domingo, 17 de março de 2013

Para Russia, homossexuais precisam de tratamento psicológico.

17/03/201312h34


Um terço dos russos acredita que homossexuais precisam de ajuda psicológica



Moscou, 17 mar (EFE).- Quase um terço dos russos (27%) acredita que os homossexuais precisam de ajuda psicológica, enquanto 5% acham que as minorias sexuais deveriam ser liquidadas, segundo uma pesquisa do Centro Levada publicada neste domingo.

O apoio ao casamento entre pessoas do mesmo sexo diminuiu de maneira drástica nos últimos três anos, de 14% da população para 5%. Ao mesmo tempo, 85% dos russos são categoricamente contra o casamento homossexual, segundo o estudo sociológico citado neste domingo pela agência "Interfax".

Mais de 20% das pessoas consideram que as minorias sexuais devem ser submetidas a tratamentos médicos forçados, enquanto 16% são a favor de seu total isolamento do restante da sociedade.

Cerca de 60% dos russos disseram que sentiriam uma grande decepção se descobrissem que seus filhos ou netos "são vítimas da propaganda homossexual".

A pesquisa indica que a grande maioria dos russos (89%) garante que entre seus amigos, familiares e conhecidos não há homossexuais.

Por outro lado, pouco mais de 20% da população russa tolera bem as minorias sexuais e propõe "deixá-los em paz".

Em janeiro deste ano, a Câmara dos Deputados da Rússia proibiu a propaganda homossexual entre os menores de idade, uma lei que as minorias sexuais consideram uma flagrante violação de sua liberdade de expressão.

A lei, que foi aprovada em primeira leitura com 388 votos a favor, enquanto apenas um deputado votou contra e outro se absteve, propõe multas a quem promover comportamentos homossexuais.

A Associação Internacional de Gays e Lésbicas concedeu em 2012 à Rússia e à Moldávia a duvidosa "honra" de serem os países da Europa onde menos são respeitados seus direitos.

A última tentativa de se realizar uma passeata do orgulho gay na capital russa, em maio de 2011, terminou em choques violentos entre ativistas homossexuais e ultranacionalistas.

O artigo 121 do código penal da União Soviética, que previa penas de prisão às práticas homossexuais, não foi abolido na Rússia pós-soviética até 1993, ano em que a homossexualidade também deixou de ser considerada uma doença mental. 

Fonte: Site Uol
Blog Widget by LinkWithin

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Este Blog é voltado para defesa da Família Mundial Cristã. Denunciamos os ataques dos Ativistas Homossexuais a nível Internacional, deixando claro que amamos a pessoa que está Homossexualizada e pode receber libertação, desde que o queira. Somos contra a PL 122 e o Kit-Gay, que quer retirar nossas crianças do nosso poder para o Estado Socialista-Marxista-Comunista doutrinando-as e fazendo nelas uma lavagem cerebral homossexual.

Assista estes vídeos que entenderá nossa proposta:

http://www.youtube.com/watch?v=suxtZAXtqng

http://www.youtube.com/watch?v=dIKS2jC-Tvo

Serão deletados todos comentários Racistas, Difamatórios, Anti-Cristãos enfim, que não se coadunem com a linha editorial saudável seguida por este Blog. Deus abençoe aos que contribuirem para um debate construtivo e democrático. Use sua criatividade e inteligência e deixe um comentário marcante, honesto e justo, que revele SOMENTE A VERDADE.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...