quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Vinte Resoluções para Defensores da Família que Lutam Contra a Agenda Gay e Transgênera em 2013

23 de janeiro de 2013


Vinte Resoluções para Defensores da Família que Lutam Contra a Agenda Gay e Transgênera em 2013

Está na hora de ir além de pensamentos defensivos, ingênuos e ruins ante o ativismo homossexual agressivo e enganoso...

Peter LaBarbera
Hoje começando uma série de 20 partes no AFTAH (Americans for Truth about Homosexuality, que em português é Americanos a favor da Verdade sobre a Homossexualidade), apresentando resoluções para os “Guerreiros Culturais” e cidadãos comuns que se opõem à agenda LGBT altamente organizada e bem financiada. Para os novatos, “LGBT” significa Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros, o moderno movimento pelo pecado construído em torno da defesa da confusão sexual e depravação (homossexual).
A cada dia, o AFTAH irá publicar um artigo explicando uma “resolução” que aborda um mau hábito intelectual ou argumento gay pelo qual muitas pessoas bem intencionadas se deixaram enganar. Por exemplo, deixar-se levar pela falsa culpa bastante cultivada pelos nossos adversários. Iremos expor as mentiras, táticas esquerdistas e pensamentos errôneos que estão na raiz das concessões ideológicas e espirituais das pessoas ante o ardente ativismo gay.
O que se segue é um esboço das nossas resoluções para o Ano Novo. Algumas delas terão pontos em comum, mas cada item funciona de maneira independente como uma resposta a pensamentos errôneos aceitos na ficção dos ativistas homossexuais.  Espalhe-as entre seus amigos, parentes e colegas de trabalho; elas foram feitas para todos os que se sentem desgastados pela onipresente propaganda pró-homossexualismo na sociedade. Temos que admitir: todos nós somos afetados pela manipulação da mídia na questão homossexual, e precisamos voltar a ter confiança para defender o que é certo.
Nota do editor com relação à posição cristã do AFTAH: o Americans For Truth [Americanos pela Verdade sobre o Homossexualismo] é uma organização abertamente cristã, talvez mais do que a maioria dos grupos pró-família. Por isso, utilizamos a Bíblia e mencionamos Jesus Cristo em nosso trabalho. No entanto, os princípios morais e práticos que expomos são universais e interessam a um público muito mais amplo; até para agnósticos com consciência moral e que reconhecem que o homossexualismo é antinatural e não deveria ser estimulado pelas elites governamentais e culturais. O AFTAH é apoiado por pessoas de todas as religiões e até não religiosas, e serão bem-vindos todos os que concordam com nossa missão de voltar à sexualidade saudável (real, homem-mulher) no casamento.
Espero que aproveite as resoluções do AFTAH. A lista pode ser expandida, então convidamos todos a mandarem suas próprias ideias. Mande um e-mail para: americansfortruth@gmail.com. Que o Senhor o ajude a falar corajosa e abertamente pela Verdade (em amor genuíno e temente a Deus) em 2013! – Peter LaBarbera, www.AFTAH.org

Vinte Resoluções para Defensores da Família que Lutam Contra a Agenda ‘Gay’ e Transgênero em 2013

1) Saia da defensiva e vá para o ataque (livre-se daquela falsa culpa e da paralisante ambivalência; VOCÊ está defendendo a Verdade; ativistas homossexuais estão promovendo imoralidade, auto-ilusão e mentiras.
2) Siga a Deus e não ao homem (sustentes suas crenças bíblicas). Você teme a Deus ou à reação das pessoas?
3) “Questione a Autoridade”: Não acredite nas elites (nem mesmo nos “conservadores”) quanto à questão homossexual (por exemplo, a recente rendição de Newt Ginrich, pedindo a acomodação do Partido Republicano à “igualdade do casamento”). [Veja Números 9 e 12.]
4) Volte a focar no COMPORTAMENTO e suas consequências (pesquise “HSH [homens que fazem sexo com homens] e HIV”, ou “HSH e sífilis” no Google...)
5) Saia do campo de argumentação dos oponentes: isso começa restaurando a linguagem honesta no debate (por exemplo, a falsificação do “casamento” homossexual não é equivalente ao verdadeiro, de maneira que o termo gay “igualdade do casamento” é espúrio).
6 ) Reconheça, rejeite e refute a propaganda e as mentiras homossexuais (por exemplo, defender a moralidade não é nem “ódio” nem fanatismo).
7) Entenda que esse debate de fato é sobre o homossexualismo, e não apenas de “defender o casamento”.
8) [Consequência] Mantenha-se nos seus princípios; prometa a si mesmo: Eu NUNCA direi o farei nada que afirme o comportamento homossexual, bissexual ou de confusão de gênero (“transgênero”) como aceitável.
9) Não confie nos ditos republicanos, nem coloque a agenda deles diante da Deus. Incite-os a LIDERAR e fazer o que é certo (e aos democratas morais, é preciso enfrentar o mal dentro de seu partido). [Veja #3.]
10) Adote o senso comum e arregimente-se nele; livre-se do politicamente correto (por exemplo, será que o lugar de homens transexuais com seios falsos e pênis reais é no banheiro feminino?)
11) PARE de presumir que as vitórias gays são inevitáveis e não reversíveis (e não se sujeite ao intenso viés pró-homossexualismo da mídia).
12) [Relacionado ao #3] Pense por conta própria e não confie na FOX News para defender a Verdade sobre o homossexualismo (por exemplo, você sabia que Bill O’Reilly mudou de lado?).
13) Desafie a mídia esquerdista e o establishment educacional em seu rotineiro viés pró-homossexualismo e anticristão.
14) Informe um libertário a respeito da clara e presente ameaça que todas as leis pró-LGBT (incluindo o “casamento” homossexual legalizado) representam a todas as liberdades civis e religiosas.
15) Informe um ativista pró-vida sobre a ameaça da extensa agenda homossexual-bissexual-transgênero (muitos ativistas pró-vida são ingênuos e ignorantes a respeito da agenda homossexual e seus muitos paralelos com seu principal objeto de preocupação).
16) Seja um cristão verdadeiramente atencioso e compassivo (o amor e a amizade tenaz e divina exigem que você sustente os valores sexuais bíblicos e guie seus entes queridos para longe de comportamentos pecaminosos e destrutivos, além de inconstantes).
17) Seja um Guerreiro Feliz e entenda a visão mais ampla: defender a Verdade é algo VIRTUOSO, e além disso: não é a nossa verdade, é a verdade de Deus (e não faça o jogo do estereótipo dos nossos oponentes, de que cristãos são falsos moralistas e hipócritas raivosos).
18) Não seja preguiçoso: PENSE!… depois aja (não precisa ser gênio para refutar mitos, chavões e argumentos gayzistas).
19) Aborde pacientemente um jovem sobre o assunto: cabe a eles reinventar séculos de tradição judaico-cristã e dos ensinamentos sobre o amor, relacionamentos, família e casamento? (Resposta: não, mas primeiro precisamos entender o zeitgeist cultural pelo qual eles enxergam o mundo, além do constante fluxo de desinformação LGBT que estão absorvendo, antes que possamos responder a isso).
20) Reserve o maior da sua indignação para os que defendem o homossexualismo em nome de Deus, do tipo gayzistas religiosos (“cristianismo gay” é pura fraude, e eles precisam ser mais cobrados).
Traduzido por Luis Gustavo Gentil do original do Americans for Truth: 20 Resolutions for Pro-Family Advocates Battling the ‘Gay’ and Transgender Agenda in 2013
Outros artigos que mencionam Peter LaBarbera:
Blog Widget by LinkWithin

2 comentários:

  1. Reciban muchas bendiciones desde mi blog www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
    VISITANDOLES DESDE EL SALVADOR CENTROAMERICA.

    ResponderExcluir
  2. Um noticia fresquinha e DISTORCIDA pela grande midia:

    Familia em Manaus é executada – Pai, Tia e primo!

    Jimmy Robert foi quem ficou responsável pela compra de revólver, fita adesiva, cordas, estilete e amoníaco para serem usados no assassinato de Maria Gracilene Belota , Grabriela Belota e do pai Roberval.
    O principal arquiteto deste crime cruel, Jimmy Robert, era homossexual e por conta disso cometeu todos esses crimes.
    “Os crimes foram muito cruéis. A senhora (Gracilene) e o senhor (Roberval) quase foram degolados, tal a violência do golpe de faca que os matou”, disse um policial que acompanhou as prisões. As mulheres foram mortas no bairro da Raiz, na Zona Sul, e o homem no bairro de São Raimundo, na Zona Leste.
    Jimmy tinha uma relação conflituosa com o pai, por ser homossexual e variar muito de parceiros, sendo acolhido na casa da tia. Esta, por sua vez, cansou dos abusos que cometia, levando homens para o apartamento em que moravam, no conjunto Parque Solimões, acabando por expulsá-lo. Foi então que ele teria decidido pela vingança, matando tia, prima e pai.

    Fontes: http://www.portaldoholanda.com.br/noticia/jimmy-comprou-estilete-amoniaco-e-corda-utilizados-no-triplo-assassinato Por Mach Go no http://www.deuslovult.org/2013/01/24/e-urgente-desmascarar-este-fascismo-gayzista/#comments

    ResponderExcluir

Este Blog é voltado para defesa da Família Mundial Cristã. Denunciamos os ataques dos Ativistas Homossexuais a nível Internacional, deixando claro que amamos a pessoa que está Homossexualizada e pode receber libertação, desde que o queira. Somos contra a PL 122 e o Kit-Gay, que quer retirar nossas crianças do nosso poder para o Estado Socialista-Marxista-Comunista doutrinando-as e fazendo nelas uma lavagem cerebral homossexual.

Assista estes vídeos que entenderá nossa proposta:

http://www.youtube.com/watch?v=suxtZAXtqng

http://www.youtube.com/watch?v=dIKS2jC-Tvo

Serão deletados todos comentários Racistas, Difamatórios, Anti-Cristãos enfim, que não se coadunem com a linha editorial saudável seguida por este Blog. Deus abençoe aos que contribuirem para um debate construtivo e democrático. Use sua criatividade e inteligência e deixe um comentário marcante, honesto e justo, que revele SOMENTE A VERDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...