Integração, contratou engenheiros civis do Exército dos EUA para estudar formas de tornar o Rio São Francisco navegável.

saiba mais
Brasil contrata Exército dos EUA para planejar hidrovia no São Francisco

A parceria entre a Usace e a Codevasf, de R$ 7,8 milhões (US$ 3,84 milhões), foi assinada em dezembro de 2011 e, em março de 2012, os primeiros engenheiros do Exército norte-americano chegaram ao país.

No requerimento enviado a Dilma na quinta-feira (27), a presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional, deputada Perpétua Almeida, afirma ver riscos de vazamento de informações estratégicas para o país, por entender que militares americanos poderão ter acesso dados secretos, como localização das riquezas minerais e reservas de urânio.

Trata de uma tropa estrangeira em território nacional sem o consentimento do governo ou autorização do Congresso e, o mais preocupante, os militares norte-americanos poderão ter acesso a informações estratégicas sobre as riquezas minerais do país
Perpétua, presidente da Comissão de Defesa

Ela pede a que as Forças Armadas brasileiras e as universidades acompanhem o trabalho dos engenheiros norte-americanos, "de forma a resguardar e salvaguardar as informações de segurança nacional".

“Além do requerimento enviado a Dilma, estou enviando também ofícios solicitando maiores informações aos ministérios de Relações Exteriores, Defesa e Integração sobre o caso, avisando da preocupação dos parlamentares com o fato. Quero saber por que eles não interferiram na questão", afirma Perpétua.

"Se temos tropas brasileiras que podem fazer este projeto, por que contratar militares dos Estados Unidos?”, questiona ela.

Procurada, a assessoria da Presidência respondeu que recebeu o ofício e que o caso será analisado e o questionamento repassado ao Ministério da Integração. O Ministério de Relações Exteriores confirmou que também recebeu o requerimento e que analisa a situação. O Ministério da Defesa disse que não recebeu o documento e o da Integração, não se posicionou.

A missão dos engenheiros do Exército dos EUA no Brasil é apresentar projetos de dragagem, geotecnia e controle de erosão e estabilização das margens do São Francisco. O rio atravessa os estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco e serve de divisa natural entre Sergipe e Alagoas até desaguar no Oceano Atlântico. Um projeto do Ministério da Integração busca transpor parte das águas do rio para aproveitá-lo também para irrigação no Ceará e Rio Grande do Norte, servindo de eixo de ligação do Sudeste e do Centro-Oeste com o Nordeste do país.

Parceria com universidades
A deputada Perpétua Almeida diz ter encontrado, na semana passada, o comandante do Exército, Enzo Martins Peri, que lhe afirmou que não tinha dados sobre a atuação dos militares norte-americanos no Brasil. "Ele falou que não sabe, não foi consultado, e que as únicas coisas que sabia, tinha lido na imprensa", afirma Perpétua.

À Presidência, a parlamentar lembrou que o ingresso da força militar no país ocorreu "sem consentimento do governo federal ou autorização do Congresso" e que isso "não foi discutido com o Exército Brasileiro, apesar da excelência dos seus batalhões de Engenharia para prestar o mesmo tipo de trabalho".

O texto da Comissão de Relações Exteriores e Defesa enviado a Dilma lembra ainda que "instituições militares, como o Instituto Militar de Engenharia (IME) e o Instituto de Pesquisas da Marinha, além de universidades federais, possuem profissionais aptos a elaborar os mesmos projetos e dar a consultoria necessária à Codevasf com economia de recursos e controle das informações estratégicas no Brasil, afastando eventuais riscos à Segurança Nacional".
Engenheiros civis do Exército dos EUA analisam o
Rio São Francisco (Foto: Codevasf/Divulgação)

Exército sabia, diz Codevasf
Em julho, o gerente de projetos da Codevasf, Roberto Strazer, disse ao G1 não ver riscos à segurança nacional em trabalhar com o Exército norte-americano.

O órgão informou que o Exército brasileiro tinha conhecimento do acordo desde que as negociações começaram, em 2008, e que houve reuniões com a presença de representantes da Diretoria de Obras e Cooperação do Exército para tratar da questão. A Codevasf diz que, em dezembro de 2011, enviou um ofício ao general que comandava a diretoria comunicando do acordo com o Exército dos EUA. Em junho deste ano, um relatório das atividades foi enviado ao Estado-Maior Conjunto do Ministério da Defesa.

Por meio da assessoria de imprensa, o Exército confirmou que militares brasileiros já visitaram a sede do Usace, nos EUA, e que engenheiros militares brasileiros estão próximos à área onde os americanos estão trabalhando no São Francisco.

Em junho, o Exército afirmou ao G1 que não vislumbrava riscos no caso. A Força não confirmou o encontro do general Enzo com Perpétua.

Fonte: G1

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Bebida Milagrosa




























Se o seu objetivo é ter uma excelente saúde e um corpo cheio de vitalidade,...tome nota!!!!
Esta bebida milagrosa já existia há muito tempo, originalmente os médicos naturistas de China recomendavam-na aos doentes.

Conhecemo-la graças ao Sr. Seto, que não é uma celebridade pública, é um homem normal como todos nós, que comprovou os resultados desta bebida visto que se curou da doença que padecia.  O Sr. Seto tinha Câncer do pulmão e comenta que esta bebida lhe foi recomendada por um famoso ervanário da China.
 
Ele tomou esta bebida, diligentemente, durante 3 meses e agora a sua saúde restabeleceu-se assombrosamente, tanto assim que, por isso, a quis torná-la publica para dar a conhecer as maravilhas de uma alimentação saudável.É um alimento ao alcance de todos com um custo ínfimo. E é por isso que o Sr Seto  quer chamar a atenção de quem padece de algum tipo cancro, ou qualquer outra doença, para esta bebida milagrosa que protege o corpo do  Câncer e outras doençaspromovendo a cura.Esta bebida milagrosa, segundo ele "trava"o desenvolvimento das células cancerígenas.
 
De que é feita????

A fórmula é muito simples, necessita somente:

1 Beterraba
2 Cenouras
1 Maçã

É tudo o que precisa para fazer o sumo.!!!!

Instruções :

Lave todas as frutas, anteriormente mencionadas, corte-as com a pele em bocados pequenos, ponha-os na "blender " (mixer),  mexa e, de imediato, beba o  suco.
(Ou então ponha os ingredientes no liquidificador).

Se quiser, pode juntar um pouco de limão, para lhe dar um sabor mais refrescante.
Quando deve beber.?? 
De manhã em jejum!!! ....


Uma Hora DEPOIS  recomenda-se tomar o café da manhã.


Para conseguir resultados rápidos
 Tome esta bebida  2 vezes ao dia:
 
Um copo pela manhã outro antes das 5 da tarde.

Por favor tome a bebida imediatamente depois de a ter triturado os ingredientes.
NUNCA se irá arrepender !!!!

Este milagre da alimentação será efetivo para as seguintes doenças:
1)  Para;  Prevenir o Câncer e travar o crescimento das  células cancerígenas.
2)  Para;  Prevenir doenças:

a)  do fígado
b)  dos rins
c)  do pâncreas
d)  da úlcera também.
3)  Para; Fortalecer e prevenir :

a)  os pulmões
b)  um ataque cardíaco e a tensão arterial alta.
4)  Para Fortalecer o sistema imunológico.

5) É boa para:

a) a vista
b) eliminar olhos vermelhos e cansados
 ​​ou secura nos olhos

6)  Para; Ajudar a eliminar a dor de:

a)  esforço físico (treino intensivo);
b)  dor muscular.

 7)  Para Desintoxicar;

 a) elimina a obstipação ( por isso, fará que a pele fique sã e radiante).

 b) Ajuda no problema do
 acne.

 8)   Para Melhorar e eliminar:


a) o mau hálito devido à má digestão;
b) a infecção da garganta.

9)   Para Diminuir as cólicas menstruais.

10) Para Ajudar a tirar a febre do feno .

Não há absolutamente nenhum efeito secundário. É de alto valor nutritivo.

Muito eficaz se necessita perder peso. Vai dar-se conta que o seu sistema imunológico
 
melhorou (devido à maçã ) depois de seguir a rotina durante umas 2 semanas.


POR FAVOR: FAÇA CIRCULAR ESTA MAGNIFICA RECEITA
ENTRE A SUA FAMILIA E AMIGOS...CONTRIBUINDO PARA  SALVAR VIDAS !!!

Fonte: Via Email




A derrota dos candidatos homossexuais

21 de outubro de 2012

A derrota dos candidatos homossexuais
Julio Severo
Em conversa com o site homossexual MixBrasil, o deputado Jean Wyllys não pôde negar o desempenho gay nas últimas eleições municipais. Ele classificou de “fiasco” o resultado das urnas. Se somados todos os votos recebidos pelas mais de 150 candidaturas homossexuais em todo o Brasil, o número final é insignificante: 106 mil votos.
Esse número está muito abaixo de 1 por cento da população brasileira. Se o número de uns 17 milhões de gays brasileiros, alardeados pelos grupos gays e pelo governo, fosse verdadeiro, então o resultado das urnas apontou uma revelação muito importante: a população gay em massa não quer saber de ativista gay entrando na política para impor seu supremacismo gay neles e em nós.
Mas é evidente que o número de 17 milhões de gays, computado a partir da manipulação estatística de Alfred Kinsey, é totalmente falso e ridículo. O número de gays no Brasil deve estar entre 2 e 3 por cento, o que daria uma população de uns 4 a 6 milhões de indivíduos.
Mesmo assim, o problema é imenso para os ativistas gays. Os 106 mil votos representam menos de 3 por cento de uma suposta população gay de 4 milhões de indivíduos.
A população gay está dando um sonoro “não”, acompanhado de um belo chute no traseiro, aos ativistas gays na política!
O MixBrasil disse: “Reclamamos tanto dos telepastores que detonam os direitos gays, vociferamos contra as bancadas evangélicas e suas tentativas de derrubar a união civil, de implantar Dia do Orgulho Hétero e de esvaziar o PLC 122. Mas, convenhamos, eles dão voto. A gente não”.
E não é de hoje que os telepastores são encarados como uma grande dor de cabeça para os ativistas gays e sua agenda doida e agressiva. Recentemente, desmascarei como o programa Fantástico, da Globo, mostrou de forma maqueada ativistas gays e um pastor presbiteriano extremamente incomodados com os telepastores. Para ver e divulgar o importantíssimo vídeo, clique aqui.
Leitura recomendada

A derrota dos candidatos homossexuais
 
Julio Severo
Em conversa com o site homossexual MixBrasil, o deputado Jean Wyllys não pôde negar o desempenho gay nas últimas eleições municipais. Ele classificou de “fiasco” o resultado das urnas. Se somados todos os votos recebidos pelas mais de 150 candidaturas homossexuais em todo o Brasil, o número final é insignificante: 106 mil votos.
Esse número está muito abaixo de 1 por cento da população brasileira. Se o número de uns 17 milhões de gays brasileiros, alardeados pelos grupos gays e pelo governo, fosse verdadeiro, então o resultado das urnas apontou uma revelação muito importante: a população gay em massa não quer saber de ativista gay entrando na política para impor seu supremacismo gay neles e em nós.
Mas é evidente que o número de 17 milhões de gays, computado a partir da manipulação estatística de Alfred Kinsey, é totalmente falso e ridículo. O número de gays no Brasil deve estar entre 2 e 3 por cento, o que daria uma população de uns 4 a 6 milhões de indivíduos.
Mesmo assim, o problema é imenso para os ativistas gays. Os 106 mil votos representam menos de 3 por cento de uma suposta população gay de 4 milhões de indivíduos.
A população gay está dando um sonoro “não”, acompanhado de um belo chute no traseiro, aos ativistas gays na política!
O MixBrasil disse: “Reclamamos tanto dos telepastores que detonam os direitos gays, vociferamos contra as bancadas evangélicas e suas tentativas de derrubar a união civil, de implantar Dia do Orgulho Hétero e de esvaziar o PLC 122. Mas, convenhamos, eles dão voto. A gente não”.
E não é de hoje que os telepastores são encarados como uma grande dor de cabeça para os ativistas gays e sua agenda doida e agressiva. Recentemente, desmascarei como o programa Fantástico, da Globo, mostrou de forma maqueada ativistas gays e um pastor presbiteriano extremamente incomodados com os telepastores. Para ver e divulgar o importantíssimo vídeo, clique aqui.
Leitura recomendada

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Nova lâmpada com Led dura até 40 anos.

Lâmpada de Led
A Firefly LED usa uma tecnologia que consegue reduzir o calor que se forma ao redor da luz


São Paulo - A empresa americana Firefly criou uma lâmpada que dura até 40 anos. Com isso, a luz chamada de Firefly LED economiza cerca de 90% da energia usada para iluminar edifícios residenciais ou comerciais.

O objetivo da empresa com esse novo modelo em LED é acabar com as constantes trocas de lâmpadas. Isso também deve reduzir os gastos com iluminação residencial e os problemas com o descarte de lâmpadas queimadas.

Desenvolvida no Texas, a Firefly usa uma tecnologia que consegue reduzir o calor que se forma ao redor da luz. Trata-se de um dissipador de calor capaz de diminuir a temperatura interna em 32%. Isso prolonga a vida da lâmpada por até quatro décadas.

A Firefly também patenteou um sistema para que a lâmpada funcione com apenas 5% de sua capacidade energética. Assim, também é possível economizar uma grande quantidade de eletricidade.

Além disso, se o usuário quiser melhorar o desempenho da luz ou se a lâmpada parar de funcionar, é possível trocar um pequeno LED que fica dentro da luz. Chamados de Smart LED, os pequenos dispositivos são fabricados pela Firefly. Eles são fáceis de trocar e acabam com a preocupação de descartar ou reciclar a lâmpada.

O produto deverá custar US$ 35 (aproximadamente R$ 70). Embora o preço seja superior ao de lâmpadas convencionais, a tecnologia deve diminuir as despesas de iluminação a longo prazo.

Fonte: Exame

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Manda mais Jeová!!!


Absurdo! Juíz Bahiano retira cinco filhos de pais pobres para serem adotados por outros "pais." Gente o que é isso?" Faço um apelo a todos que compartilhem a dor desses pais e divulguem esse ato criminoso que não pode ficar impune.


"Família pobre tem filhos tirados de casa e entregues para adoção" Edição do dia 14/10/2012 - Atualizado em 14/10/2012 23h24

Uma família pobre tem os cinco filhos tirados de casa e entregues para a adoção. Tudo feito em tempo recorde, de um dia para o outro, e sem que os pais pudessem se defender. Mas na vizinhança e na escolinha da cidade, todos garantem que as crianças eram bem tratadas. A Justiça quer saber agora o que está por trás dessa história.

O cenário é a cidade de Monte Santo, no sertão da Bahia.

Silvânia Maria da Silva e Gerôncio de Brito Souza viviam assim. Ele, vendendo o dia de serviço pesado na enxada para não deixar faltar comida em casa.

“Todos os filhos meus que nasceram foi festa. Festa, caixa de foguete, galinha, carne assada, calabresa, tudo”, lembra ele.

Ela, cuidando da casa. “O pai dava atenção. Quando eu botei na escola, Gerôncio vinha buscar. Vinha às reuniões. Sempre comparecendo às reuniões”, conta ela.

Gerôncio e Silvânia estão separados, mas o apego aos filhos sempre foi reconhecido na vizinhança.

“Não tinha um dia que eles não viessem aqui na casa do pai. Não tinha um dia. Quando era assim, eles iam para a escola. Quando era meio-dia, chegava, corriam. Ele dava banho, botava perfume nos meninos”, detalha a vizinha Catarina da Mota Silva.

Os quatro avós também ajudavam, mas no dia 13 de maio do ano passado a história dessa família começou a mudar. A caçula, de 2 meses de idade, única menina dos cinco filhos, foi a primeira a ser levada, por ordem da Justiça de Monte Santo. Duas semanas depois, o sofrimento aumentou.

“Estava em casa, estava até lavando as roupas deles, de repente chegou esse carro. Eu pensei que era para trazer minha menina de volta”, relata Silvânia, emocionada.

Eram dois policiais e uma escrivã para cumprir nova ordem do juiz: levar os outros quatro meninos.

“O Ricardo correu lá por dentro, correu para a casa da mãe, lá ‘pra riba’”, conta a avó paterna, Maria Brito Souza.

“Meu filho mais velho chegou: 'mãe, me esconda. Me esconda que eu não quero ir, não'”, conta a mãe aos prantos.

“A rua toda ficou chocada naquela noite. Foi uma noite de terror”, reforça a avó.

“Ainda hoje eu não gosto de lembrar. Ainda hoje tenho sentimento por isso”, diz a vizinha.

“Os policiais disseram que, se nós impedíssemos, nós iríamos presos. Eu mais o pai. Que era ordem do juiz”, diz a mãe.

Os filhos de Gerôncio e Silvânia foram dados para quatro casais de São Paulo. Foi tudo feito com muita rapidez no fórum de Monte Santo. As famílias paulistas chegaram em um dia, foram ouvidas pelo juiz e, no dia seguinte, voltaram para São Paulo levando, com elas, as crianças. Os pais biológicos e a promotoria de Justiça não estavam na audiência. Por lei, sem a presença deles, o processo de adoção não pode sequer ser iniciado.

O juiz Vítor Manoel Xavier Bizerra, que assinou a guarda provisória das crianças, trabalha hoje na cidade de Barra. O Fantástico foi até lá. Esteve na casa onde ele mora e duas vezes no fórum. Nada do juiz. A equipe deixou um recado com a escrivã.

Fantástico: Você falou para ele que nós estávamos procurando ele? Que gostaríamos de conversar?

Magda Silvana Guedes (escrivã): Falei. Eu disse a ele que vocês vieram aqui com a proposta de entrevistá-lo.

Para retirar as crianças de Monte Santo, o juiz se baseou em relatórios que se contradizem. O conselho tutelar do município não encontrou irregularidades quando visitou a casa de Silvânia. Mas a assistente social da prefeitura registrou que os meninos em idade escolar faltavam às aulas. O Fantástico foi à escola onde eles estavam matriculados.

Fantástico: Os pais nunca deixaram de trazer?

Vanessa da Silva Souza (diretora da escola): Não. Eu nunca soube.

Fantástico: E vinham buscar direitinho?

Diretora: Eles sempre vinham buscar. Gerôncio, quando não vinha, era ela.

“Crianças quando são mal tratadas, geralmente têm mau comportamento. De agressividade, de viver chorando. E eles não aparentavam nada disso, não chegavam machucados, de jeito nenhum, porque eles eram bem cuidados”, aponta a diretora.



Desesperado, Gerôncio procurava o conselho tutelar para saber do paradeiro dos filhos. Nunca conseguiu uma notícia e acabou desacatando as conselheiras. Foi preso e passou três semanas na cadeia. Os pais dele tiveram que vender a casa para pagar a fiança de R$ 5 mil. Hoje moram de favor.

Fantástico: Eram muito apegados à senhora, os seus netos?

Avô: Mandava comprar pão, ele ia, o bichinho. Não gosto nem de me lembrar, viu?

Avó: Gosto muito deles.

Os quatro avós conviviam com as crianças, mas nenhum deles foi ouvido no processo.

“Tenho foto de todos eles no meu álbum”, afirma, emocionada, a avó materna, Perpétua Maria da Mota.

Carmem Topschall aparece em todos os processos como intermediária das adoções. Ela teria sido a pessoa que aproximou os casais paulistas das crianças de Monte Santo.

O Fantástico descobriu que Carmem mora em um sobrado em Pojuca, a 350 quilômetros de Monte Santo.

Fantástico: Um assunto particular. Preferia conversar aqui mesmo?

Carmem: Ah, não. Particular, vamos subir então.

Carmem tem três filhos adotados. Ela confirma que ajudou as famílias de São Paulo, mas nega que trabalhe conseguindo crianças pobres para casais que queiram adotar.

Carmem: Eu não fui intermediária.

Fantástico: Como que não foi se a senhora aparece no processo?

Carmem: Eu apareço no processo porque eu acompanhei o pessoal e levei e mostrei o caminho, mas eu não fui intermediária.

Já faz um ano e quatro meses.

O pai afirma que as crianças fazem falta, enquanto segura, emocionado, a roupa dos filhos. A mãe conta que nunca mais teve notícia delas.

Campinas, São Paulo. A equipe do Fantástico vai procurar os casais que, de acordo com os processos, conseguiram a guarda provisória das crianças. Dois dos cinco filhos de Silvânia e Gerôncio moram em uma casa. São os dois mais velhos. Segundo os vizinhos, a casa está sempre vazia. Partem para Indaiatuba, vizinha a Campinas. Lá, ficam os outros endereços das crianças.

O Fantástico toca o interfone e avisa que quer falar sobre uma criança adotada, mas desligam o telefone.

Em outra casa, ninguém atende. Mas a advogada que defende os interesses dos casais que estão com as crianças é encontrada.

“Houve o devido processo legal. Ninguém fez nada que não fosse pelo devido processo legal”, garante Lenora Steffen Panzetti.

O atual juiz de Monte Santo, Luiz Roberto Cappio, discorda, e ele tem uma lista de irregularidades que encontrou nos processos.

“Não houve determinação de estágio de convivência. Os pais biológicos não foram ouvidos”, diz ele.

Para ele, o caso dos filhos de Silvânia e Gerôncio é só um exemplo do que acontece em várias comunidades do sertão da Bahia.

Fantástico: Se trata de uma quadrilha que atua para traficar crianças pobres aqui no sertão da Bahia?

Juiz: Sim. De forma planejada e profissional, habitual.

A volta das crianças para Monte Santo é uma possibilidade que o juiz não descarta.

“Se eu entender que o retorno atende ao melhor interesse dessas crianças, eu farei”, declara o juiz.

“Mas essas crianças já passaram por um trauma da vida que elas levavam, da adaptação que elas tiveram e tirá-las novamente, será que realmente é o melhor para elas?”, questiona Lenora.

“Estou esperado por eles aqui”, diz a mãe, esperançosa.

Família pobre tem filhos tirados de casa e entregues para adoção Edição do dia 14/10/2012 - Atualizado em 14/10/2012 23h24








"Pais não puderam se defender. Para juiz, se trata de uma quadrilha que atua para traficar crianças pobres no sertão da Bahia de forma planejada, profissional e habitual."

Fonte: Fantástico

domingo, 14 de outubro de 2012

Google Gay ataca novamente Blog SOMENTE A VERDADE, fazendo sumir mais de meio Milhão (500.038) de visualizações, deixando apenas 178. Esses amigos de Hadadd KKKKKKKK

Depois das Perseguições do Facebook Pró-Homossexual que nos bloqueou 7 vezes, é hora de experimentar a Cristofobia do Google Gay. Talvez você não saiba mas, eles pagam mais aos funcionários Homossexuais para fiscalizar e punir os usuários Héteros. Clique aqui para ler isso. E lançou recentemente uma Campanha Cristofóbica Mundial contra valores Cristãos sob disfarce de combate a Homofobia. Leia aqui. E quando fui olhar agora no meu blog Pró-Família SOMENTE A VERDADE, as visualizações que havia passaram de Mais de meio milhão (500.038) para só 178. A Enquete que fiz no Blog sobre se "Cristãos votariam no PT Anti-Cristão e Anti-Família", tinha o seguinte resultado: Não = 360; SIM = 104. Hoje a Enquete apresenta o seguinte resultado espantoso: NÃO = 187; SIM = 63. Quem dúvida que esses HomoHackers não estejam remotamente alterando nossas eleições para favorecer seus aliados pervertidos? Divulgue amados, NÃO IREMOS RECUAR E DIREMOS COMO NOSSOS GENERAIS JÁ DISSERAM RECENTEMETE: "POR AQUI, NÃO PASSARÃO!"


sábado, 13 de outubro de 2012

Serra afirma: "...Kit-Gay quer doutrinar, em vez de educar."

Bruno Boghossian e Iuri Pitta, de O Estado de S.Paulo

Na semana em que o candidato a prefeito de São Paulo Fernando Haddad voltou a ser alvo de setores religiosos, o tucano José Serra disse que o problema do material de combate à homofobia elaborado na gestão do petista no Ministério da Educação era “pedagógico”. “O kit gay quer doutrinar, em vez de educar”, afirmou. A presidente Dilma Rousseff cancelou a distribuição do material.


Daniel Teixeira/AE
Serra minimiza ataques de Haddad ao mensalão tucano

Serra defendeu que religiosos possam manifestar opinião nas eleições e criticou o PT por “reprimir” as que não são favoráveis ao partido. “O Silas Malafaia apoiou o Eduardo Paes com vice do PT no Rio. Foi do conselhão do Lula. Declarou apoio a mim, virou inimigo.”

O tucano reconheceu que a renúncia à Prefeitura, em 2006, prejudicou sua votação há uma semana e anunciou que vai adotar propostas de siglas que o apoiam no 2.º turno, como o auxílio-creche a mães que esperam vaga, de Soninha Francine (PPS).

O sr. diz que pesquisas não necessariamente captam o que o eleitor vai escolher na urna, mas o cenário hoje é desfavorável ao sr. Como reverter esse quadro?
As pesquisas sempre são um retrato, e nesta campanha têm sido um retrato borrado. Poucas vezes as pesquisas desviaram tanto as análises quanto nessa eleição.

Como o sr. pretende se apresentar nesse 2º turno?
O 2.º turno tem uma característica de quantidade que muda a qualidade. É mais intenso. Não tenho estratégia diferente, mas sei que tudo vai se intensificar. Eleição é escolha, comparação. Biografia, capacidade de realizar, de ter prioridades, fazer acontecer, com quem você anda, quem te cerca, tudo isso pesa.

A avaliação de que a polarização PT-PSDB estaria desgastada foi precipitada?
Os fatos mostraram que se manteve. E pode estar certo de que, terminado o segundo turno, ninguém vai lembrar disso, que a polarização tinha cansado. Tinha opções de voto, mas o índice de abstenção, nulos e brancos foi alto. Se fosse só a polarização, no 1.º turno haveria um índice de participação maior.

O sr. tratou da questão da renúncia na campanha, mas ainda hoje é questionado pelos eleitores sobre isso. Essa dúvida prejudicou sua votação no 1º turno?
Acho que sim, embora na época não fosse uma dúvida. É um problema que surgiu na própria eleição municipal, e é natural que seja assim. Dentro do que me é permitido fazer, eu fiz e vou continuar fazendo. Eu não deixo de conversar a respeito.

O plano de governo só vai ser divulgado agora. Por quê?
Eu não parei de apresentar propostas a cada dia, isso que é importante. O programa (registrado) no TRE é para valer. Agora estamos organizando as temáticas, pegando contribuições dos partidos que estão entrando. Por exemplo, a questão das creches. Vamos criar um auxílio-creche, uma bolsa para as mães que estiverem na fila. É uma ideia que veio do PPS. Do PDT tem coisas importantes, como (corrigir) a diversidade das velocidades limites na mesma via.

No 1º turno, seus dois principais adversários trataram de projetos a fim de reduzir a tarifa de ônibus. O sr. tem proposta para reduzir o custo da passagem?
A proposta do bilhete mensal não é redução de custo. Aí é que está a enganação. A outra não tinha cabimento. Não é que cause dano, só não tem relevância, e foi apresentado como grande ideia, a meu ver por estratégia eleitoral e porque não pensaram muito.

O ministro Gilberto Carvalho disse que o mensalão atrapalhou o PT na eleição. O sr. concorda?
Claro que atrapalha. O mensalão é um processo em cima do PT e do seu governo. E não é só processo, agora é condenação. O empenho deles é que passe desapercebido, mas não passa.

O sr. já tinha apoio do PR, que tem um réu condenado, e agora tem do PTB, que também tem...
O (Roberto) Jefferson foi quem denunciou o mensalão. Pode ter gente de outros partidos, mas o mensalão é do PT.

Em resposta, o PT já tem falado do chamado “mensalão mineiro”.
É a reação tipicamente petista. Bate carteira e grita ‘ladrão’ para dispersar a atenção. O PT no governo foi um retrocesso em termos de moralidade pública.

O sr. se refere só ao governo Lula, ou inclui o governo Dilma?
A Dilma pegou essa herança. Ela é do PT, se comporta como petista. Começou fazendo gentilezas ao Fernando Henrique, mas na hora H voltou as coisas anteriores, satanizando o governo anterior sem hesitar.

O sr. acha que o material de combate à homofobia foi o ponto mais fraco da gestão de Fernando Haddad na Educação?
O pior foi a área educacional propriamente dita. Quem tem que se explicar sobre o kit é ele, a Dilma, que revogou (a distribuição), e o TCU, que está cobrando os R$ 800 mil gastos nisso. Quando eu era ministro, não saia uma peça publicitária ou educacional sem que antes eu tivesse revisado o conteúdo. É inadmissível. Mas a questão é a gestão, que vai deixar marcas desastrosas para o futuro: a desmoralização do Enem, as maiores greves da história desde o governo Figueiredo.

Ainda sobre o kit, pastores evangélicos, em especial Silas Malafaia, fizeram críticas fortes ao conteúdo. O sr. concorda?
O Silas Malafaia apoiou o Eduardo Paes com vice do PT no Rio. Ele foi do conselhão do Lula, aquele conselho de desenvolvimento social. O problema é que, declarando apoio a mim, passou a ser inimigo do PT. Eu não vi a crítica mais aprofundada, mas tem um erro incrível, inclusive de matemática, quando no fundo faz apologia do bissexualismo. Diz é bom ser bissexual porque você aumenta em 50% a chance de ter programa no fim de semana. Não é 50%, é 100%. Segundo, isso não é combater homofobia, é uma espécie de doutrina. O problema do kit gay é acima de tudo pedagógico. Quer doutrinar, em vez de educar. (Grifo nosso)

Se assumir a Prefeitura, o sr. pretende criar programa de combate à intolerância nas escolas?
Homofobia, intolerância, tem que ser combatidos sempre, de forma adequada. Eu fiz isso sempre na vida pública: políticas para deficientes, mulheres, idosos. Meu currículo em matéria de enfrentamento da discriminação e do preconceito ganha de qualquer petista. Essa questão religião-política: os católicos e os evangélicos têm o direito de se manifestar. De repente isso fica proibido. No caso do PT, sempre que não é a favor deles. Eu não sou cristão de boca de urna. O PT quer sempre reprimir isso quando não é do lado deles. É antidemocrático e preconceituoso.

Fonte: Estadão

Revista Veja defende Pr. Silas Malfaia e seus argumentos contra Hadadd, Pai do Kit-Gay.


12/10/2012 às 6:09
"PASTOR SILAS MALAFAIA RESPONDE A FERNANDO HADDAD E AO MOVIMENTO PARA CENSURAR OS EVANGÉLICOS "


Antes que eu escreva qualquer coisa, assistam ao vídeo. Volto em seguida.

Como vocês viram, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus, dá uma dura dura resposta ao candidato do PT à Prefeitura, Fernando Haddad. Mas não só a ele, não. Na prática, também fala a setores importantes da imprensa paulistana. Por quê?

Alguns líderes religiosos, Malafaia entre eles, têm declarado seu apoio à candidatura do tucano José Serra — assim como outros escolheram Haddad. Mas o petista não teve dúvida: acusou o adversário de estar “instrumentalizando a religião”. É a ladainha de sempre dos partidários do PT: quando recebem apoio, isso é motivo de júbilo; pelos mesmos motivos, demonizam seus adversários. E com a ajuda da imprensa, sim.

Malafaia lembra o óbvio: todos os setores da sociedade têm o direito e até o dever de se expressar. Por que os crentes não podem? Há uma diferença entre uma igreja ter um partido político e seus fiéis e líderes expressarem uma opinião política. A verdade insofismável é que se pretende censurar o voto dos religiosos, como se essas pessoas não pertencessem à sociedade brasileira. Podem votar, desde que caladas. Um debate dessa natureza não existe em nenhum lugar do mundo democrático. Imaginem se, nos EUA ou na Itália, alguém a tanto se atreveria.

No Brasil, confunde-se o laicismo — e o estado, felizmente, é laico! — com ateísmo oficial e obrigatório. Não! O Brasil não é a Coreia do Norte, em que o único culto permitido é aos tiranos.

Os petistas e esses setores da imprensa não se incomodam — e se regozijam com o fato — quando setores cristãos, católicos ou evangélicos, se alinham com o PT. Malafaia lembrou, como vocês viram, que ele foi o representante dos evangélicos no Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social do governo Lula, de quem já foi eleitor. Naquele tempo, claro!, os petistas o consideravam um grande cara. Agora, quando ele não apoia Haddad em São Paulo, então é só um fundamentalista!

Kit gay
O pastor Malafaia diz o óbvio: é preciso, sim, combater a homofobia nas escolas — aliás, é preciso combater todas as formas de preconceito, inclusive, digo eu, aquele que existe contra os alunos inteligentes e estudiosos. Mas era isso o que fazia o kit gay? Não! Aquilo caracterizava, de fato, apologia de uma prática sexual, dirigida a crianças e adolescentes. O material foi produzido por ativistas, não por educadores.

A grande imprensa, como vocês viram, sempre se negou a ler o que está escrito lá e a prestar atenção aos textos dos filmes. Finge, em razão de seu engajamento, que todos os críticos daquele lixo educacional são homofóbicos, o que é uma piada.

Como Haddad não quer ser confrontado com a sua própria biografia — e como seus porta-vozes no jornalismo pretendem preservá-lo de si mesmo —, então o debate sobre o kit gay só é feito por intermédio do ataque aos religiosos, especialmente aos evangélicos.

Em 2010, essa mesma imprensa e esse mesmo PT impuseram censura a um setor da Igreja Católica, que foi perseguido pela Polícia Federal porque tentou, vejam que grande crime!, recomendar aos católicos que não votassem em candidatos favoráveis ao aborto. Para escândalo da verdade e dos fatos, a opinião de Dilma, favorável à LEGALIZAÇÃO do aborto, foi tratada por certo jornalismo como mero boato. Até hoje, há delinquentes que sustentam que tudo não passou de uma invenção do PSDB, de uma “agressão” de… Serra! Eleita presidente, Dilma escolheu para ministra das mulheres uma senhora que confessou ter sido aborteira e que militava numa ONG que defendia que as grávidas aprendessem, elas mesmas, a fazer o próprio aborto. Como se a eliminação do feto se confundisse com a higiene íntima.

Mas isso tudo já é história.

O movimento de censura está de volta. Malafaia reage a ele. E faz muito bem. Será que a imprensa “progressista” tolera a livre expressão do pensamento? Ou ela só seria tolerável desde que alinhada com a metafísica influente nas redações? Malafaia não tem nada a aprender com certo jornalismo em matéria de liberdade de expressão, mas esse jornalismo tem o que aprender com Malafaia. Ou alguém tente me provar que estou errado segundo a Constituição da República Federativa do Brasil.
Texto publicado originalmente às 22h42 desta quinta Por Reinaldo Azevedo

Fonte: Veja

Nova Enquete: Qual o (a) Maior Cristofóbico (a) do Brasil? Vote ao lado.


quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Pr. Silas Malafaia detona Ativistas Homossexuais Pró-Hadadd, que ameaçaram pegar em Armas contra os Cristãos.



Para os que acham que eles não estão falando sério, provarmos que esse verdadeiro discúrso de ódio está resultando em violência crescente e deve ser contido e punido imediatamente pela autoridades que ainda estão com a cabeça no lugar neste país. Leia as matérias que seguem.



"Ativista Homossexual invade igreja e atira em Cristãos com pistola 9 mm"

http://noticias.gospelmais.com.br/files/2012/08/floyd-corkins-gunman.jpg
Ativista Gay Terrorista sendo preso pela Polícia
Na última quarta-feira, a sede da entidade cristã Family Research Council, em Washington, nos Estados Unidos, foi alvo de um atentado de um homem ligado ao movimento homossexual, que abriu fogo com uma pistola 9 mm no local.

Detido por um segurança que estava no local e que foi atingido pelos disparos, o homem foi identificado pela policia como Floyd Lee Corkins II, de 28 anos, voluntário de um centro comunitário para gays em Herndon, no Estado da Virginia.

O FBI revelou ainda que Corkins está detido sob acusação de agressão com arma mortal, e que o acusado não possui problemas mentais.

A entidade Family Research Council é uma das entidades cristãs mais conservadoras dos Estados Unidos, e se opõe fortemente contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. O tema tem se mantido entre os assuntos mais debatidos no país devido à reprovação em plebiscitos em diversos estados norte-americanos ao casamento entre homossexuais.

A recente postura da rede de fast food Chick-fil-A em se declarar contrária ao casamento gay também serviu para acirrar os ânimos entre ativistas cristãos e defensores do movimento homossexual.

O presidente de uma instituição pró-casamento tradicional, Brian Brown, fez uma declaração em um comunicado alertando sobre o atentado: “Este ataque é um dos sinais mais claros que vimos nos últimos dias do resultado dessa campanha de rotulagem de grupos pró-casamento tradicional como se fossem ‘grupos de ódio’”, afirmou o responsável pela National Organization for Marriage.

Segundo o porta-voz do FBI, o segurança Johnson foi levado a um hospital da região e deverá sobreviver: “Ele fez um trabalho fenomenal, acima e além do que ele deveria fazer nesta situação em particular”.

A Family Research Council é presidida por Tony Perkins, membro da Igreja Batista e ex-parlamentar pelo Partido Republicano de Louisiana. A entidade é ligada à organização Focus on the Family, dirigida pelo pastor James Dobson.

Redação Gospel+

Neste outro vídeo vemos Ativistas Homossexuais de São Francisco, California - USA (Onde moram os donos do Facebook que são os maoires líderes LGBTs do mundo, leis isso aqui) Agredindo Cristãos fisicamente e só não os assassinaram por causa da intervenção da Polícia. Agressão essa promovida porque a maioria da população não aceita o casamento Gay.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Hadadd poderá ter a 'Polícia Federal' Pró-Homossexual perseguindo os críticos do Kit-Gay, afirma Jornalista Reinaldo Azevedo.


10/10/2012 às 16:38
"O Kit Imprensa-PT de censura – Daqui a pouco, críticos do kit gay serão perseguidos pela Polícia Federal com o apoio de jornalistas… Como em 2010 "


Não demora, e setores da imprensa logo passarão a defender a censura prévia na campanha eleitoral em São Paulo, a exemplo do que fizeram em 2010, agora para tentar proteger Fernando Haddad de si mesmo. Vivemos dias em que a única forma legítima — e laica!!! — de fazer política é aderindo à pauta petista. Ou é isso ou se decreta: “É tema religioso! E a política é para leigos!”.

O caso da hora é o tal “kit gay”. Sim, na gestão Haddad, fizeram-se os famigerados “kits” para ser distribuídos das escolas. Há os filmes. Há os livros. O material é intelectual, moral e tecnicamente delinquente. Foi elaborado — e custou dinheiro público — na gestão de Fernando Haddad. Ninguém é contra a que se combata o preconceito nas escolas, qualquer preconceito, inclusive aquele que existe, E É O MAIS ANTIGO E PERMANENTE NAS ESCOLAS, contra os alunos mais inteligentes e mais capazes, geralmente discriminados pelos malandros socialmente bem-sucedidos no ambiente escolar ao menos. Qualquer preconceito, se preconceito, é detestável, inclusive o que existe contra estudantes gays.

Sempre que Haddad é indagado pela imprensa companheira, filocompanheira ou “moderna e leiga” a respeito, faz-se a pergunta de um ponto de vista engajado, de quem é favorável àquela porcaria. Um dos filmes oficiais defendia que travestis passassem a usar banheiros femininos também nas escolas. As alunas querem isso? Seus pais não têm de ser ouvidos a respeito? Outro filme diz que ser bissexual traz vantagens na comparação com o heterossexual. A POLÍTICA DE FERNANDO HADDAD entregou a tarefa de elaborar esse material a ONGs. Gastou alguns milhões com isso. Ele é igualmente protegido de sua herança nas universidades federais.

Muito bem! Em 2010, o debate sobre o aborto — levado adiante, sim, por setores religiosos da sociedade — mobilizou quase toda a imprensa nacional em defesa de Dilma Rousseff. Sua opinião arreganhadamente favorável ao aborto foi lançada na categoria do boato. Era como se tudo não passasse de uma acusação feita por seus adversários. Não! Ela havia concedido entrevista à Folha, gravada em vídeo — que praticamente desapareceu —, em que se dizia favorável à LEGALIZAÇÃO DO ABORTO. Não era descriminação o que ela defendia. Ia mais longe: queria legalização mesmo. Disse o mesmo em uma entrevista à revista Marie Claire.

Muito bem! Um setor da Igreja Católica fez um panfleto ASSINADO — REITERO: ASSINADO — recomendando AOS CATÓLICOS que não votassem em candidatos favoráveis ao aborto. O material foi censurado, por ordem da Justiça Eleitoral. A Polícia Federal foi posta no encalço do autores do texto. Pessoas foram detidas apenas por portar o papel.

Atenção! Não se citava um só nome no texto, nada! A autoria estava clara! Tratou-se de um caso escandaloso de censura à liberdade de expressão, APLAUDIDA POR JORNALISTAS OU COM PALAVRAS OU COM O SILÊNCIO, o que é ainda pior porque covarde.

A fé e a política
Sindicalistas podem se manifestar. Professores podem se manifestar. Engenheiros podem se manifestar. Movimentos sociais podem se manifestar. Até bandidos podem se manifestar! Então não podem os crentes, os que têm fé? O fato de o poder, no Brasil, ser laico — FELIZMENTE! — impede que os cristãos digam o que pensam?

Uma coisa é uma igreja ser dona de um partido — como o é a Igreja Universal do Reino de Deus, que comanda o PRB —; outra, distinta, é a expressão de uma opinião política daqueles que têm fé. São realidades completamente distintas. No mundo inteiro, temas relacionas a comportamentos e a escolhas de natureza moral estão presentes no debate político. É parte da democracia. Porque a sociedade e o poder são laicos, pode um dirigente, como Fernando Haddad, tentar impor às escolas uma orientação que vai bem além do direito — e do dever — que tem o estado de educar as crianças? Ora…

Haddad tem de responder por suas escolhas. Se a imprensa que lhe é servil não lhe faz a devida cobrança por seus atos, não pode ter a ambição de censurar aqueles que o fazem, AINDA QUE SUA MOTIVAÇÃO SEJA RELIGIOSA, ORA ESSA! Ou, então, que se declare a ilegalidade e a ilegitimidade da religião. Alguém a tanto chegará em nome das luzes? Depois dessa censura, qual será a próxima?

Fiquem atentos! Daqui a pouco, alguns tarados da censura, em nome do laicismo, vão propor censura aos críticos do kit gay. É o kit Imprensa-PT do laicismo. É o kit Imprensa-PT da censura. A síntese é a seguinte: “Ditadura boa é a nossa!” Por Reinaldo Azevedo

Fonte: Revista Veja






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...